segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Do outro lado da mesa...por Rosana Araújo

              Enart....declamação... Concorri onze vezes, onze anos....premiei no 12° ano. Durante onze vezes fiquei de fora... Algumas não passei pro domingo, outras, não passei na inter. E todas as vezes que não fui premiada, pensei...deve ser difícil pra comissão, perante todos os finalistas, escolher três. E todas às vezes, aplaudi os vencedores e voltei no ano seguinte... E pensava...ou melhor, tinha certeza! Eu fui muito bem! Tão bem quanto os três premiados....Sim! Fui bem porque fiz o que eu gostava, da forma que eu queria fazer, defendi a arte, a poesia e abri minha alma em verso, fazendo ecoar minha voz. E o resultado de todos estes doze anos...foram a quantidade de troféus que ganhei. 
       
           Troféus???? SIM! Incontáveis troféus....que não ocupam lugar na sala, que não pegam pó...meus troféus chamam-se amigos! E esses ocupam lugar de destaque no meu coração, esses me ouvem e me aplaudem pela minha voz, pela minha alma, por mim....e é isso que me mantém no ENART, é isso que me faz acreditar na poesia e compreender e respeitar o momento de cada um! Neste ano, 2014 eu estava lá, no ENART, porém, desta vez no avesso do lado em que estive. e desta forma, pude confirmar o que eu já sabia...é realmente muito difícil estar do “outro lado”, é difícil julgar a arte. Precisamos dar notas, preencher planilhas, desmembrar em números o que na verdade deveria ser um TODO, o resultado de uma obra! 
          Então, “julgamos” o que não deveria ser julgado, o que nos toca o coração, o que nos quebra o vidro dos olhos e nos transporta para diferentes cenários através da interpretação dos amantes da poesia. 
          Assim, resultam os três primeiros colocados, os três daquele momento, sob aqueles olhares e julgares. Nós, da comissão deste ano, sabíamos que todos eram merecedores do “título” , mas, éramos reféns de papéis com notas desmembradas e fomos fiel ao que nos foi determinado, fomos fiéis ao nosso coração e alma. 
          Parabéns a todos que participam do ENART 2014, obrigada por me deixarem ouvi-los....nas regionais, nas inters, no sábado e no domingo....independente do dia, o valor de todos pra mim é um só....o valor da alma expressada através da POESIA!!!!!

Extra!!! Extra!!! Saiu o Eco da Tradição de Janeiro

Retrospectiva 2014
Rodeio em São Gabriel
Tem Rodeio em Chiapetta
Entrevista Exclusiva com o Secretario de Cultura do Estado, Victor Hugo
Entrevista com o Padre Valdir sobre a Pastoral nos Rodeios
Rodeio de Soledade
Vem aí  a nova Coletanea da Legislação Tradicionalista, lançamento no Congresso
Congresso Tradicionalista Gaúcho em Uruguaiana
Atenção Patronagens para a legislação Contabil e Fiscal dos CTGs
Editorial do Presidente: Um ano para ser lembrado
Cevando o Mate: O fim e o recomeço
Proseando com tenência: Dicas para os oradores

Entrevista Exclusiva para o Eco de Janeiro, com o Secretario de Cultura do Estado


sábado, 27 de dezembro de 2014

Vem ai o 6º Rodeio de São Gabriel


Uma promoção da coordenadoria municipal, nos dias 23 a 25 de janeiro na sede campestre do CTG Caiboaté

A Coordenadoria Tradicionalista Municipal, de São Gabriel, está organizando o 6º rodeio cidade de São Gabriel, nos dias 23, 24 e 25 de janeiro, sob a coordenação do patrão Márcio D’Avila e sua equipe, começando na sexta-feira, com provas valendo pela “Reculuta Municipal”.

O gado será da tropilha confronto, de Lavras do Sul, o “gado do Buca”. O evento tem apoio das prefeituras de São Gabriel e de Santa Margarida do Sul.
Contatos com Marcio (55) 9909-0582 Patrão da Coordenadoria

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Vitor Hugo é o novo secretário de cultura do estado

          O Governador José Ivo Sartori anunciou, nesta sexta-feira, dia 19 de dezembro, mais um secretario de seu governo, talvez o mais esperado pela comunidade cultural do estado, o nome de Vitor Hugo foi apontado como o novo secretario de cultura do RS.
          Musico, jornalista, natural de Taquara, ex-secretário de cultura do governo Rigotto, Vitor Hugo é pós graduado em História, Comunicação e Memória do Brasil Contemporâneo. A experiência de Vitor Hugo agradou o setor cultural do estado.

Vem ai lançamento dos Monarcas: "lôco véio"

     
      Compartilhamos com os amigos a música Lôco Véio - o novo lançamento do grupo Os Monarcas. A canção é assinada pelo compositor Anildo Lamaison, de Guaíba (RS), e é uma homenagem d´Os Monarcas ao espetacular mundo dos rodeios.

     Soundcloud (BAIXE A MÚSICA)
https://soundcloud.com/osmonarcas/loko-veio-os-monarcas-2014

Blog: http://osmonarcas.wordpress.com/2014/12/19/loco-veio-nova-musica-do-grupo-os-monarcas/

YouTub: https://www.youtube.com/watch?v=pE_X9VfI8pw&feature=youtu.be

Atenciosamente,
Daiana Silva
Jornalista

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Agenda‬ - Vamos no tranco d´Os Monarcas!!!!!


* 02/12 /2014 | Sobradinho/RS | Parque Prefeito Márcio Luiz Nardi (Fejão) - 23h
* 05/12/2014 | Curitiba/RS | Adelson Club Show - 1h
* 06/12/2014 | Embu/SP | CTG União e Tradição - 00h
* 07/12/2014 | Jaguariaíva/PR | Capivarí Clube de Campo - 20h30
* 12/12/2014 | Pinhão/PR | CTG Pala Gaudério - 23h30
* 13/12/2014 | Toledo/PR | Clube Olímpico - 00h
* 14/12/2014 | Arapongas/PR | Ginásio de Esportes do Recanto - 17h
* 18/12/2014 | Porto Alegre/RS | 35 CTG / 3º Encontro de Queras - 21h
* 19/12/2014 | Chapecó/SC | CTG Recanto dos Tropeiros - 22h30
* 20/12/2014 | Vitorino/PR | Paróquia Senhor Bom Jesus - 00h
* 26/12/2014 | Sananduva/RS | CTG Doze Braças - 23h
* 27/12/2014 | Santo Cristo/RS | Linha Salto - 01h
* 28/12/2014 | Quilombo/SC | Esporte Clube Ipiranga - 16h
* 31/12/2014 | Mariópolis/PR | Pavilhão da Matriz de Mariópolis - 22h
* 01/01/2015 | Galvão/SC | Festa Pacheco (Festa Fechada)
* 02/01/2015 | Francisco Beltrão/PR | Chalé - 00h
* 03/01/2015 | Dois Vizinhos/PR | Clube Caldeirão - 23h30
* 04/01/2015 | Novo Horizonte/SC | Centro Comunitário - 15h

Acesse também:
Blog: http://osmonarcas.wordpress.com
Site: www.osmonarcas.com.br
Instagram: @osmonarcas 
Twitter: @osmonarcas 
Grupo / Sou Fã - Os Monarcas: 
www.facebook.com/groups/soufaosmonarcas

domingo, 14 de dezembro de 2014

Selecionados os 10 poemas finalistas do Esteio da Poesia

          O 1º Esteio da Poesia Gaúcha, festival de poemas inéditos promovido pelas secretarias municipais de Arte e Cultura (SMAC) e de Comunicação Social (SMCS) de Esteio, já tem os 10 trabalhos que serão apresentados ao público na noite de 27 de fevereiro de 2015, na Casa de Cultura. A triagem foi concluída na tarde deste sábado (13) em uma reunião realizada na casa do poeta e músico Adão Quevedo, em São Lourenço do Sul. Além de Adão, participaram da atividade o poeta e declamador Erico Rodrigo Padilha, de Caxias do Sul, o poeta Carlos Omar Villela Gomes, de Silveira Martins, ambos integrantes da comissão avaliadora, e Paulo Roberto Domingues Vargas, membro da comissão organizadora.
       
           Adão, Carlos e Erico foram os responsáveis por ler e escolher 10 poesias entre as 343 inscritas no festival. Ao todo, foram exatos cem poetas participantes de 50 cidades diferentes, sendo seis de Santa Catarina e uma do Paraná. Os demais concorrentes foram do Rio Grande do Sul.
          Na final do Esteio da poesia, além da apresentação no palco dos poemas, também serão realizadas apresentações do cantor e declamador Gustavo Oliveira, jovem esteiense que vem se destacando em rodeios e festivais gaúchos, e do conjunto vocal Acordes e Canções, tetracampeão do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart). Na final, antes da divulgação dos resultados, terá um show com cantor ou grupo nativista/regionalista de projeção estadual (o nome está sendo definido). A entrada será gratuita.
          O 1º Esteio da Poesia Gaúcha, que terá a apresentação da cerimonialista e declamadora Liliana Cardoso, integra as comemorações de 60 anos do município, emancipado de São Leopoldo em 28 de fevereiro de 1955.
          Serão premiados, com troféus e premiação em dinheiro, os três melhores poemas, os três melhores declamadores e os três melhores amadrinhadores (músico que acompanha o declamador na apresentação). A melhor poesia do festival recebe R$ 500. Já o melhor declamador e amadrinhador ganham R$ 300 cada. Além disso, todas as 10 poesias selecionadas para a final recebem uma ajuda de custo de R$ 300.

1° Esteio da Poesia Gaúcha
Poesias classificadas (em ordem alfabético do título)
A Dor da Perda
Maximiliano Alves de Moraes
Alegrete
A Maldição do Frederico
Francisco Carneiro Neto / José Mauro Ribeiro Nardes
Entre-Ijuís
Dos Meus Silêncios
Mateus Lampert
Santana do Livramento
É Bem Assim lá no Campo
Jadir Oliveira
Portão
Em Nome do Pai
José Luiz Flores Moró
Farroupilha
O Gato
Luis Lopes de Souza
Passo Fundo
O Outro do Espelho
Guilherme Suman
Porto Alegre
Relicário
Marcelo Domingues Dávila
Santana do Livramento
Romance do Assoviador
Matheus Costa
Dom Pedrito
Três Rosas e um Cabaré
Joseti Gomes
Gravataí

Final: Dia 27 de fevereiro, a partir das 20h, na Casa de Cultura (Rua Padre Felipe, 900)
Comissão avaliadora: Carlos Omar Villela Gomes (Poeta – Silveira Martins), Adão Quevedo (Músico e poeta – São Lourenço do Sul) e Érico Rodrigo Padilha (Poeta e declamador – Caxias do Sul)
Apresentação: Liliana Cardoso (declamadora, cerimonialista e apresentadora - Porto Alegre)

Atenciosamente,
Djalma Corrêa Pacheco
Assessor de Imprensa - Prefeitura de Esteio
Secretaria Municipal de Comunicação Social
(51) 3433-8125

Assembleia na Comissão Gaúcha de Folclore


domingo, 7 de dezembro de 2014

Mérito Farroupilha da 18ª mostra reconhecimento do trabalho

           Na noite de homenagens que a 18ªRT preparou para as entidades que participaram e trabalharam o ano inteiro, houve fortes momentos de descontração, emoção e confraternização. Muitas risadas ao lado de amigos que não se viam há muito tempo. A presença do Conselheiro Vaqueano Zeno Dias Chaves, e o Benemérito, José Francisco Teixeira, o ex coordenador da 18ªRT, Jorge Luiz Braga Abott, o Liquinho, mostrava a  importância do evento.
            Cátia Cavalheiro, Márcio D'Avila, Andreia e Rui Rodrigues, Paula Bundt, a turma de Bagé, São Gabriel, Dom Pedrito, Livramento, Santana da Boa Vista, fazendo a festa. Gilberto Silveira coroou o final de sua gestão, já começando seu segundo mandato, pois foi reeleito.
            Após a leitura do currículo o mais lindo foi ser aplaudido por amigos, receber um premio que é uma verdadeira obra de arte, e ainda mais, vindo da 18ªRT, que tenho um carinho especial.
           Só tenho a agradecer aos amigos fronteiriços pela força, pelo apoio, e, principalmente, pela amizade incondicional. Obrigado 18ªRT pelo "Mérito Farroupilha" que ganha um generoso espaço em nosso escritório ao lado de outras homenagens que recebemos pelo RS.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Nota de falecimento - Morre Vilmar Romera

   
      É com pesar que comunicamos o falecimento do tradicionalista Vilmar Romera, ex patrão do pioneiro 35 CTG.
          Romera era natural de São Jerônimo, tinha 74 anos, funcionário aposentado do Banrisul, radialista, ator, trovador e apresentador de programas “gauchescos”, entre eles “Mate Amargo” e “Tertúlia Crioula Ao Vivo” (Rádio Jornal do Comércio – 1977 a 1983), “Caminhos do Pampa” junto com Wilson Tubino (TV Pampa – 1980 a 1983, e depois em 1988) e “Roda de Chimarrão” (Rádio e TV Difusora – 1984). Atualmente, apresentava o programa “Fogo de Chão” (Ulbra TV). 
          Também era comandante da Cavalgada do Mar, o maior evento festivo de homens à cavalo do mundo; integrante e fundador do grupo “Os Cavaleiros da Paz” ao lado de Nico Fagundes e Rodi Borghetti.
          O Velório do comandante dos Cavaleiros do Mar será na Camara de Vereadores de Porto Alegre, a partir das 10h até as 15h. O sepultamento será na capela 9 do Joao XXIII, com sepultamento às 18h30min.

XIX CONTREG será em Guaíba, berço da revolução farroupilha


Proposta para o CONTREG pode causar polemica

          No domingo, dia 07 de dezembro, no DTG Berço Farroupilha, em Guaíba, acontecerá mais uma edição do CONTREG, congresso tradicionalista regional, criado na década de 90, com várias experimentações, que teve à frente na época o coronel Raul Pereira Dias, entre outros. Fazíamos muitos congressos simulados para aprender os mecanismos de funcionamento do Congresso do MTG.
          Estaremos levando para este CONTREG a proposta de mudança nos estatutos da região, de forma que caia uma cláusula de barreira criada para impedir quem não foi patrão de entidade, de ser coordenador regional.          

          A ideia é não retirar a possibilidade através da cláusula de ser patrão, mas ampliar o leque de possibilidades, incentivando lideranças que estudam e se preparam à exercer as funções na coordenadoria.
          Pelo que diz o estatuto hoje, uma pessoa que foi presidente do MTG, da CBTG, ou da CITG, não poderia ser coordenador da 1ªRT, caso não tivesse sido patrão. Um exemplo clássico, que costumo usar, é o da professora Neusa Secchi, que foi presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, vice-presidente do MTG, Conselheira, especialista em historia e folclore, escritora, diretora cultural da 1ªRT por diversas gestões e, muito do que se faz hoje, é criação do tempo dela... Mas é impedida de coordenar a região.
          Já sabemos que existe forte oposição quanto a esta alteração, mas buscamos acabar com acomodação, provocando a busca do conhecimento, de melhorias para a região.
           Por isso peço as entidades tradicionalistas da 1ª região, através de seus delegados no congresso, que ajudem a aprovar esta proposta, que irá ampliar o leque de possibilidades e, ao mesmo, tempo, provocar a concorrência, impedindo, desta forma, que o coordenador se "acomode". Conto com vocês...

Post do coordenador da 13ªRT pelo facebook - Ildo Wagner 
        " Meu amigo Rogério Bastos você tens razão, posso falar do assunto, acho que para ser coordenador tem que ter competência comprovada e aprovação dos patrões, mais os documentos exigidos como as negativas e CFOR, falo porque ocupei todos os cargos dentro de entidade tradicionalista até patrão, mas acho que isso lhe dá experiência, mas não pode ser levado a ponto de não poder concorrer, se fosse assim aqui na 13ª RT não estaria sendo cumprido, até porque os coordenadores que me antecederam foram competentíssimo, entregando para mim uma grande região e muito organizada e muitos não foram patrões."

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Extra!!! Extra!!! Saiu o Eco de Dezembro

Saiu o Eco da Tradição do mês de Dezembro:

Editorial do Presidente: Rodeio: Oportunidade de convivência
Tchencontro: Sucesso de público na serra gaúcha
Noticias: Concurso fotográfico do MTG tem inscrições abertas
Grandes momentos da história: A idade da courama
Nota de falecimento:Morre Wilmar Winck de Souza, o Provisório
ENART 2014: cobertura completa com fotos e resultados
Vem ai o 63º Congresso Tradicionalista Gaúcho em Uruguaiana de 9 a 11 de janeiro
Eleições: Manoelito Savaris concorrerá a reeleição em 2015
Campeão: 1ªRT é Decacampeã do ENART

Lanceiros da Zona Sul tem nova Patronagem

          CTG lanceiros da Zona Sul elegeu dua nova Patronagem:
Patrão: Celso Farias
1º Capataz Geral: Ederaldo Pereira 
2º Capataz: Ednei Aresço 
1ª Sota-Capataz: Leticia Rocha
2ª Sota-Capataz: Carolina Portal
1ª Agregado das Pilchas: Camila C Rodrigues
2º Agregado das Pilchas: Rubem Nunes Dos Santos

Desejamos sucesso à gestão 2015.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Proseando com tenência - Casos & Acasos

Premio Vitor Matheus Teixeira de 2014

          Quero parabenizar os talentosos amigos que foram agraciados com este premio, e como reconhecimento da Assembleia Gaúcha: Fabricio Harden (o Bico), Pedro Junior, Liliana Cardoso, o grupo Mas Bah, e missioneiro Valter Portalete (trovador, payador, gaiteiro, cantador, professor e autor da magnífica obra: Terra e cidadania na obra de Cenair Maicá). 

Turma “Eu sou do Sul” do CFor Avançado

           Uma turma muito interessante. Mas fica o registro de que, conhecimento nunca é demais. Beloni Bastos da Silva e a 2ª Prenda do RS, Laura Callegaro, participaram com a turma, relembraram e trabalharam questões importantes. Mas acima de tudo a humildade de estar repisando os rastros. Mais legal de tudo é ser professor do teu professor. 

O adeus ao Provisório

           Figura carismática que hipnotizava a juventude com suas histórias, Wilmar Winck de Souza nos deixou logo depois da 29ª edição do ENART. O Provisório, como era conhecido, ensinou muita coisa, mas sua liderança, pioneirismo, inteligência, humildade, ficaram como legado para nossa geração. Descanse em paz amigo Provisório. 

Emenda constitucional do Deputado Paulo Ferreira (PT)

           As cidades selecionadas para este projeto deverão propor programação artística (música, dança, teatro e afins) com perfil voltado a tradição gaúcha. O incentivo proposto valorizará a comunidade artística e qualificará o público naquela que se caracteriza a maior festa dos gaúchos: as comemorações da Semana Farroupilha. Em 20.11.2014, foi solicitada a alteração de prazo por Rodi Pedro Borghetti do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore ao Ministério da Cultura, para execução: substituindo a data original de 2014 para realização do projeto de 01 de março de 2015 a 20 de setembro de 2015.
Situação do processo nº 01400.015198/2014-90 em 20.11.2014 - Órgão: Ministério da Cultura: “EM ANÁLISE (AGUARDANDO PARECER)

PTG China Véia

           Pois o ENART é o lugar dos grandes encontros. E este ano tive a oportunidade de ver amigos que conhecia virtualmente. Que foi o caso do Patrão do PTG China Véia, Alan de Souza Sehn, da cidade de Dongguan, que é considerada uma colônia brasileira, digamos mais gaucha, devido ao pessoal do ramo do couro no Vale dos Sinos que migrou para lá com o passar do tempo. Dele recebemos a bandeira da entidade tradicionalista que fundaram na China.

CGF quer criar Núcleos Municipais

           A Comissão Gaúcha de Folclore, que elegeu sua diretoria recentemente, prepara alterações estatutárias que modernização seu estatuto e criarão núcleos municipais ligados à ela para se expandir pelo interior. Hoje já existe um núcleo extraoficial em Santana do Livramento que tem trabalhado bastante e está bem organizado. Resta-nos saber se, com a oficialização, se novos núcleos surgirão.

Resultados do Rodeio internacional do Mercosul

Intérprete solista vocal prenda - até 15 anos
1º CTG Herança Farroupilha - Giovanna Cavalheiro
2º CTG Chaleira Preta - Vitória Goulart
3º CTG Capão da Porteira - Bruna Silva
Intérprete Solista Vocal Peão - até 15 anos
1º CTG Herança Farroupilha - Patrick Melo
2º CTG Rancho da Saudade - Dionathan Pimentel
3º CTG Chaleira Preta - Irã Goulart
Intérprete Solista Vocal Prenda Adulto
1º CTG Gildo de Freitas - Carolina Quinteiros
2º CTG Patrulha do Rio Grande - Ritieli dos Santos
3º CTG Tiarayu - Liz Dias
Intérprete Solista Vocal Peão Adulto
1º CTG Os Gaudérios - Kayke Mello
2º CPF Piá do Sul - Pablo Cardoso
3º CTG Carreteiros da Saudade - Felipe Jardim
Chula Mirim
1º CTG Tiarayu - Jean Rocha
2º CTG Guapos do Itapui - Kelvin Moisés
3º CTG Carreteiros da Saudade - Gabriel Raupp
Chula Juvenil
1º CTG Carreteiros da Saudade - Wellington Barcelos
Chula Adulta
1º CTG Rincão da Amizade - José Guimarães
2º CTG Rancho da Saudade - Leonardo Silvan
3º CTG Estância de Montenegro - Pedro Angeli
Chula Veterana
1º CTG Porteira da Amizade - Adroaldo Ferreira
2º CTG Rancho da Saudade - Manoel Diniz
Declamação Prenda Mirim
DTG Acácia Negra – Letícia de Ávila
DTG Caiboaté – Maria Eduarda Pereira
CTG Sentinela da Tradição – Larissa Galdino
Declamação Peão Mirim
CTG Guapos do Itapuí – Clovis Filho
CTG Gildo de Freitas – Willian Weyh
CTG Essência da Tradição – Pedro Patrion
Declamação Prenda Juvenil
CTG Unidos Pela Tradição – Sofia Alonso
35 CTG – Gabrieli Santos
CTG Crioulos do Caverá – Alana Martiori
Declamação Peão
CTG Mourão da Estância – Daniel Fraga
CTG Carreteiros da Saudade – Wellington Barcelos
CTG Chaleira Preta – Eagro Muller
Declamação Prenda
DTG Acácia Negra – Luciana de Ávila
CTG Guapos do Itapuí – Tainá de Deus
CTG Unidos pela Tradição – Tifani Fernandes
Declamação Peão Adulto
União Gaúcha Simões Lopes Neto – Samuel Albuquerque
CTG Tiarayu – Cássio Menezes
CTG Pousada da Figueira – Cristian Oliveira
Declamação Prenda Veterana
CTG Rodeio Serrano – Mariane Soares
CTG Gildo de Freitas – Helen Kratina
Declamação Peão Veterano
CTG Chaleira Preta – Atair Texeira
CTG Essência da Tradição – Jesus Pereira
CTG Berço Farroupilha – Lazaro Ferreira
Gaita de Botão até Oito Baixos
CTG Carreteiros da Saudade – Pedro Ricardo
35 CTG – Gabriel Augustin
DTG Berço Farroupilha – Thiago Velleda
Gaita de Botão mais de Oito Baixos
CTG Gildo de Freitas – Pablo Schelski
CTG Laço da Amizade – Joice Fraga
35 CTG – Gabriel Augustin
Gaita Piano
35 CTG – Gabriel Augustin
CTG Rancho da Saudade – Carlos Pimentel
CTG Herança Farroupilha – Douglas Freitas
Trova Campeira
Associação dos Trovadores Luiz Muller – Leôncio Amaral
Associação dos Trovadores Luiz Muller – José Estivalete
CTG Tarumã – Cravinho
Trova Estilo Gildo de Freitas
PTG João Manoel – João Barros
Associação dos Trovadores Luiz Muller – Anderson Brun
Associação dos Trovadores Luiz Muller – Wanderlei Rosa
Trova Martelo
CTG Gaudérios da Saudade – Adão Bernardes
CTG Velha Cambona – Celso de Oliveira
CTG Sentinela do Pago – Milton Pinheiro
Danças Tradicionais:
Mirim
1° CTG Guapos do Itapui
2° CTG Rancho da Saudade
3° CTG Patrulha do Rio Grande
Juvenil
1° CTG Chico Borges
2° CTG M' Borore
3° CTG Patrulha do Rio Grande
Adulta
1° Uniao Gaucha João Simões Lopes Neto
2° CTG Herois Farroupilhas
3° CTG M' Borore
Veterana
1° CPF Pia do Sul
2° CTG Rancho da Saudade
3° CTG Porteira Velha
2º Aldeia da Canção Gaúcha - 27 e 28/11/2014
Vencedores
1° Lugar: Quando a Saudade faz Querência
2° Lugar: Décima do Pilcha Véia
3° Lugar: Na outra Ponta do Laço
Música mais popular:
- Na outra ponta do laço!
Melhor Instrumentista:
- Marcelinho Nunes – Três Ramal e Alecrim
Melhor Melodia:
- Felipe Barreto – Quando a Saudade faz Querência
Melhor Intérprete:
- Flávio Hansen
Melhor Letra:

- Décima do Pilcha Véia
Fonte: Fernando Araújo
Fato Negativo: A briga que aconteceu durante o rodeio entre grupos de danças.  Acredito que os que brigaram estejam em um lugar errado. Não deveriam estar em um CTG. Não é neste lugar que confio um filho ir dançar com a certeza que está num ambiente bom. O que se espera das entidades envolvidas é que tomem providencias com os elementos que desqualificam o ambiente saudável.

         Vi, nas redes sociais, que o pessoal pede punição. Que o MTG tem  que punir. O que acredito, que conscientemente devem fazer, é, internamente, ser tomada atitude enérgica, mas dentro do CTG.
          Cabeça fraca + bebida em excesso + provocações infantis = a ambiente propicio à desgraça. Deu no que? Prisão. 
          Qual a resposta para as atitudes violentas apresentadas no rodeio? Será que eles gostariam que o exemplo deles fosse abraçado pela gurizada juvenil? Até por que os "adultos" são os exemplos pra gurizada... Vamos aguardar e ver no que isso vai dar...

domingo, 30 de novembro de 2014

Chegamos a marca de 790.000 acessos - Obrigado amigos


Com alterações estatutárias da CGF, podem nascer os núcleos municipais

          Proposta de alteração estatutária:
          Em cada município, poderá formar-se um Núcleo Municipal, cujo reconhecimento deve ser solicitado à Diretoria Executiva Estadual da CGF.
          Os núcleos serão identificados como Núcleo Municipal de Folclore – Nome do Município –  NMF-XXXX, Filiado à Comissão Gaúcha de Folclore – CGF. 

          O conjunto de Núcleos Municipais será coordenado pelo Diretor de Interior da Diretoria Executiva Estadual da CGF.

          Para o reconhecimento de um Núcleo Municipal de Folclore, é condição primeira o encaminhamento  à Diretoria Executiva da ata da sua criação onde conste a aceitação do Estatuto da CGF, do seu Regulamento Geral, a adoção de Regimento Interno adaptado às peculiaridades locais, e a relação dos membros admitidos pelo  Núcleo  a serem referendados pela Diretoria Executiva Estadual. 
        
           Satisfeitas as exigências listadas no caput deste artigo, o Núcleo estará apto a receber o certificado de reconhecimento de sua efetividade e afiliação à CGF.

sábado, 29 de novembro de 2014

Frase do dia


Evento fará homenagens em São Gabriel, dia 6

          Estarei lá, recebendo o Mérito Farroupilha da 18ªRT, com muito orgulho, dia 06, no CTG Caiboaté, em São Gabriel.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Comissão Gaúcha de Folclore convoca para alterações estatutárias

EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA

          O presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, Ivo Benfatto, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca os associados da Comissão Gaúcha de Folclore, fundadores e efetivos, de acordo com o que  determina o Estatuto vigente em seu Art. 5,  inciso IV, parágrafos primeiro e segundo para a realização de Assembleia Geral Extraordinária , no dia 15 de dezembro de 2014, em sua sede, na Rua Olinda 368, nesta cidade de Porto Alegre/RS, às 19:00  horas em primeira convocação e às 19h30min em segunda chamada,   para a seguinte pauta exclusiva: reforma estatutária, de acordo com a minuta de proposta da Diretoria encaminhada aos integrantes do quadro associativo, e parte integrante deste edital.

Porto Alegre, 27 de novembro  de 2014
Prof. Ivo Benfatto
Presidente CGF

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Tá chegando o 4 de dezembro...

             Esta chegando o dia 04 de dezembro, dia do repentista gaúcho, data é regida por lei estadual como o Dia do Artista Regionalista Gaúcho e do Poeta Repentista Gaúcho, em virtude de marcar como falecimento de Vitor Mateus Teixeira - Teixeirinha, em 1985 e Gildo de Freitas, em 1982. 
          A lei 8814, de 10 de janeiro, de 1989, de autoria do deputado Joaquim Moncks (o mesmo da lei das pilchas), é uma homenagem aos dois referenciais da cultura popular do estado e aos atuais artistas regionalistas e repentistas do Rio Grande do Sul.
          O que nossos CTGs estarão planejando para essa data? Ano que vem, 30 anos da morte de Teixeirinha. O que teremos nos calendários de nossas entidades? Serão 180 anos da Revolução Farroupilha, 170 anos da Paz de Ponche Verde...335 anos da criação da Colonia do Sacramento... os departamentos culturais das entidades deveriam ir se preocupando com isso...

Flores da Cunha recebe o Tchêncontro neste final de semana

              Flores da Cunha, na Serra Gaúcha, sedia em 29 de novembro o XXIV Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha.  O evento é promovido pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho, com realização da Fundação Cultural Gaúcha e Prefeitura Municipal de Flores da Cunha, com apoio da Erva-Mate Gaúcha da Serra.
          No Parque da Vindima, a programação inicia às 8h, com recepção e credenciamento. Às 9h acontece o sorteio da ordem das apresentações e às 9h30min as apresentações. O objetivo é demonstrar e conhecer as manifestações artísticas do povo gaúcho, valorizando os aspectos e características de cada região, indo ao encontro da temática dos festejos farroupilhas de 2014: “Eu sou do Sul”.
Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Premio Vitor Matheus Teixeira 2014 reconhece artistas

No dia 9 de dezembro serão entregues pela Assembleia Legislativa troféus e diplomas aos agraciados com o Prêmio Vitor Mateus Teixeira. O evento ocorre no Teatro Dante Barone, (Praça Marechal Deodoro, 101, Centro) a partir das 19 horas.
Criado em 1997, o evento é promovido anualmente pela Assembleia Legislativa para premiar artistas e veículos de comunicação que ajudam no fortalecimento e divulgação da música gaúcha. Foram 101 indicações feitas por 19 deputados estaduais, o que registra um aumento de quase 20% em relação à edição anterior, em que 86 nomes foram apresentados para concorrer. Troféus e diplomas serão entregues aos agraciados.
          A comissão julgadora é formada por representantes do Sindicato dos Compositores Musicais do RS - SICOM/RS; Sindicato dos Músicos Profissionais do Rio Grande do Sul; Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore - IGTF; Movimento Tradicionalista Gaúcho - MTG; Fundação Vitor Mateus Teixeira; e do Departamento de Relações Públicas e Atividades Culturais da ALRS. O evento conta com a participação do Grupo Missões, composto por Halber Lopes, Jarbas Nadal e Xuxu Nunes.

Lista completa dos premiados:

Cantor: Antônio Dellagerisi (Antônio Gringo)
Cantora: Adriana Sperandir
Declamador: Pedro Júnior Lemos da Fontoura
Declamadora: Liliana Cardoso Duarte
Trovador: Valter Nunes Portalete
Trovadora: Carmem Freitas (Carminha Freitas)
Compositor(a): Jorge Guedes
Instrumentista: Adriana de Los Santos
Arranjador(a): Nilton Júnior da Silveira
Pajador(a): Pedro Júnior Lemos da Fontoura
Produtor(a) Musical: Fabrício Harden
Capa de Disco: Rafael de Boni e Valdir Verona
Veículo de Divulgação de Artista Gaúcho(a): Rádio Nativa FM de Santa Maria
Grupo de Show: Grupo Mas Bah!
Grupo de Baile: Mateadores de Santiago
Grupo de Dança Gaúcha: Grupo de Danças Adulto do CTG Ronda Charrua
Bandinha Típica Alemã: Super Banda Real de Nova Petrópolis
Conjunto ou Intérprete de Música Teuto-rio-grandense: Orquestra Municipal de Teutônia

Conjunto ou Intérprete de Música Ítalo-rio-grandense: Canarinhos de Garibaldi.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Gilberto Silveira na sessão especial da câmara em Bagé

         
          Por requisição do vereador Geraldo Saliba, o Loko véio, a câmara de vereadores de Bagé, teve a interrupção da sessão ordinária para ser transformada em sessão especial.
          O motivo foi ouvir o coordenador da 18º Região Tradicionalista, Gilberto Silveira, que fez referencia a participação das entidades tradicionalistas de Bagé no Enart 2014.

         Na oportunidade Gilberto Silveira também explanou sobre a 18ª Região, Movimento Tradicionalista e sobre a importância da inciativa do vereador em destinar uma emenda ao orçamento de 2015, sugerindo a destinação de R$ 70 mil, divididos entre sete Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) de Bagé.

Trabalho de dicção e oratória do CFor avançado 2014

Bueno, no sábado palestrei pela manhã na sede do MTG para os alunos do CFor avançado, modulo II e como tarefa para apresentarem ficou acertado o seguinte tema:

1) Em frente ao espelho, leia notícias como se fosse um locutor de rádio ou televisão. Interprete algumas canções ou poemas, dando-lhes sentimento. Avise sua família que é apenas um exercício dado pelo professor, no CFor;

2) Se tiver como gravar, utilize para registrar o seu exercício e depois analise a sua voz, gestos, olhar, postura corporal, etc. Interrompa as partes que não gostou e faça novas apresentações;

3) Assista à televisão com espírito crítico, observando as vozes (volume, ritmo e entusiasmo), as expressões faciais, as roupas dos apresentadores e atores, cenários e iluminação;

4) Analise os telejornais e perceba como os mesmos são concisos e harmonizam os recursos audiovisuais, combinando com a voz, gestos e posturas dos apresentadores. Eles dizem muito em pouco tempo;

5) Assista comerciais de televisão e escute os da radio e analise os argumentos utilizados para persuadir o consumidor;

6) Procure assistir algumas palestras, conferências, seminários e cursos para o aperfeiçoamento das técnicas de comunicação;

7) Exercite seu corpo. Ande bastante. Escolha exercícios físicos que lhe agradem e aproveite-os para eliminar tensões. Se possível, participe de uma oficina de teatro.

8) E por ultimo, meus amigos... depois de tudo isso ai em cima, o dez só podia ser o trabalho para entregar. Peguem uma câmera comum (celular, cybershot, profí...) e gravem um comercial de um produto CRIADO por vocês, para nos vender.

          Não tem tempo estipulado, tem que me vender esse produto, esse evento, esse,...esse... (lembrem-se que outras pessoas verão o trabalho); Vocês produzirão, gravarão e postarão no grupo do FACEBOOK...

          E além do comercial, depois dele gravado... coloquem uma plaquinha para identificar que depois dele, vem o Making Off (claro que eu não ia deixar de fora a tabua atrinculavinculada, não é?)

          Gravarão estes exercícios abaixo:

- Em cima daquela serra tem dois pés de mafagarfo, com dois mafagarfinhos. Quem disser quantos mafagarfos tem, um bom desmafagarfizador será.

- Dudu dizia danado da vida: – Dadá, deixe disso, onde vai dar tanta doidice?

- Lá vem o velho Félix com o fole velho nas costas. Quanto mais mexem no fole do velho Félix, mais o fole do velho Félix fede.

- As folhas do chá da arquiduquesa já estão secas, supersecas ou ressecadas?

- Se cem serras serram cem cigarras, seiscentas serras serram seiscentas cigarras e seiscentas e seis serras serram seiscentas e seis cigarras.

- Seis caçadores sobre seis sofás cochichavam ao caçador sem sorte: Seja sortudo sem suspeita e sua sorte salvará seus segredos.

- O rato roeu a roupa de renda do rei de Roma, a rainha ruim resolveu remendar.

- A vida é uma sucessão de sucessos que se sucedem sucessivamente sem cessar.

- era uma tábua bem atrinculavinculada, quem desatrinculavincular, bom desatrinculavinculador será... Eu como desatrinculavinculei, bom desatrinculavinculador serei.

          Gravem o comercial, identifiquem o making Off e gravem as frases ligeirinho... Prazo: Até 12 de dezembro.  Lembrem-se de criatividade, treino, dedicação,planejamento, tecnologia.... sei que saberão fazer exercícios maravilhosos

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

CTG Lanceiros da Zona Sul vence o XVII FestXiru, em Santa Maria

          Um excelente trabalho do Alex Vargas e da equipe do Lanceiros. O XVII Encontro Estadual Artístico Cultural de Veteranos e Xirús (XVII FESTXIRÚ), aconteceu no dia 23 de Novembro na sede do CPF Piá do Sul, em Santa Maria

sábado, 22 de novembro de 2014

Curso de extensão em Administração pública da cultura

          Curso EAD gratuito para gestores públicos de cultura, conselheiros de cultura e agentes culturais. Ministrado pela Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, em convênio com o Minc.

          As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet. O link para a realização das inscrições será disponibilizado no dia 10/12 neste blog e no facebook (admcultura). Nenhuma documentação é necessária. Candidatos de todo o Brasil podem se inscrever.

          As inscrições para a primeira turma do curso serão realizadas entre 10 e 30/12/2014, através de link que será divulgado amplamente e também aqui neste blog.

         A primeira turma iniciará em 05/01/2015 e encerrará as atividades em 31/03/2015. Certificados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul àqueles que realizarem todas as atividades do curso com bom desempenho.

Editorial do Presidente - Rodeio: Oportunidade de convivencia

Sei que os tempos mudam. Sei que os hábitos e costumes da década de 1990 não são os mesmo de hoje. Sei que o tradicionalismo gaúcho sofreu forte alteração na área artística nos últimos 20 anos. Mesmo assim, me arrisco a propor uma reflexão sobre os rodeios, a forma de realizá-los, as formas e objetivos de participação e, com tudo isso, um breve exame dos objetivos da sua realização.
Em março de 2003 publiquei um editorial, neste mesmo espaço do Eco da Tradição, tratando dos rodeios crioulos e me referindo à área campeira. Naquela oportunidade escrevi sobre os objetivos dos rodeios.
Hoje, passados quase 12 anos, continuo acreditando nas mesmas coisas, ou seja, que o rodeio existe para preservação da cultura gauchesca, oferecer oportunidade de lazer, obter algum lucro para financiar as atividades anuais da entidade promotora e, acrescento: é uma oportunidade de convivência, de ver e rever amigos, de fazer novos amigos, de sair um pouco da corrida diária e ter tempo para uma boa conversa, um mate largo, saborear uma boa declamação ou se emocionar com um grupo de danças. 
A área campeira dos rodeios, nesses quesitos, está melhor do que a área artística. Digo isso porque as pessoas envolvidas com as provas campeiras, notadamente o tiro de laço, acampam no rodeio. Montam suas cozinhas. Tiram o tempo para um bom mate. Conversam com os parceiros e com o vizinhos de acampamento.
A questão mais intrincada está na área artística. Poucos acampam e quase ninguém organiza cozinha. A maioria dos CTGs somente se preocupa com os grupos de danças e, por isso, organizam suas viagens e o tempo que permanecem no rodeio de acordo com a apresentação dos seus grupos. Os concursos individuais estão desaparecendo. Tem sido comum a participação do mesmo CTG, melhor, do mesmo grupo de danças, em dois ou três rodeios no mesmo final de semana. Essa prática impede que a entidade fique num rodeio, impede que conviva com os outros participantes e fortalece unicamente o interesse pelo premio, em dinheiro, que o rodeio oferece.
Para o organizador do rodeio, não há qualquer vantagem com a prática atual de participação em vários rodeios no mesmo final de semana. Os concorrentes não pagam ingresso, não há cobrança de inscrição, os grupos de danças nada consomem no rodeio, mesmo porque ficam ali somente o tempo necessário para apresentar-se e, além disso, há sempre problemas com a programação. Os organizadores “ajeitam” a programação para esperar um grupo de danças que está vindo de outro rodeio.
Será esse o caminho que desejamos para o Movimento? Será que o único e grande objetivo deve ser o de ganhar o premio do rodeio? Não será esta prática uma forma de privilegiar os “grupos grandes” os CTGs mais estruturados?
O que proponho é simples: estabelecer uma regra em que cada grupo de danças somente possa ser premiado com dinheiro em um rodeio por final de semana. Se quiser concorrer em dois rodeios pode, mas somente pode ser premiado no primeiro que participar. Mesmo que vença também o segundo rodeio, não receberá o prêmio. 
Além dessa medida que pode ser adotada por decisão de Congresso Tradicionalista, ainda podemos estimular a que os promotores de rodeios voltem a programar fases classificatórias o que oportunizará aos concorrentes apresentarem-se duas vezes.
Tudo isso para nossa reflexão. No congresso de Uruguaiana vamos debater o tema e adotar alguma medida que favoreça a convivência dos tradicionalistas nos rodeios.
Dezembro de 2014
Manoelito Savaris

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

III Encontro Internacional de Tradições Gaúchas, em Lagoa Vermelha

            Durante a realização do Rodeio Internacional e Festa Nacional do Churrasco de Lagoa Vermelha, em janeiro de 2015, será realizada a terceira edição do Encontro Internacional de Tradições Gaúchas. A promoção tem como data dia 29 de janeiro, na sede social do CTG Alexandre Pato.
            A programação inicia às 18 horas, com credenciamento. Às 19 horas, palestra com Toni Sidi Pereira, que abordará como tema “Danças Folclóricas e Tradicionais Gaúchas: Uma proposta pedagógica”.
            Às 20h 30min, show de danças Companhia Marrupeña. Às 21h, entrega dos certificados. O evento, segundo a vice-patroa do CTG Alexandre Pato, Marilia Dornelles, é válido para concursos tradicionalistas e é gratuito. Tem parceria com a 8ª Região Tradicionalista e MTG/RS.

SAIBA MAIS
            Toni Sidi Pereira (foto) é natural de Dom Pedrito, RS, formado em Educação Física pela Universidade da Campanha - URCAMP. Ministrante de cursos de Danças Tradicionais e Danças de Salão Rio-grandenses promovidos pelo MTG no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Brasília, Goiás e Manaus.
            Como avaliador de Danças Tradicionais, além de participar de diversos Rodeios Nacionais e Internacionais, atuou nas fases regionais, inter-regionais e finais do ENART desde 1999. É membro do Conselho Diretor do MTG.
NG Marketing e Comunicação Ltda
54.3358.3744 e 54.9951.8037

12ªRT convida para a 9ª Condição de Ajuste, em dezembro

IX CONDIÇÃO DE AJUSTE
Local: Parque de Eventos Claudio Araújo – BR 386 KM 429 – Nova Santa Rita/RS
Programação: 13/12/2014
14 hs – Credenciamento
14:30 hs – Abertura
14:45 hs – Oficinas Campeiras com Bruno Kamien –Peão Farroupilha do RS gestão 2013/2014, Saul Wiedemann –Peão Farroupilha da 12ª RT gestão 2012/2013, Emily Zahner e Emily Siqueira – Campeãs dupla prendinha vaca parada FECARS 2013 
18:30 hs – Encerramento

Realização:
Lucas Feijó Moreira – Peão Farroupilha 12ª RT
Léo Bruno de Souza Moreira – Guri Farroupilha 12ª RT
Bruno da Silva Morinel – Piá Farroupilha 12ª RT
Apoio:
Coordenadoria da 12ª RT
Prendas e Peões da 12ª RT

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Curiosidades...

Você sabia que...

...Durante a Guerra de Secessão, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: "O Killed"( zero mortos). Daí surgiu a expressão O.K. Para indicar que tudo está bem.

...Cada rei no baralho representa um grande Rei / Imperador da história:
-Espadas: Rei David (Israel);
-Paus: Alexandre Magno (Grécia/Macedônia); 
-Copas: Carlos Magno (França);
-Ouros: Júlio César (Roma).

...Quando os conquistadores ingleses chegaram à Austrália, se assustaram ao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamente, chamaram um nativo (os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos) e perguntaram qual o nome do bicho. O índio sempre repetia "Kan Ghu Ru", e, portanto, o adaptaram ao inglês, "kangaroo" (canguru). Depois, os lingüistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: "Não te entendo".

...A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista, quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam aquele lugar, e o índio respondeu "Yucatán". Mas o espanhol não sabia que ele estava informando: "Não sou daqui".

...Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada "PEDRO IVO". Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir quem foi esse tal de Pedro Ivo, descobriram que, na verdade, a rua homenageava D. Pedro I, que quando foi rei de Portugal foi aclamado como "Pedro IV" (quarto).  Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da rua fora grafado errado, colocou um "O" no final do nome.  O erro permanece até hoje... (sempre tem um, não é?)