quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

A Justiça Divina exige a reparação - Faça o bem hoje, pois amanhã a vida cobra

            Ainda que os adversários pretendam loucamente continuar a se agredir um ao outro, infalivelmente, sempre chega o momento de mudar. Exaustos de tantos rancores, sedentos de paz, os “duelistas” acabam por desejar ardentemente uma trégua, uma possibilidade de renovar seus caminhos.⁣ E um dia, após longo sono, ei-los reencarnados nas experiências em comum, ligados agora por laços de consanguinidade.⁣

     Ontem inimigos, hoje irmãos.⁣
     Ontem verdugo e vítima, hoje pai e filho.⁣
     Ontem obsessor e obsidiado, hoje marido e mulher.⁣

     Assim a Justiça Divina exige a reparação.⁣ Assim a Divina misericórdia promove a reconciliação. Assim a Sabedoria do Eterno transforma o ódio em amor. É um momento difícil, sofrida, porquanto, embora as bênçãos do esquecimento e os elos familiares, eles conservam, inconscientemente, o ressentimento. Daí a ausência de afinidade, a dificuldade de relacionamento, a mágoa indefinível, e, não raro, a aversão que experimentam entre si.⁣

     A convivência com minha mãe é complicada: Nutro por ela sentimentos contraditórios de amor filial e rancor figadal que revolve minhas entranhas.⁣
Brigamos eu e meu irmão como gato e cachorro: Quando adolescentes era até natural. Agora que somos adultos é inexplicável. Ao menor desentendimento sinto-me possuído de ódio por ele, tentado a ofendê-lo e agredi-lo.⁣

     Até hoje não sei como casei com minha mulher: Uma atração física irresistível talvez, mas foi só. Passado o fogo da paixão, resta invencível animosidade. Simplesmente não nos entendemos.⁣

     Vivemos às turras, com intermináveis cobranças. Uma situação insustentável.⁣

     Amo extremadamente meu filho mais novo: Quanto ao mais velho, não há nenhuma afinidade entre nós. Ele me desrespeita e eu não consigo ser carinhosa com ele. Há momentos em que me parece um estranho. É recíproco. Ele simplesmente me ignora.⁣

     Embora se trate de uma situação desconfortável, é preciso lutar pelo aproveitamento da experiência. Não podemos perder a oportunidade de corrigir os erros, e nunca esquecer que as lições serão repetidas tantas vezes quantas forem necessárias, até aprendermos todos que somos irmãos.

 Richard Simonetti.

Paraná elege sua nova diretoria para o biênio 2020/2021

   
 No dia 18 de janeiro, na cidade de Castro-PR, 2ª Região Tradicionalista, foi realizado o 20º Congresso Tradicionalista do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Paraná (MTG-PR).


      Com número recorde de participantes e de votantes, o congresso debateu os rumos do tradicionalismo organizado no Paraná, empossou os coordenadores e conselheiros regionais e elegeu a patronagem executiva do MTG-PR para o biênio 2020-2021.

      Foi eleita a chapa "Compromisso com a Tradição":

Patrão (Presidente): Ernani José Barea - CTG Sepé Tiaraju - 4ª RT
1º Capataz:  Marcelo Rufato - CTG Trote Crioulo - 1ª RT
2º Capataz:  Antonio Valdemir Roberto - CTG Potro Lobuno - 2ª RT
1° Sota-Capataz:  Ana Paula Grechaki Halila - CTG Rancho da Amizade - 6ª RT
2ª Sota-Capataz:  Helenita Terezinha Kaefer - CTG Querência Santa Mônica - 1ª RT
1º Guaiaca:  Demir Compagnoni – CTG Mangueira Branca - 5ª RT
2º Guaiaca:  Hildo Francisco Habech - CTG Querência Frontinense- 6ª RT
Fotos: André Brusamarello

domingo, 19 de janeiro de 2020

Vamos todos nos unir e ajudar a pequena Lívia Teles, de Teutônia

        
           A história de Lívia Teles, de Teutônia, de pouco mais de um ano de vida tem mobilizado diversas pessoas. Desde os 4 meses, a menina foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME). A busca é por ajuda para conseguir custear a vacina da cura para doença, que é considerada rara. Ela causa perda de neurônios motores da medula espinhal e do tronco cerebral.

           O medicamento (Zolgensma) custa em torno de R$ 9 milhões - para importar dos EUA, e a aplicação deve ser feita até os 2 anos de idade, portanto, o valor precisa ser arrecadado antes de outubro de 2020. Lívia possui hoje um quadro de hipotonia global. Ela faz fisioterapia e fono diariamente, conseguindo movimentar os braços, as pernas, sustentar as pernas dobradas, segurar objetos, e movimentar a cabeça de um lado para o outro.

        Vamos compartilhar nas redes sociais, falar com amigos e parentes e ajudar a Lívia! O tempo passa muito rápido e ela precisa do valor até outubro!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

“MTG, SUSTENTABILIDADE E AS NOVAS GERAÇÕES” - Tema anual

            Em janeiro de 1994, no 39º Congresso Tradicionalista Gaúcho na cidade de Esteio, Ivo Benfatto (Hoje Conselheiro Estadual de Cultura) apresentou a ideia de um objetivo anual, ou tema anual para o tradicionalismo gaúcho trabalhar durante o ano. O primeiro tema foi: "Ano da criança e do jovem no Tradicionalismo". E assim seguiu, cada ano - "1995: Sesquicentenário da paz de Ponche Verde". Ano da Consciência tradicionalista, em 1996.

           Este ano o tema vencedor foi: "MTG, sustentabilidade e as novas gerações". De autoria de Lucas Oliveira - CTG Carreteiros da Saudade - 5ª RT. O autor inicia sua justificativa dizendo que não somente no Rio Grande do Sul, mas no Brasil e no mundo, a sociedade e o meio ambiente pedem socorro. A transformação do meio em que vivemos aconteceu tão rapidamente e, de forma tão inconsequente, que hoje nos deparamos com grandes catástrofes. "Acredito que o tradicionalismo vai além das danças, concursos de prendas e peões, rodeios e as vivências campeiras! Acredito que podemos fazer a diferença, principiar as mudanças que alterarão o quadro de nossa sociedade e o ambiente em que vivemos" - afirma Lucas.

         O objetivo do tema é ensejar mudanças que serão de proveito de todos, já que sustentabilidade e conscientização abarcam alterações positivas que serão sentidas por toda a coletividade, e foi baseado no  documento “O Nosso Futuro Comum” (Relatório Brundtland), publicado em 1987, pela ONU, e considerado de fundamental importância na inclusão desse tema como objetivo a ser alcançado mundialmente. "Nosso maior alvo, as futuras gerações, nossas crianças e jovens, já que serão eles os principais construtores desse novo futuro e a população mais prejudicada caso essas mudanças não ocorram" - afirma.

             Apesar de muitos julgarem que a Sustentabilidade se vincula somente ao meio ambiente, não é assim. De fato, ela funciona em três pilares: Econômico, Social e Meio ambiente. Isso significa que, podemos trabalhar todos os problemas que a sociedade enfrenta atualmente, com inúmeras ações, que serão importantes tanto dentro, quanto fora das nossas entidades. 

Os pilares da Sustentabilidade: 

• Social: Engloba as pessoas e suas condições de vida, como educação, saúde, violência, lazer, dentre outros aspectos;

• Ambiental: Refere-se aos recursos naturais do planeta e a forma como são utilizados pela sociedade, comunidade e empresas;


• Econômico: Relacionado com a produção, distribuição e consumo de bens e serviços. A economia deve considerar a questão Social e Ambiental.


      O tema abrange um vasto campo que pode ser trabalhado durante o decorrer do ano de vigência, por Prendas, Peões, Departamentos Jovens, Departamentos Culturais e até mesmo, por Departamentos Artísticos com ações realizadas pelas Invernadas Artísticas. Seguem abaixo algumas sugestões de atividades:

• Pilar Social:

- Campanha de doação de alimentos;
- Dia de recreação para idosos;
- Auxiliar o município em campanhas de combate ao câncer, campanhas informativas acerca de HIV e outras ISTs, campanhas de vacinação, e outras campanhas de promoção de saúde (como combate ao tabagismo, controle de doenças crônicas como Hipertensão Arterial e diabetes, etc);
- Invernadas artísticas e concursos de prendas e peões nas APAE´s;
- Dia da Inclusão social nas entidades;
- Campanha de doação de material escolar;
- Campanha de doação de materiais de higiene;
- Campanhas de conscientização quanto a Doação de Sangue;
- Campanhas de conscientização quanto a Doação de Órgãos;
- Campanha de combate as drogas;
- Campanha de Prevenção de acidentes e combate à violência no trânsito;
- Promover visitas a asilos e orfanatos com foco na interação social, lazer e ajuda humanitária aos idosos e crianças institucionalizados
- Debates sobre problemas atuais, como suicídio, saúde, violência doméstica entre outros, conforme a realidade de cada local onde os debates sejam realizados
- Palestras com assistentes sociais e psicólogos aberto para comunidade;
- Promover o Dia da Saúde na Entidade, aberto para comunidade.

• Pilar Meio Ambiente:

- Criação e distribuição de cestos de lixo para separação do orgânico e do seco;
- Palestras em escolas e na própria entidade sobre manejo dos resíduos sólidos de produção domiciliar;
- Criação de hortas nas entidades (trabalho com as crianças);
- Campanha “Plante uma árvore”;
- Oficinas de artesanatos com material reciclado;
- Parceria com a Secretaria do Meio Ambiente do Município para juntos trabalharem pelo bem coletivo da comunidade e reforçar as campanhas da entidade, bem como auxiliar o executivo na realização das campanhas instituídas por essa esfera administrativa;
- Mutirão de limpeza das encostas dos Rios e Lagos;
- Palestras abertas à comunidade com Engenheiros Ambientais e Biólogos nas entidades.
- Confecção de Brinquedos Folclóricos com material reciclado;
- Trabalho em escolas sobre os Símbolos Ecológicos do Rio Grande do Sul;

• Pilar Economia:

- Palestras sobre consumo consciente;
- Educação a nível local ou regional, orientada por administradores quanto a administração das entidades;
- Orientação de empresas e estabelecimentos comerciais do município sobre economia sustentável;
- Dia de troca de serviços nas entidades entre os membros; 
- Brechó ou venda de artesanato feito na entidade;

- Valorização dos alimentos e artesanatos feitos pelos moradores do meio rural, com visitas, divulgação dos produtos e realização de um dia de vendas dentro da entidade;


       Dia 6, teremos a presença de Lucas Oliveira, no Programa Identidade Gaúcha falando sobre o tema anual. http://radioqueroquero.net das 8h às 10h.

Nota de Falecimento - Jovem Bernardo Azambuja

          É com enorme pesar que registramos o falecimento do jovem Bernardo Azambuja, da cidade de Santa Maria, do CTG Farroupilha e do Grupo de Cavalgadas Santo Expedito.

          Ontem, no final da tarde (14), um incêndio em uma casa na Vila Rossato, em Santa Maria, tirou a vida de um jovem gaúcho, de 18 anos. A tragédia aconteceu por volta de 17h. Bernardo estava dentro de uma residência, instalando um ar-condicionado com um maçarico, que teria causado o incêndio. As outras duas pessoas saíram mas ele não teve a mesma sorte, ficou preso na peça da casa e não conseguiu sair.

     "Há poucos tempos atrás, pós a venda seu cavalo para ajudar nas custas hospitalar do se pai. Atitude tão nobre que merece o céu mesmo Bernardo Azambuja. Aqui fica a saudade das pessoas que te conheceram. Mas com certeza já está num lugar bem melhor e sem as dores que há na terra. Que Deus conforte muito os familiares e dê muita luz nesse momento" - escreveu o amigo Maicon Flores - no facebook.

       Nos solidarizamos com a família nessa hora difícil, pedindo a Deus que conforte seus corações.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Um pouco sobre o 68º Congresso Tradicionalista Gaúcho

           Mais um Congresso Tradicionalista para a conta. Quando desembarquei, em 1991, em um Congresso na cidade de Julio de Castilhos, ao lado de Barbosa Lessa, Marcirio Carpes, Helio Biensfield, Gerciliano Alves de Oliveira, entre tantos outros, fiquei maravilhado pelo conhecimento adquirido a cada dia por pessoas que viveram antes de mim tudo aquilo.

           Os anos foram passando, os aprendizados cada vez maiores. Perdi eleição do Gerciliano para o Andrade (nem sabia que o meu querido amigo concorria, pois as inscrições eram feitas, meio que na hora, sem divulgação adequada) também lembro da derrota do amigo Yeno Severo para o Brizola, confesso que fiquei triste.

            Os anos se passaram e vieram peleias homéricas, como 2005, em Santa Rosa, 2011, em Nova Petrópolis e 2014, em Porto Alegre. Até ai, peleias no voto e nas campanhas. Infelizmente veio São Borja, em 2019, onde aconteceram coisas que é melhor ficar fora da história, pois o que consideramos de menor foi ver gente se separar para ir morar noutra cidade só pra votar. Vimos e ouvimos misogenia e preconceito da boca de homens que a gente achava que respeitavam as mulheres (por que nas redes sociais, bah, são "os caras").

             Um dia me disseram: Mas, tu não é um Jornalista isento. Não! Não sou! Se achares um me apresente! O mesmo vale pra outra classe, que é o historiador. Todos nós temos uma criação e valores intrínsecos. Em primeiro lugar, este blog é meu. Pessoal. Escrevo nele o que quero e somente lê, quem vier até ele. Fora isso, ele nem tem força de largar o mate e ir visitar alguém. Segundo: Ninguém é obrigado a ler.

             O que vi em Lajeado? Temos que retomar o Congresso. O evento não debateu as questões de metas e objetivos para o ano, pois nem na prestação de contas tinha quorum (isso que tivemos 1.065 votantes). Tema anual, patrono espiritual, teses, preocupação com acessibilidade, local para alimentação bem preparado, prioridades para votação de idosos e pessoas portadoras de alguma deficiência, ambulância ou ambulatório, credenciamento mais organizado, ou seja: Canoas, te prepare.


             O Congresso, mais uma vez saiu da curva, como foi em São Borja. Os mesmos que reclamam da "problemática" da atual diretoria do MTG, comemoraram com postagens dizendo: "Fomos nós, nossos votos que elegeram" (tem até uns prints destas pérolas. Hoje, não assumem mais). Só é importante lembrar que avisamos e fomos ignorados.
             Sobre a eleição que empatou mas que, nos critérios estabelecidos  no Regulamento Geral, desempataram o pleito (530 x 530). Ao analisar o regulamento (todos os artigos que compõe a questão), a comissão eleitoral do MTG, presidida por José Araújo, deu a vitória para a Chapa 01 "De Coração pela Tradição" porque,  trazia, entre os seus conselheiros, Wilson Barbosa de Oliveira, de 78 anos – ou seja, o integrante mais idoso dentre as chapas concorrentes.

Abaixo, o esclarecimento do MTG:





          Nas redes sociais encontramos ataques, agressões, pessoas influentes indo na mídia dizer que o Movimento Tradicionalista Gaúcho é uma decepção e que não tem credibilidade. Me parece, que querem tirar a credibilidade de quem assumir, logo após a justiça dar sua sentença. Eu ouvi, de gente experiente que está no "jogo", dizendo: "Sou leigo (a)" - Como assim? Quem vai jogar futebol, de forma séria, no minimo sabe as regras. Quem vai concorrer em um pleito parlamentarista, que tem mais de 50 anos, deveria ter uma ideia mínima de como é, caso contrário, se não conhece os regulamentos, que ao longo dos anos ajudou a criar, como vai administrar, baseado neles?
          São inscritas  “chapas ao Conselho” e não candidatos a presidente. Os “candidatos à presidência” fazem parte da equipe, em igualdade de condições aos demais. Inclusive, se já forem conselheiros eleitos no ano anterior não constarão na chapa - disse Carlinhos Lima em post no facebook, muito bem colocado.

          No ano de 2007, no 53º Congresso Tradicionalista Gaúcho realizado em  Gravataí, foi eleita a chapa apresentada por Manoelito Carlos Savaris, que recebeu o convite para ser presidente do IGTF, e na reunião especial do Conselho Diretor, dois conselheiros da chapa se lançaram para ocupar a vaga: Oscar Fernande Gress e Celso Souza Soares. 



            Particularmente, repudio o que está acontecendo e lamento profundamente. Na segunda-feira após o Congresso pudemos constatar que a RBS foi induzida ao erro. No "Time Line", da Rádio Gaúcha, nos jornais, nas colunas (colunistas receberam parte da informação e foram induzidos ao erro), bem como o Jornal do Almoço. Me parece que quem passou a informação não foi isento. Mas isso vai para a consciência de quem fez. Pois prejudicou o jornalismo sério. 
            Um áudio que rodava no WhatsApp dizia o seguinte: "Agora é nas mãos da justiça, saiu das mãos do Manoelito!" - Me parece que a dor, o ódio, tem um endereço. Dificil de entender o ser humano.

Departamento Jovem Central do MTG

     Vitor Matheus da Conceição, 20 anos, acadêmico de Direito na URCAMP, campus Alegrete, foi Piá destaque campeiro da 4ªRT, em 2010/2011, Guri Farroupilha, 2014/15 e 3º Guri do RS, 2015/2016. Foi Diretor Jovem da 4ªRT, 2018/2019 e da 2ª Inter-região do Departamento Jovem Central, 2019/2020, agora é o Diretor do Departamento Jovem Central do MTG.

     Ao lado de Cesar Augusto Bertani Gomes, 17 anos, do CTG Retorno à Querencia, que foi 1º Piá Farroupilha do CTG Querência do Prata, 2012/2013, da 11ªRT, 2013/2014, Guri Farroupilha do CTG Retorno à Querência, 2014/15, 2016/2017, Guri Farroupilha da 11ªRT, 2015/2016 e 2017/2018, 1º Guri Farroupilha do RS 2018/2019, e voltando para casa tornou-se 1º Peão do CTG Retorno à Querência 2019/2020 e vice-Diretor da 4ª Inter-região do Departamento Jovem Central 2019/2020.

Completam o time:
João Pedro Mendonça Prestes - Assessor de mídias Digitais
Jéssica Thaís Herrera - Assessora de assuntos internos
Isadora Santin - Assessora de assuntos internos
Marcel Heinrich - Assessor de Eventos





segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Nota de falecimento - Jorge Lemes

     É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do Capataz Campeiro do pioneiro, 35 CTG, Jorge Lemes.

      Embora a morte seja a realidade das nossas vidas, sabemos que a família e os amigos estão sofrendo pela precoce passagem do Jorge. Tenham coragem para superar este momento de dor e não esqueçam que os amigos estão sempre ao lado para o que vocês precisarem. Nossos pêsames para todos os familiares.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Convocação para a 17ª Convenção e para o 21º Congresso da CBTG

Convocação para a 17ª Convenção Brasileira da Tradição Gaúcha

          João Ermelino De Mello, Presidente Da Confederação Brasileira Da Tradição Gaúcha - CBTG - no uso de suas atribuições e de acordo com o artigo 22º - parágrafo único do estatuto social da CBTG, convoca os membros do Conselho de Vaqueanos, Conselho Diretor, Diretoria Executiva, Conselho de Ética, Junta Fiscal, Prendas com faixas, Peões com crachás, maiores de 16 anos, todos da CBTG e delegados dos MTGS (10 MTG-RS; 6 MTG-SC; 5 MTG-PR; 4 MTG-SP; 4 MTG-PC; 4 MTG-AO; 4 MTG-MT; E 4 MTG-MS), para a  17ª Convenção Brasileira da Tradição Gaúcha, a realizar-se no dia 16 de fevereiro de 2020, na sede social do CTG Santa Mônica, localizado em Colombo-PR, para deliberarem assuntos de sua competência em conformidade com artigo 23º do estatuto social.

Campo Grande, MS, 10 de Janeiro, de 2020.

21º Congresso Brasileiro da Tradição Gaúcha
Data: 14 e 15 de fevereiro de 2020
Local: Sede Social do CTG Querência Santa Mônica
Colombo-PR

P R O G R A M A Ç Ã O

Dia 14/02/2020 (Sexta-feira)
18h: Recepção e Credenciamento
19h: Chegada da Chama Crioula
20h: Sessão Solene de Abertura do 21º Congresso Brasileiro da Tradição  Gaúcha e do 18º Concurso Nacional de Prendas e Peões  Tradicionalistas da CBTG

Dia 15/02/2020 (Sábado)
8h: Primeira Sessão Plenária
1. Abertura
2. Palestras: Senhor Roberto Alvim - Secretário Especial da Cultura/Ministério da Cidadania e Senhor Celso Pero - Produtor Cultural, Folclorólogo, Ativista e Articulador Cultural
3. Constituição das Mesas de Trabalhos
4. Discussões e Adequações Pendentes do Estatuto da CBTG (Se Houver)
9h30: Segunda Sessão Plenária
1. Apresentações e Defesas das Propostas pelos Proponentes (Se Houver)
2. Apreciação das Propostas pelo Plenário
12h30: Almoço (por adesão)
13h30: Terceira Sessão Plenária
1. Prestação de Contas Diretoria da CBTG 2019
2. Parecer do Conselho Fiscal
3. Apreciação pelo Plenário das Contas da CBTG 2019
4. Relatório de Atividades da CBTG 2018/2019
5. Apresentação das Chapas Concorrentes à Eleição da CBTG Biênio 2019/2021
15h30: Quarta Sessão Plenária
1. Escolha do Estado/Cidade Sede do Nacional 2021 (16º Fenart, 20º Rodeio Crioulo Nacional de Campeões e 10º Jogos Tradicionalistas)
2. Escolha do Estado/Cidade Sede do 22º Congresso Brasileiro da Tradição Gaúcha e 19º Concurso Nacional de Prendas e Peões Tradicionalistas da CBTG
3. Eleição da Nova Diretoria da CBTG, Conselho de Vaqueanos, Junta Fiscal e Conselho de Ética Biênio 2019/2021
4. Posse da Nova Diretoria da CBTG e Encerramento
20h30: Jantar Festivo (por adesão)

Espumoso realiza o Simpósio Regional de Educação e Cultura no mês de março




quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Propostas para o Congresso de Lajeado são publicadas


     O 68º Congresso Tradicionalista Gaúcho será realizado neste final de semana, nos dias 11 a 13 de janeiro, em Lajeado,  24ª RT, e terá, como de praxe, debates importantes para o tradicionalismo organizado do Rio Grande do Sul. Até o inicio da manhã de hoje não tinha sido publicadas as propostas para que os congressistas pudessem analisar. 

     Finalmente, perto do meio dia, foram postadas. 

     De controle de despesas (devido aos abusos ocorridos ultimamente), a temas para o MTG no ano de 2020, sete propostas foram apresentadas. Clique e lei na íntegra as propostas para o congresso.

PDF

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Em um Congresso que ninguém recebe propostas pra ler, surge uma noticia

     Quando achamos que o fundo do poço foi localizado, surge um alçapão. Ai, cansado de tudo isso, achando que dá para pegar impulso: Surge o porão!

     Esperamos que, além dos milhares de problemas escondidos em discursos flamejantes, de lamentação, perseguição e ódio, tudo chegue ao fim neste final de semana, em Lajeado.

     Lembro-me que na era analógica, as propostas dos congressos chegavam pelo correio e quem recebia multiplicava para os outros. Na era Digital, onde conseguimos não nos comunicar direito, as propostas para serem debatidas no conclave não entraram ainda no site. O Congresso começa sexta, 10.

     Chegou pra gente as chapas do Departamento Jovem (única coisa que chegou até agora para imprensa):


     



Noite de Reis em Venâncio Aires encerra programação natalina

         A tão esperada chuva amenizou a temperatura na noite de ontem, 6, antes do início do 25° Festival de Terno de Reis Arnildo Bento da Silva. Cerca de 200 pessoas assistiram a apresentação dos nove grupos na Travessa São Sebastião Mártir.

        Nesta edição apresentaram-se na sequência os Ternos: Os Mensageiros (Passo do Sobrado), Seguindo a Estrela (Vila Palanque), Estrela Guia (Rio Pardo), Caminho da Luz (Linha Tangerinas), Os Três Reis (Picada Bohn), Trazendo Alegria (Loteamento Cidade Verde), Jovens de Cristo (Venâncio Aires), Vozes do Amanhã (Mato Leitão) e Os Três Reis (Vila Freeze). Cada um recebeu um certificado de participação no festival.

        Os tracionais e históricos grupos de cânticos evidenciam as histórias bíblicas dos Três Reis Magos e a sua chegada ao lugar onde se encontrava o Menino Jesus. O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, é o dia em que Jesus Cristo recém-nascido recebeu a visita dos três Reis Magos do Oriente. 

Por Leandro Osório/Fotos

Assessoria de Imprensa

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Gaúcho Pachola, Músico e 2º Peão do RS 99/2000


     Uma história por trás de uma gaita. Cizone Dal Ri foi criado nas lidas do campo, participa desde cedo de rodeios e festas campeiras, tanto na área artística quanto campeira. E foi nessas tertúlias realizadas em rodeios que descobriu sua paixão pela música.  No ano de 1999 sagrou-se 2º Peão Farroupilha do RS.

     Mais do que cantar, Pachola gosta de escrever suas próprias canções. Costuma compor seu próprio estilo. Pois este jovem talento do Rio Grande prestou seu apoio para Elenir Winck, par ao pleito que se aproxima, de 10 a 12 de janeiro em Lajeado.

Hoje, é o último dia para inscrições On Line para o Congresso

     Bom dia, amigos! 
     Hoje é o último dia para inscrição online do 68º Congresso Tradicionalista Gaúcho, que acontece em Lajeado, 10 a 12 de janeiro. Clique ai...

sábado, 4 de janeiro de 2020

Nota de Falecimento - Sérgio Ayres

        É com grande pesar que comunicamos o falecimento de um grande amigo. Na verdade, pra quem viveu os tempos da FECARS em Gravataí deve tê-lo conhecido: Sergio Ayres, na época, gerente do Hotel Radar, onde o pessoal se hospedava, na RS 118, mais tarde descobrimos ser o pai de uma grande amiga, da Ewilin.

      Ainda jovem, o Sérgio nos deixou neste inicio de ano, chamado pelo Pai maior, por ter cumprido as suas responsabilidades aqui neste plano. Que nosso amigo descanse em paz. E pedimos a Deus que conforte os corações dos familiares.