terça-feira, 20 de novembro de 2012

Nota Oficial de esclarecimento


Por que - “Tá no ENART? Tá no mundo!”

Em 2009 orçamos a TV Solução, de Caxias do Sul, para transmitir o ENART. Não foi possível, pois era muito cara, para os padrões da época. Eles tinham experiência, pois já haviam transmitido o Rodeio da Vacaria. Mas foi vendo a transmissão do rodeio do CTG Gildo de Freitas, feita em um netbook, por Leandro Barbosa, que pensei  que poderíamos fazer aquilo e, mais, levar o ENART pro mundo. O destino tratou de unir as mentes. Daniel Serafim, que não era do meio tradicionalista, mas passou a gostar, Rodrigo Hermann, o Sadol, eu, e o Leandro Barbosa, o Ijui – Todos tinham o mesmo objetivo: Levar alegria para quem estava longe e amava o Festival.

Planejamos, buscamos parceiros, como a Virtual, de Santa Cruz, que nos locou o material e, de graça, nos ajudaram a manusear o equipamento. Fizemos um site (enart.org com o ENARTtv). Foi o sucesso do encontro, que estreava a força “B”. No ano seguinte, enfrentamos a “febre” dos profissionais. Foram muitas dificuldades para poder levar ao ar o ENART naquele ano. Mas fizemos. Por sinal, a equipe da Película, de Santa Cruz, que trabalhou conosco em 2010, é a mesma que trabalhou este ano. São muito bons.

Desde muito tempo viemos conversando com pessoas para mostrar a grandeza do espetáculo chamado ENART, sua historia, seu público, a arte dos jovens que fazem o evento. Em 2011, com nossa equipe, e a logística da TV Tradição, dirigida por Manoelito Savaris e com a técnica de Paulo Lindner, voltamos a transmitir o ENART. Nem vou falar em números, isso é o que menos importa. O que realmente importa é que, em qualquer parte do mundo, o ENART chegou. Por que, “quando não existia a luz, alguém foi lá e disse: Faça-se a Luz!” – sim, por que sempre tem aquele que, se não tem luz, fica colocando a culpa na CEEE, no governo, etc... e não se mexe. E quando vê pronto, diz que participou.

Durante todos estes três anos, a equipe que criou esta modalidade de transmissão dos eventos do MTG procurou angariar voluntários que contribuíssem com a divulgação do ENART e das transmissões. Aí, temos no Twitter, a contribuição do Mauricio Brocco, do @ENART, no facebook, o ENART no face, com o Tiago Soldá. Ambos abriram as senhas e trabalhamos juntos mesmo não sendo veículos oficiais. Agora o Gustavo Mazza, com o M.Troll.G., que faz sucesso com os memes do face. Entendemos que essa gurizada ajuda a divulgar e, temos que confiar neles. É uma geração que quer trabalhar pro tradicionalismo.

Mas não quero me estender muito, fiz essa introdução para que, quem não conhece nossa história, entenda nossa posição. Neste final de semana aconteceu o ENART e foi transmitido pela TV Tradição, via internet, e também pela TV Com, canal aberto em UHF, NET e internet. Quero deixar claro, para nossos amigos Internautas, que eu não faço parte da TV Tradição, pois ela tem uma diretoria própria e sua equipe. Fiz uma pequena introdução, na sexta, dia 16, com Pedro Pedrozo, na abertura do bloco 1, mas, aqui precisa ficar registrado, que não faço parte desta equipe, e a transmissão, via internet, deste ano, nada tem a ver comigo ou com qualquer um de nossa equipe. 

Precisei fazer esta nota por que são muitos os comunicados que tenho recebido e, que, precisa ficar esclarecido que, nosso objetivo foi realizado: Conseguimos levar o ENART durante uma semana na maior parte da mídia estadual, atingimos noticiário nacional, e seguimos mandando ver, via internet. Conseguimos espaços na maior rede de televisão do Sul do Brasil e tivemos, por parte da RBS, uma atenção muito grande, pois foi escolhida uma equipe qualificada para apresentar o evento (escolheram alguém que se identificava com o tradicionalismo, conhecia realmente o festival), ou seja, valorizaram o ENART. Então, queria esclarecer aos meus amigos, que cativamos ao longo destes 3 anos, que continuamos trabalhando para que o ENART de 2013/2014, quem sabe, tenha uma inovação ainda maior. Mas, por ora, é importante registrar isso. Estamos dando passos firmes rumo ao futuro.

Mas não adianta... se tu tá no ENART...Tu tá no mundo!

Um comentário:

RNTRC - ANTT disse...

Perfeito o teu esclarecimento Rogério, o Enart está cada vez melhor e com toda garantia que esse trabalho que está sendo feito por vocês está cada vez melhor, não pude estar no ginásio esse ano, mas fui o primeiro a sentar na frente da TV, para assistir esses grande espetáculo e assistir claro os amigos que conquistamos ao longo da caminhada no Enart.

Parabéns a todos que participam de belíssimo trabalho.