sábado, 21 de janeiro de 2017

Grupo Rebenque completa um quarto de século de sucesso

             O grupo rebenque foi fundado em 1991, um grupo que nasceu em São Francisco de Assis (Capital Mundial do Bugio) o grupo hoje se localiza no município de Cachoeirinha. Nos anos 90 saíram do interior de São Francisco de Assis, onde eram conhecidos com o nome “Os Mandurins” os irmãos Antônio, Jesus e Amir, chegaram à cidade e ao balanço de uma Veraneio, embalaram os fandangos pelo interior do município e depois da cidade, e de outras cidades, já com o nome “Rebenque”.

            Hoje o Grupo Rebenque tem cinco CDs gravados, citando dois de seus sucessos, um LP lançado em 1995 com o título “Estilo Campeiro”, em Fevereiro de 2014 o Grupo Rebenque lança seu CD “Dê-lhe Vaneira”. Com 14 faixas, o disco apostado em vaneiras, como a faixa-título e Ronco da Gaita Véia, o xote Rincão do Espinilho e a milonga Nunca Vou te Esquecer. E também participações em vários programas de TV, rádios e festivais, incluindo o Rio Grande Canta Erval, o Primeiro Grito Pampeano de Canarana, Mato Grosso, terceiro Festival de Conjuntos da Rádio Liberdade FM, sendo que foi vencedor do Festival Querência do Bugio de São Francisco de Assis.

            Em Junho de 2014, o Grupo Rebenque subiu a serra para mostrar a qualidade da sua música fandangueira e para gravação do programa Etnias, que é apresentado por Xiru Pereira,e do programa Terra, que é apresentado por Omair Trindade.

Link da Gravação do programa:
https://www.youtube.com/watch?v=haiCR7bFZIQ

        Hoje o Grupo Rebenque é gerenciado pelos Irmãos Jesus Marques, Amir Marques e Rafael Marques (filho de Jesus Marques). O Grupo disponibiliza uma excelente estrutura de som e luz e ônibus de primeira qualidade fazendo seus shows e bailes serem altamente profissionais de grande excelência. Sempre levando a cultura gaúcha no peito, tocando suas músicas autênticas e fandangueiras do nosso Rio Grande Do Sul, sem perder a essência do tradicionalismo. Um grupo que por onde passa leva toda a sua alegria para os palcos, respeitando a nossa tradição sempre.
           Profissionalismo de 26 anos de história! Valorize seu evento, CONTRATE GRUPO REBENQUE. Shows, Rodeios, Formaturas, Bailes, Sarau de Prendas, entre outros eventos artísticos. O Grupo Rebenque já esta com sua agenda de 2017 aberta, entre em contato pelo telefone: 51 99629.20.08 / 99465.6837 / 98114.61.32 com Jesus Marques WhatsApp: 51 98936 63.69

Fontes: 
Rafael Marques http://ucstv.com.br., http://wp.clicrbs.com.br/escutaessa/?topo=77,2,18feed, http://novosalic.cultura.gov.br/, http://entremateseguitarra.blogspot.com.br/
Editado: Michele de Oliveira Bermann - 1ºPrenda CTG Campeiros do Sul.

Claudio Rogelio Oliveira é o novo coordenador da 15ª Região Tradicionalista

A gestão de 2017 ficará marcada pela organização do Entrevero Cultural de Peões do Rio Grande do Sul, em abril, no Caí

           Tomou posse nesta sexta-feira, 20 de janeiro, a nova coordenadoria da 15ª Região Tradicionalista. À frente da região composta por 23 municípios do Vale do Caí e Taquari está o militar da reserva Claudio Rogelio Oliveira, de 49 anos de idade. Natural de Camaquã e radicado no município de Barão, o novo coordenador integra o Movimento Tradicionalista Gaúcho desde a década de 1990. A vice-coordenadoria está sob responsabilidade de Adail Rosseti, de São Sebastião do Caí. 

            “Nossa intenção é trabalhar de forma integrada e organizada com as entidades tradicionalistas dos 23 municípios da região e, como consequência, conquistar cada vez mais destaque para a Décima Quinta”, revela Claudio Rogelio Oliveira.

            A sede da região fica em Montenegro e, seu primeiro coordenador, foi o Coronel Sumerval Silveira, empossado em 1969.  Ao longo desses 48 anos de existência a Décima Quinta conquistou algumas marcas históricas. 

           Atualmente é a maior detentora de títulos do Troféu Farroupilha, com quatro Peões Farroupilhas do Rio Grande do Sul: Ernani de Oliveira Nunes – (1990/1991), Rodrigo de Moura (2001/2002), Lourenço de Oliveira Nunes (2015/2016) e Diego de Azevedo Andrade (2016/2017). Como o atual Peão Farroupilha do Rio Grande do Sul é da região, o Entrevero Cultural de Peões será realizado aqui, em São Sebastião do Caí, entre os dias 6 e 9 de abril, na Terra da Bergamota.

           “Estamos organizados para receber cerca de 2.500 visitantes no Caí durante a 29ª edição do Entrevero. Será uma oportunidade única de mostrar a todo o Rio Grande as nossas belezas da região e que a Terra da Bergamota tem tradição e hospitalidade de sobra para organizar um evento desta magnitude”, afirma Diego de Azevedo Andrade, atual Peão Farroupilha do RS e anfitrião do evento.  


Fonte: Anderson Hartmann 
anderson@cachacabr.com

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Presidente do MTG esteve na posse da 12ªRT, em Esteio

           O Presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Nairo Callegaro, participou na noite de 16 de janeiro da posse da nova equipe de trabalho da 12ª Região Tradicionalista, que compreende os municípios de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Nova Santa Rita. O evento aconteceu no CTG Independência Gaúcha, em Esteio. Confira a nominata completa:

Coordenador: Fabiano Vencato
Vice Coordenador: Rafael Santos da Rosa
1ª Secretaria: Antônia de Almeida e 2ª Secretaria: Michele Lang Nunez
1º Tesoureiro: João Francisco da Silveira e 2ª Tesoureira: Justina Menegaz Leite
Diretora Cultural: Márcia Monteiro
Assessor (a) Prendas e Peões: Mariana Soares
Diretora Cultural Junior: Gabriela Alves de Oliveira
Diretor Artístico: Alessander Nunez
Assessores de Danças Tradicionais: Edna Machado, Thiago Mello
Assessor de Danças Campeiras: Diego Muller
Assessor de Danças Gaúchas de Salão: Jeferson Ennes
Assessor de Chula: Marcelo Ortiz
Assessor de Declamação: Luciana Ávila
Assessor de Intérprete Vocal e Violão: Daniel Lima
Assessor Musical e Instrumental: Robson Paines
Diretora Artística Junior: Amanda Nunes
Diretor de Eventos: Daniel Zardo
Assessora de Cerimonial e Protocolo: Sandra Bartosiak
Assessor de Operações: Elói Tavares
Diretor de Comunicações: Renato Kruel
Diretor de Relações Institucionais: Silvio Delavequia
Diretor Campeiro: Jeferson Gonçalves
Vice-Diretor Campeiro: Adair Machado e Secretária Campeira: Cinara da Rosa - Assessores Campeiros: Marcos Daniel Welch, Cleber Reis, Allison Reis, Thiago Castro, Julio Amorim, Luiz Eduardo Scherer, Fernando Almeida, Oswaldo Silva, João Batista Oliveira, José Almeida
Diretora Campeira Junior: Emily Zahner
Diretor de Acampamentos: Éder Zahner
Diretor de Cavalgadas: Beno Alves da Silveir
Diretor de Esportes: José Everton Prates
Assessoria de Tava e Tetarfe: José Dias
Assessoria de Bocha: Miguel Garcia
Diretora Jovem: Laura Albano e Vice-Diretora Jovem: Marina Otharan 
Diretor Jurídico: Gelson Descovi Vargas

Conselho Fiscal: 
Titulares: Jorge Ferreira Peixoto, Régis Blessman, Valéria Albano
Suplentes: Adão Varallo Moraes, Leandro Lautert, José Lang 

Conselho de Ética:
Titulares:
Liane dos Santos Peixoto, Maria de Lourdes Monteiro, Nilo Proszek
Suplentes: Ito Marques, Fátima Maria Otharan Soares, Ociran Freitas

Fonte: Fanpage do MTG

Com 21 anos de coordenadoria, Gilda assume pela 16ª gestão a 7ªRT

           O Parque de Rodeios da Roselândia, em Passo Fundo, foi palco na noite de quinta-feira, 19 de janeiro, da posse da nova gestão da 7ª Coordenadoria Regional do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho. O evento também marcou o 230º Encontro Regional de Patrões e contou com a presença do presidente do MTG, Nairo Callegaro e autoridades locais. Gilda Galeazzi assume pela  decima sexta vez como coordenadora da 7ª Região. 

Coordenadora: Gilda Galeazzi
Vice-Coordenadora: Clair Gai Freitas
Secretaria Geral: Fátima Cótica
Tesoureira: Marlene Knob Guntzel

Conselho Fiscal
Titulares: Joares de Oliveira Vieira; Lírio Pedro Donazzolo; Orlei Vargas Carames
Suplentes: Dilceu Rizzoto; Paulo Dutra; Elenir Ferraz Pereira

Comissão de Ética
Titulares
Antonio Geolar Kurtz
Luiz Osmar Moraes
Antonio Cesar Soares
Suplentes
Eleno Ramos
Darci Jorge da Silva
Paulino Spolti


Crédito das Fotos: Igor Gava
Fonte: Fanpage do MTG

Dalmo Mayer toma posse na 24ªRT

           A 24ª Região Tradicionalista empossou sua nova coordenadoria na terça-feira, 17 de janeiro, em solenidade realizada durante o primeiro Encontro Regional de Patrões, no Centro de Tradições Gaúchas Tropilha Farrapa, de Lajeado. O vice-presidente artístico do MTG, José Roberto Fischborn, representou a diretoria.

Coordenador: Dalmo Inácio Mayer
Vice coordenador: Marco Bruch

Capataz campeiro: Fabiano Costa Souza
Vice capataz campeiro: Vanderlei Airton Kuhn
Secretário: Vinícius Martins dos Santos
Tesoureiro: José Cláudio Buzatta
Departamento Artistico-cultural: Luce Carmen Mayer
Vices artístico-cultural: Mariele Ferreira, Ângela Hammes Rossetti e Glademir Rossetti, Dolores e Luís dos Santos, Margarete e Jerry Hammes
Departamento jovem: Cesar Augusto Dutra e Veronika Coimbra Machado

Comissão de ética: Catiane Elaine Stoll Bergamaschi, Vilnei Ferreira e Ana Cristina da Costa 
Suplentes: Adriano Francisco dos Santos, Vilmar Markus e Jair da Costa Machado
Conselho Fiscal: Regina Isabel Ferreira Rodrigues, Angélica Coimbra Machado, Fernando Vieira, Marilda Dolores Oliveira, Adroaldo De Franceschi e Roque Mathias Eidelwein
Departamento de filiações: José Adair da Silva
Departamento de Cavalgada: Davi Muskoff

Fonte: Fanpage do MTG

Comissão Estadual dos Festejos Farroupilhas apresentou o tema de 2017

“Farroupilhas: idealistas, revolucionários e fazedores de história” será o tema dos Festejos Farroupilhas de 2017

           A Comissão Estadual dos Festejos Farroupilhas, no 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado de 13 a 15 de janeiro em Bento Gonçalves, apresentou o tema para 2017: “Farroupilhas: idealistas, revolucionários e fazedores de história”.

            Partindo do princípio de que “A História de um povo só poderá ser bem interpretada, conhecendo-se a vida e a obra de seus filhos maiores” (Walter Spalding), tem-se por objetivo homenagear as figuras da Revolução Farroupilha, como Bento Gonçalves da Silva, David Canabarro, Antonio de Souza Netto, Domingos José de Almeida, Giuseppe Garibaldi, José Mariano de Mattos, Afonso Corte Real, José Gomes Vasconcelos Jardim, Onofre Pires, Joaquim Teixeira Nunes, Antônio Vicente da Fontoura e Bento Manuel Ribeiro, entre outros.

            Com a extinção do IGTF – Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, haverá necessidade de recomposição da comissão estadual e o MTG adotará medidas para cumprir a sua parte e o que estabelece a Carta de Princípios, especialmente o item XXIII: “Comemorar e respeitar as datas, efemérides e vultos nacionais e, particularmente o dia 20 de setembro, como data máxima do Rio Grande do Sul”.

Presidente do MTG esteve presente na posse da 9ªRT

           A nova equipe de trabalho da 9ª Região Tradicionalista realizou sua solenidade de posse na noite de 18 de janeiro no CTG Tropeiro Velho, em Panambi. Na ocasião, o presidente do MTG, Nairo Callegaro, marcou presença. Confira a nominata completa da nova equipe de trabalho:

Coordenador: Jorge Luis Kersting Malheiros
Vice-coordenadora: Viviam Nunes da Silva

Conselho de Vaqueanos 
Titulares: Carlos Eduardo da Silva, Francisco Pereira da Costa, Luis Fernando Dias, Carla Farias de Moura e Rodrigo Petri Cereser
Suplentes: Jose Carlos da Luz, Ciro João Winck, João Batista Culau Dobler, Roberto de Souza Barbosa e Assis Brasil Netto Portella

Conselho de Ética
Titulares: Fernando Daniel Schneider, José Mauro da Rosa Pigatto, Marcus André Pizolotto
Suplentes: Elio Leonel Soares, Sergio Andrade e Blair Odaisa Carvalho

Responsável Jurídico: Sergio Andrade
Agregados das falas: Djalma Menezes e Kettlen Pedroso
Secretária Geral: Tiele Freitas de Chagas
Secretárias (atas): Cristiana Stein, Juliana Aparecida Messerschmidt e Ana Lúcia Freitas da Rosa Silva
Tesoureiro: Juliana Quevedo, Fabiane Plegge e Ângela Denise Malheiros
Departamento Campeiro: Valdoir Peixoto de Moraes, Rodrigo Petri Cereser, Jose Carlos, Marco Pizzoloto e Marco Tulio
Subdepartamento de Cavalgadas: João Pedro dos Santos Neto e Sergio Neuberguer
Coordenador do Truco: Ricardo Dias
Departamento de Esportes: Valdoir Peixoto de Moraes, Claudio Uliana, Airton Maçalai e Jose Carlos da Luz
Departamento Jovem: Camila Briato da Silva, Kettlen Pedroso, Eloir Junior, Alison Jorge Melo Fernandes e Marceli Valério
Departamento Artístico: Fabio Breitembach Ball e Ana Claudia
Departamento de Comunicação: Tiele Freitas Chagas e Ana Claudia
Conselheiros MTG: Carlos Eduardo Silva e Elenir de Fátima Dill Winck

Departamento Cultural
Diretor: Djalma e Suzana Menezes
Coordenadores de concursos: Ana Lúcia Freitas da Rosa Silva, Lucia de Oliveira Andrade e Ana Lucia da Luz Mazzardo
Coordenadores de prendas e peões: Elton e Rose Jardim

Fonte: Fanpage do MTG

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Vem aí a Festa Nacional do Churrasco e o Rodeio de Lagoa Vermelha


E nós estaremos palestrando em Lago Vermelha nos dias 25 e 26 de janeiro.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Carlos Moser tomará posse em Campo Bom

           O Coordenador Regional da 30ª RT do MTG/RS, Carlos Alberto Moser, tomou posse por ocasião do 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, no dia 15 de janeiro, na cidade de Bento Gonçalves.

           A posse na 30ª RT do MTG/RS esta agendada para o dia 08 de fevereiro, no CTG Campo Verd,e na cidade de Campo Bom. Juntamente com o Coordenador Regional foram empossados, no Conselho Diretor do MTG/RS, os tradicionalistas Adão Celir Garcia da Motta, do CTG Porteira Velha, de Novo Hamburgo e Alberto Antonio Ferreira, do  CTG M'Borore,  de Campo Bom.

Nairo Callegaro reeleito para presidência do MTG

           O engenheiro civil Nairo Callegaro, da chapa ‘De mãos dadas’, foi reeleito para a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho, gestão 2017. A votação foi realizada durante o 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado em Bento Gonçalves em parceria com a Prefeitura Municipal e 11ª Região Tradicionalista, com 334 votos favoráveis e 36 contrários, totalizando 370 votos.

           Como vice-presidente Administrativo e Financeiro assumirá Elenir Winck. A vice-presidência de Cultura estará a cargo de Anijane Varella. Na vice-presidência artística atuará José Roberto Fischborn e na Campeira, José Araujo da Silva. Como vice-presidente de Esportes Campeiros assumirá Martin Guterres Damasco e como vice-presidente da Fundação Cultural Gaúcha assumirá Vitor Hugo Pochmann.

           Em seu pronunciamento de posse Callegaro relembrou as dificuldades de 2016, que atingiram toda sociedade e também o MTG, enfatizando que a entidade soube buscar caminhos e soluções. O ano que inicia o presidente classificou como desafiador e conclamou a todos a não usarem mais palavras e expressões como eu, minha coordenadoria, minha região, minha vice-presidência. “Vamos usar nós, nós da diretoria, nós do conselho diretor, nós os coordenadores”. 

           Lembrando que aos 20 anos de idade foi secretário geral do MTG, Callegaro falou aos jovens, solicitando que continuem participando da entidade. ‘Pensem em soluções. Se não deu certo, será aprendizado. E escrevam essas soluções, para que fiquem registradas para a história’, afirmou.

          Ainda em seu pronunciamento o presidente elogiou o 65º Congresso, na sua opinião um dos melhores já realizados. ‘Voltamos a pensar e a discutir questões fundamentais do Movimento e essa semente só está germinando porque anteriormente foi plantada em solo fértil’. 

Luiz Henrique Lamaison, tomará posse na 1ªRT, dia 26, quinta-feira



         Se alguém tinha alguma dúvida quanto à experiencia de Luiz Henrique Lamaison deveria conversar com Dinara Xavier da Paixão, colega de Luiz no CTG Querencia da Serra,em Cruz Alta, de onde tantos talentos saíram para o Rio Grande. 

           Aos 54 anos, depois de muitas vezes defender as cores do CTG Laço da Querencia, do Clube do Professor Gaúcho, Luiz Henrique assume a 1ª Região Tradicionalista: "Planejamento para nossa gestão é desburocratizar a emissão dos cartões tradicionalista, uma maior aproximação dos patrões com a região, dinamizar e expandir os projetos de todos os departamentos" - disse Lamaison. Além disso tem o desafio pela frente de conseguir que a primeira entidade da região alcance os 200 pontos na lista destaques.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Departamento Jovem do MTG sob nova direção

Eduardo Gusmão e Kelvyn Krug assumiram a função
     Desde o final de semana, quando ocorreu a eleição no 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, em Bento Gonçalves, o Departamento Jovem Central, do MTG, está sob nova direção. Os jovens Eduardo Gusmão Bittencourt, do CTG Prenda Minha, da cidade de Bagé, e o jovem Kelvyn Krug, do CTG Felipe Portinho, de Marau assumiram as rédeas do departamento. 

      "Desde a metade de 2016, tive a vontade de, na próxima gestão, estar a frente do departamento jovem, pois sei que tenho muito a contribuir com ideias e ideais para com a nossa juventude. Para isso, convidei um grande amigo de Bagé, o peão Eduardo Gusmão, o famoso "Bergamota", para montarmos uma chapa para a Diretoria do Departamento Jovem Central do MTG. Convite que foi aceito, após analisarmos que nossas ideias para melhorar e ampliar a visibilidade nossa cultura e principalmente a imagem do jovem, eram as mesmas" - escreveu Krug, em seu facebook oficial no final do ano passado.

      Ao acompanha-los, durante suas gestões de Peão Farroupilha de suas Regiões (7ª e 18ª), foi possível constatar o grande carisma que eles tem com outros jovens. O "Bergamota", como é conhecido o Eduardo Gusmão, está sempre cercado de amigos e, com eles, revolucionaram a cultura em uma região que se via abandonada pelo trabalho coletivo. Essa geração conseguiu resgatar isso.

      Pelo que fizeram em suas regiões e pelo que sei que podem fazer pelo estado, tenho certeza que os jovens votaram bem e votaram certo. Parabéns Berga e Kelvyn... sucesso na gestão.

O Congresso Tradicionalista - Por Leandro Berlesi

      E foi assim que tudo começou...
      É. Foi o 65º Congresso Tradicionalista. Mas o nosso primeiro.
      Como não chamar de ausência, desinteresse, apatia.
      Mas certamente não foi por falta de vontade. Mas o próprio envolvimento com o tradicionalismo, muitas vezes nos impediu de fazer parte e ajudar a construir o modelo de Movimento que achamos mais próximo do ideal para a maioria.
      Foram momentos e emoções singulares.
      Quem vive do microfone, treme a mão ( e a perna) ao falar num evento desses.
      Principalmente quando na plateia nós temos legendas do tradicionalismo, como o presidente Nairo, de simplicidade e clareza admiráveis, o Helio Ferreira, que faz parte da história do movimento e mostrou-se solícito e parceiro em nossos anseios.
      E claro, nosso comandante Manoelito Carlos Savaris, nosso professor nessa nova empreitada.
      Não há como agradecer em palavras a acolhida e a orientação que recebemos desse grande tradicionalista.
      Esperamos retribuir com ações. Trabalhando duro para construirmos juntos o que considerarmos ser o melhor para o Movimento.
      Obrigado aos amigos e parceiros Rogério Bastos , Lucas Malheiros, Alexandre Brunetto , João Lucas Cirne, e nosso "vaqueano" José Roberto Fischborn.
      Que seja o primeiro de muitos.
      E o debate já começou.

MTG realizou o 65º Congresso Tradicionalista, em Bento Gonçalves

             Mais um grande evento tradicionalista organizado no Rio Grande do Sul pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho que obteve grande sucesso. As atividades começaram na sexta-feira, dia 13, quando, na sessão preparatória, o Presidente do MTG, Nairioli Calegaro, indicou à plenária, para presidir o Congresso, Odila Paese Savaris. Como primeiro Vice-presidente Vorni Prestes e, como segundo, indicado pela Comissão Executiva, Claudiomiro Dias.  Apresentou ainda, a Secretária Geral, indicada pelo Conselho Diretor do MTG, Iara Vanice Rott e, como Relator Geral, Airto Glademir Toniazzo Timm.




             Na noite de sexta, foi o momento da abertura oficial. Formaram a mesa de honra as seguintes autoridades: Nairioli Antunes Callegaro, Presidente do MTG-RS, João Ermelino de Mello, Presidente da CBTG, Evandro Soares, Secretario de Cultura, representando o Prefeito Municipal de Bento Gonçalves, Marciano Dalpizol, Gerente da Corsan de Bento Gonçalves, Pompeo de Mattos, Deputado Federal, Volnei Cristofoli, representando o Presidente do Poder Legislativo de Bento Gonçalves, Odila Paese Savaris, Presidente do 65º Congresso Tradicionalista, Gilmar Machado, Presidente da Comissão Executiva do 65º Congresso Tradicionalista, Luiz Carlos Rigon, Coordenador da 11ª. Região Tradicionalista, Antenor Rizzi, Patrão do CTG Laço Velho, o jovem Diego Andrade, Peão Farroupilha do RS, a senhorita Roberta Jacinto, 1ª Prenda do RS e Roberto Basso, Presidente do MTG do Mato Grosso.




 Tema anual 2017 do MTG: 

“Resgatando os legados de 47-70 anos da chama crioula e do grupo dos 8”

            Paixão Cortes, no ano em que completa 90 anos, será homenageado pelos tradicionalistas com o tema proposto por Hélio Ferreira. O proponente afirmou, em sua defesa, que resgatar o legado de 47 e, do grupo dos oito, que deram início a tudo, e através do que aqueles jovens realizaram no colégio Júlio de Castilhos, em 1947, que o Movimento perdura por 50 anos. Destacou ainda, o fato de que hoje Paixão Cortes estar entre nós. “Será que ele estará conosco daqui a dez ou vinte anos? Será que o mesmo terá a oportunidade de ser homenageado, para ser ouvido e reverenciado?” – disse hélio Ferreira, usando estas perguntas como apelo para a aprovação da proposta que concorria com mais duas. A proposição foi a vencedora.



 Tese para reflexão: “A ideologia do tradicionalismo gaúcho”

            Manoelito Savaris  apresentou um documento que leva o nome de “reflexão e ideologia”, que é fruto de debates realizados em reuniões do Conselho Diretor do MTG e que ele se comprometeu a colocar no papel para que os Patrões de entidades e Coordenadores Regionais tenham como base para decisões necessárias. É documento extenso e pode ser encontrado no site do MTG. 
            Savaris iniciou com algumas considerações preliminares e que, uma das primeiras coisas, foi que no século XX, os jovens tomaram uma atitude de reação a invasão cultural, especialmente a norte-americana. Os jovens reagiram a essa invasão, resgatando elementos fundamentais para a preservação da cultura tradicional do RS. Afirmou que uma coisa fundamental a ser dita é que a evolução é da essência das entidades, que movimento é mudança e aponta par ao futuro. 

            A segunda parte do trabalho aborda, especialmente, baseada nas teses que temos em nossa literatura tradicionalista sobre fundamentos e objetivos, que é a carta de princípios e os estatutos. Documentos que nos dão a direção para onde iremos. “Simplicidade. Nós somos simples, pois o gaúcho é simples no jeito de vestir, de se comportar, em nossos galpões” - disse Savaris. “Tradicionalidade. Nós somos tradicionais, acima de tudo. 
             Tradicionalista é aquele que usa a tradição como seu rumo, como seu norte, mas a tradição que é o legado, os valores princípios e costumes dos antepassados, o que tem valor para mim e para o meus filhos” - concluiu. 
E, finalmente, o voluntariado. De forma graciosa, sem esperar retorno, somente a satisfação de fazer algo pelo todo e que atinge 95% dos participantes do Movimento. Fez ainda, uma analise do momento atual do Movimento, que tem duas grandes áreas que apresentam conflitos. Na área campeira, que afeta a questão da tradicionalidade, especialmente na questão da pilcha. E na área artística, na questão da indumentária, cujo problema é o não uso, principalmente, em rodeio gaúcho, onde, no domingo, somente estão pilchados os que ainda não subiram ao palco. “Na campeira o laçador não tira a bombacha, na artística sim, por quê?” – perguntou Savaris. Afirma que os dirigentes não tomam atitude para não se indispor com os participantes. 

             “Temos questões competitivas, pois levaram a quase profissionalização em algumas áreas. Voluntariado ali quase não existe mais. Laçadores voluntários quase não existem, também. Os laçadores somente se interessam pelos prêmios e, quem faz isso, somos nós. Na portaria que passa a sede deste congresso, por exemplo, diz o seguinte: “Por tratar-se de um evento amador....” ou seja, são eventos amadores. Perguntamos: todos são amadores? Especialmente os músicos, instrutores, avaliadores são amadores? Queremos ser amadores ou profissionais, nós temos que dizer isso. Ou queremos que o Enart não seja amador. Diz que os profissionais estão prestando seu serviço da melhor forma, nós é que temos que dizer o que queremos. Disse ser contrário ao uso do cd nos grupos de dança, pois, do jeito que está como vou criticar quem dança com esse recurso? Se contratar músicos se torna muito caro. Precisamos parar e questionar. Para projetar o futuro, esse modelo que nós temos é o que nos interessa”- concluiu. 
              Savaris falou ainda, do domínio dos instrutores dentro dos CTGs. Isso acontece porque o patrão é um voluntário que, pressionado pela gurizada e pelos pais desses jovens, fica contra a parede. Ou se submete à pressão ou fica sozinho, porque o instrutor pega todo mundo e vai embora, para outra entidade. São  impostas condições, as quais sempre são de custo elevado, ficando, muitas vezes, para a entidade quitar. Essas são as consequências paralelas. Cada vez mais as entidades do interior não conseguem manter grupos adultos para fazer frente aos custos de avaliação. A planilha da dança foi encarada da forma que “um comum não entende, só especialistas podem entender”. As demais planilhas, de outras modalidades artísticas, também estão iguais. Se alguém subir no palco e cantar musica do Gildo é ultimo lugar garantido. Por quê isso? Nós somos um” the voice”, ou uma entidade tradicionalista? Essas são as reflexões que devemos ter a coragem de repensar essas questões.








Tema quinquenal, com o título “Projeto Social MTG – Voluntariado”, da autoria da diretoria do MTG

           O tema será trabalhado ao longo de cinco anos e deverá ser desenvolvido em todo âmbito do movimento, com o objetivo primordial em nossos valores fundamentais. O Presidente Nairo manifestou-se em defesa da proposiçãoe apresentou o projeto para o tema quinquenal expondo diversas justificativas para que o mesmo seja implementado. Disse que gostaria de ver todos aqueles que se manifestaram no congresso de bento serem multiplicadores do verdadeiro voluntariado, sem esperar benefício algum. 

          Nairo questionou quem de fato é voluntário, qualificando os adjetivos do mesmo. Que essa proposta vem tentar despertar a consciência das pessoas para o verdadeiro voluntariado. Disse que praticar o bem pelas vontades coletivas é simples e este deve ser o verdadeiro norteador. "Ser voluntário é querer fazer. A sociedade tradicionalista precisa muito disso" - concluiu. 

          O Conselheiro Vaqueano, Manoelito Savaris, manifestou-se parabenizando a diretoria do MTG pelo tema proposto. Afirmou que a questão do voluntariado é uma questão complexa, pois todos, sempre tem algum tipo de interesse. Disse que quando estabelecemos os temas, temos que andar juntos com ele. "Temos que detectar exatamente onde está o problema e quem são os “não voluntários” do nosso meio, com clareza. Acredita que a diretoria vai fazer isso. Afirmou ser favorável ao tema proposto, e que entende que de imediato tem que ser divulgado onde está o problema, para atacar o foco correto" - concluiu Savaris. A proposta foi aprovada por unanimidade. A Presidente do Congresso, Odila Savaris, afirmou que o temática será trabalhada nos próximos cinco anos como tema quinquenal, ou seja, de 2017 a 2021.







            Foram eleitos, como diretor do departamento Jovem do MTG, Kelvyn Krug e como vice-diretor Eduardo Gusmão. Ainda, foram eleitos os diretores da primeira inter-regional, as jovens Maria Borges Antunes e Amanda Cabral Damásio, os representantes do departamento jovem da segunda inter-regional, Marco Saldanha e Diana Ribeiro. Os jovens Marina Mayer e André Barreto representando a terceira inter-regional e, ainda, Alessandra Hoppen e Arthur Paganella como diretores da quarta inter-regional.

A solidariedade dos tradicionalistas: Muitas doações, inclusive dos caminhões para pegar os donativos








Diretoria eleita no 65º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado na cidade de Bento Gonçalves, 11ªRT:
Presidente – Nairioli Antunes Callegaro 
Vice-presidente de Administração e Finanças – Elenir De Fátima Dill Winck 
Vice-presidente de Cultura: Anijane Luiz Varela 
Vice-presidente Campeiro – José Alvoni Araújo Silva 
Vice-presidente Artístico - José Roberto Fischborn 
Vice-presidente de Esportes Campeiros – Martim Guterres Damasco 
Secretário Geral – Nilton Otton 
Tesoureiro Geral - Gerson Luiz Ludwig
Vice-Presidente da Fundação Cultural Gaúcha - MTG – Vitor Hugo Pochmann
Agora as coordenadorias regionais possuem 7 Mulheres no poder. "A Coordenadoria das Sete Mulheres"

 Tomaram posse os novos Coordenadores Regionais




Tema dos Festejos Farroupilhas 2017 - “FARROUPILHAS: IDEALISTAS, REVOLUCIONÁRIOS e FAZEDORES DA HISTÓRIA”

RESPONSABILIDADES
      É uma competência da Comissão Estadual dos Festejos Farroupilhas.
O MTG integra a Comissão Estadual que é presidida, neste momento, pelo presidente do IGTF. O Presidente do MTG é o vice da Comissão.

JUSTIFICATIVA
      A intenção de homenagear as figuras da Revolução Farroupilha é feita com o objetivo de revigorar o sentimento de amor à terra, de dedicação e de desprendimento que caracterizou aqueles bravos que lutaram e emprobreceram por uma causa, por um ideal.

NOSSOS HERÓIS
      Bento Gonçalves da Silva, David Canabarro, Antonio de Souza Netto, Domingos José de Almeida, Giuseppe Garibaldi, José Mariano de Mattos, Afonso Corte Real, José Gomes Vasconcelos Jardim, Onofre Pires, Joaquim Teixeira Nunes, Antônio Vicente da Fontoura e Bento Manuel Ribeiro, entre outros.