quarta-feira, 29 de junho de 2016

Nós de Lenços do Gaúcho


Hoje é dia de São Pedro, padroeiro do Rio Grande

      São Pedro e São Paulo
Paula Simon Ribeiro  

           A solenidade para São Pedro e São Paulo (apóstolos e mártires) é uma das
mais antigas e solenes do ano litúrgico. Desde o século IV havia o costume de celebrar neste dia três missas solenes, a primeira na Basílica de São Pedro no Vaticano, a segunda na Basílica de São Paulo fora dos Muros, e a terceira nas catacumbas de São Sebastião, onde as relíquias dos dois apóstolos ficaram guardadas por muitos anos para que não fossem profanadas.

           Alguns estudiosos do assunto consideram que esta devoção seja a cristianização de celebração pagã dedicada a Rômulo e Remo, os dois mitos fundadores de Roma, que teriam sido amamentados por uma loba. São considerados pela igreja os pais da Roma cristã e um antigo hino religioso os define como tal.

            Não há um consenso sobre a época exata da morte destes santos, mas a história coloca o fato entre os anos 64 e 67 da era cristã.
Para o folclore festeja-se São Pedro como o chaveiro do céu e protetor dos pescadores, dos marinheiros e das viúvas. É festejado com procissões em terra e na água.

           Seu símbolo litúrgico é uma chave e a sabedoria popular diz que para entrar no céu somente pela intercessão deste São Pedro.

           Diz-se que era pescador e que um dia estando pronto para exercer seu oficio encontrou Jesus Cristo que o convidou para segui-lo e ser um "pescador de almas". Pedro o seguiu mudando o rumo de sua vida. Antes da Ascenção, ou seja, antes de subir aos céus Jesus o nomeou chefe da Igreja e comparando os homens com um rebanho, mandou que Pedro cuidasse de todas as ovelhas e cordeiros. Assim foi feito, tornando-se Pedro o primeiro Papa da Igreja Católica. Foi um dos discípulos mais estimados de Jesus Cristo e todos os papas até o momento atual o sucederam.

           É prestigiado como padroeiro do Estado no Rio Grande do Sul.
São Paulo - Saulo de Tarso da Silícia também foi um dos apóstolos de Jesus. Antes de se converter ao cristianismo perseguiu e matou cristãos, até que a caminho de Damasco teve uma visão, Jesus em meio a intensa luz lhe perguntou: "Paulo por que me persegues?" A emoção e a claridade o cegaram por três dias, quando recuperou a visão converteu-se ao cristianismo e seguiu o Mestre pregando a palavra de Deus.

         Foi martirizado e morto, seu corpo foi colocado na mesma catacumba ao lado de São Pedro. É o menos festejado dos santos de junho.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Assembleia Gaúcha homenageia Prendas e Peões do RS e os 50 anos do MTG

           Foi na tarde desta segunda feira, 27 de junho, que a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, através de sua  presidente, Deputada Silvana Covatti, homenageou o grupo de prendas e peões do estado, recentemente eleitos em seus concursos.
           Contando com a presença dos 18 jovens graduados em suas respectivas categorias, com o Presidente do MTG, Nairo Callegaro, e uma grande plateia, a cerimonialista Liliana Cardoso chamou um a um deles para receber as merecidas homenagens.
1ª Prenda do RS - Roberta Barbosa Rodrigues Jacinto - CTG Prenda Minha - Bagé
2ª Prenda do RS - Luíse Moraes - CTG Piquete da Querência - São José do Ouro
3ª Prenda do RS - Carolina Amaral Ehlert - CTG Querência Crioula - Giruá


1ª Prenda Juvenil do RS - Giovana Pertuzatti Rossato - CTG Rodeio da Querência - Frederico Westphalen
2ª Prenda Juvenil do RS - Dayala Marina Ubessi Streit- CTG Rancho dos Tropeiros - Ibirubá
3ª Prenda Juvenil do RS - Luana Rachel Wojciechowski - CTG Os Legalistas - Santo Ângelo
 

1ª Prenda Mirim do RS - Nicoly Cimento    CTG Sentinelas do Pago - Marau
2ª Prenda Mirim do RS - Ana Luísa Antoniolli - CTG Retorno à Querência - Nova Prata
3ª Prenda Mirim do RS - Isabella Nunes da Silva - CTG Estância da Serra - Osório 

1º Peão - Diego De Azevedo Andrade - DTG Lauro Rodrigues - São Sebastião do Caí
2º Peão - Guilherme Felipe Milanesi Callegaro - DTG Noel Guarany - Santa Maria
3º Peão - Lucas Almeida De Oliveira - DTG Berço Farroupilha - Guaíba


 1º Guri - Bryan Leal de Melo - Ctg Galpão de Estância - São Luiz Gonzaga
2º Guri - Ramiro Grethe Bregles - Ctg Galpão da Boa Vontade - Palmeira Das Missões
3º Guri - Felipe Braga Nunes - Centro Farroupilha de Tradições Gaúchas - Alegrete




1º Piá - Guilherme Ribeiro Rossi - CTG Amizade De Vascos Alves - Alegrete
2º Piá - Miguel Augusto Bertani Gomes - CTG Retorno a Querência - Nova Prata
3º Piá - Lucas Nunes Ferreira - CTG Chama Nativa - Esteio

           Em suas manifestações Roberta e Diego, representando seus pares, agradeceram o reconhecimento do parlamento gaúcho quanto a força da juventude tradicionalista e a conquista do sonhos daqueles que se dedicam à preservação da cultura e das tradições do estado.
            O Presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho, Nairo Callegaro, agradeceu a deferencia da Assembleia Gaúcha, destacou a preocupação que o tradicionalismo orgnizado tem de preservar aquilo que foi legado por pessoas que iniciaram todo processo há 50 anos atrás.
             A Presidente da Assembleia, Silvana Covatti, elogiou os jovens, as suas atividades, e disse saber muito bem a importancia que o tradicionalismo gaúcho tem na vida das crianças. "Meus filhos se criaram em um CTG, conheci e namorei meu marido, o Deputado Covatti, em um CTG. Lá dentro a criação é outra. É uma parte importante da sociedade que prepara o cidadão, que ensina e agrega valores" - concluiu a 1ª mulher a presidir a assembleia, em 180 de legislaturas.
            O MTG recebeu uma placa pela passagem dos seus 50 anos das mãos da Presidente.

             Um grande encontro com todos os titulados estaduais foi promovido pela Assembleia Legislativa do estado. A Presidente Silvana Covatti fez questão de ressaltar a importância que teve Liliana Cardoso, que além de grande declamadora, é uma grande tradicionalista e com seu conhecimento consegue colocar em pauta e auxiliar em eventos como este.



sábado, 25 de junho de 2016

No ano que completa 15 anos Eco da Tradição é homenageado pela EPC


MTG prestigia 60º Rodeio de Poetas da Estancia da Poesia Crioula

           A Estância da Poesia Crioula é uma confraria de excelência e carrega o condão de aglutinar, ao longo dos tempos, os vultos mais destacados da literatura gauchesca. A ela estão associados os maiores vates da cultura regional, mantendo a qualidade estética que caracteriza, há décadas, os versos e a prosa Rio-Grandense. 
           Prestigiaram o evento, além do Presidente da Estância da Poesia Crioula, Wilson Tubino, o Presidente do MTG, Nairo Callegaro, o Presidente do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, Vinicius Brum, e João Rocha, Gerente Sócio Educativo da Fundação Pão dos Pobres e dezenas de apreciadores da poesia gaúcha.
            É tradição, em cada Rodeio de Poetas Crioulos, um poeta ser homenageado como Patrono e neste ano de 2016, quando a Academia Xucra comemora 59 anos de fundação, esta láurea coube ao saudoso poeta e sócio Co-fundador, Dimas Noguês Costa, que era popularmente conhecido como Xirú Divertido.
            A Estância da Poesia Crioula tem desenvolvido projetos culturais significativos no cenário literário, com participações de escritores a nível estadual, nacional e internacional, o que demonstra a credibilidade da instituição e o compromisso em continuar promovendo e reconhecendo aqueles que fazem da cultura uma bandeira. Desta forma, organizou o Concurso Literário de Poesia Simões Lopes Neto, dentro do bienio Simoniano, em homenagem aos 150 anos de nascimento e 100 anos da morte do ilustre escritor.
            O evento contou com a colaboração da Academia Rio-Grandense de Letras na avaliação dos trabalhos, representada pelos ilustres acadêmicos Avelino Alexandre Collet, Sérgio Augusto Pereira e Rafael Bán Jacobsen, o que garante a lisura e credibilidade no resultado final do certame.
            A premiação ocorrerá na manhã do dia 26 de junho, domingo, em almoço festivo, seguido de tertúlia artística, na Churrascaria Estrela Gaúcha.
 Os premiados do Concurso Simões Lopes Neto são:
1º Lugar - Poema: João Simões Lopes Neto
Autor: Evilácio Barbosa Saldanha, Porto Alegre/RS
2º Lugar - Poema: Epopéia Simoniana
Autor: Carlos Eugênio Costa, Pelotas/RS
3º Lugar - Poema: O Negrinho do Pastoreio
Autor: Nei Garcez, Curitiba/PR
Menção Honrosa - Poema: Negrinho das Preces
Autor: Marcelo Coelho da Silva, Porto Alegre/RS
Menção Honrosa - Poema: Pajada a Dom Simões
Autor: Bruno Alfonso Benedetti, Espumoso/RS
Menção Honrosa - Poema: Um chasque a João Simões
Autor: Otávio Reichert, Santo Ângelo/RS
Menção Honrosa - Poema: João Simões Lopes Neto
Autor: Sued Macedo, Porto Alegre/RS
Menção Honrosa - Poema: A Teiniaguá
Autor: Álvaro Santi, Porto Alegre/RS
Menção Honrosa - Poema: Tributo a João do Sul
Autor: Luiz Onério Pereira, Cruz Alta/RS
Menção Honrosa - Poema: Do pampa para o mundo
Autor: Denise Beatriz da Silva Reis, Santa Maria/RS
           Agraciados com o Troféu Honra ao Mérito por sua colaboração na gestão 2014/2016 são:
Academia Rio-Grandense de Letras – Através de seu Presidente, Avelino Collet;
Asof – Através de seu Presidente, Coronel Marcelo Gomes Frota;
Vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre, Bernardino Vendruscolo, Jussara Cony e João Carlos Nedel;
Blog do Léo Ribeiro de Souza, um veículo voltado à cultura gaúcha;
Colégio Militar, através de seu Comandante, José Herculano Azambuja Junior;
CTG Juca Ruivo, de Maravilha/SC,
Movimento Tradicionalista Gaúcho, pelo Presidente, Nairo Calegaro
Fundação Pão dos Pobres, por João Rocha, Gerente Sócio Educativo
Galpão da Poesia Crioula de Santa Maria; AMBEP, Gboex;
Heraldo Carvalho – O Xirú do Parque, Guardião da Sesmaria do Infinito;
Instituto Gaucho de Tradição e Folclore – Através de seu Presidente, Vinicius Brum;
Jornal Eco da Tradição – Através de seu Diretor de Redação, Rogério Bastos;
A Cantora e Radialista da Rádio Guaíba, apresentadora do programa “Nos Quadrantes do Sul”, Maria Luiza Benitez;
Marilene Huff, Sócia Colaboradora e fotógrafa oficial da EPC;
Martins Livreiro Editora, através de sua Diretora Márcia Martins;
Piquete Fraternidade Gaúcha, por seu Patrão Paulo Moreira;
SECRASO, por seu Presidente, Ronio Angelo Ferrari;
UBT, por seu Presidente, Flávio Stefani;
35 CTG através de sua Patroa, Gleyce Borges;
A composição da nova diretoria eleita para o biênio 2016/2018 da EPC:

Presidente: UBIRAJARA ANCHIETA RODRIGUES
Vice-Presidente : CESAR TOMAZZINI LISCANO
1º Secretário : LÉO RIBEIRO DE SOUZA
2º Secretário: CANDIDO BRASIL
1º Tesoureiro: PAULO ROBERTO DE FRAGA CIRNE
2º Tesoureiro: PAULO ZENI ARAUJO
Conselho deliberativo -  Titulares: 
DARCI EVERTON D’ARGEN
 JUAREZ FONTANA MIRANDA
 CARLOS HOMRICH
 Suplente: JUREMA CHAVES
         
Conselho fiscal – Titulares:
DILMAR XAVIER DA PAIXÃO
ALBENI CARMO DE OLIVEIRA
LÚCIA BARCELLOS
Suplente:  DANCI RAMOS

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Hoje é dia de São João - 24 de junho

SANTOS PADROEIROS DE JUNHO

           As verdadeiras festas juninas no Rio Grande do Sul estão ligadas ao solstício de inverno e são festas importantes no calendário gaúcho, com grande significado, porque mobilizam as comunidades que, de certa forma, evidenciam suas devoções e aproveitam tais momentos para grande congraçamento social. Em muitos rincões do Estado, principalmente no ambiente simples do nosso homem do campo, as festas de maior significado na comunidade continuam sendo as comemorações dos Santos Padroeiros.

          Os Santos Padroeiros do Ciclo Junino são comemoradas de formas distintas nas seguintes datas do mês de junho: 13 – Santo Antônio; 24 – São João; 29 – São Paulo e São Pedro. Conforme orientações da Igreja Católica, os “santos devem ser cultuados na igreja, de acordo com a tradição, pois as Festas dos Santos Juninos pregam as maravilhas de Cristo operadas em seus servos e mostram os exemplos a serem seguidos”.

          Os presságios (sortes e crendices) caracterizam as festas juninas, geralmente versam sobre casamento, amor, felicidade, viagens ou mortes. Estas adivinhações, ainda vigentes no Rio Grande do Sul, são reminiscências vivas, indiscutíveis e verdadeiras dos cultos agrários em convergência para uma tradição cristã.

Hoje é dia de São João

           É a festa junina mais popular no Estado, com os gaúchos acendendo fogueiras em incontáveis municípios. São João é o santo mais festejado socialmente no Rio Grande do Sul e em todo o Brasil, também é considerado o santo protetor / padroeiro das mulheres grávidas. É comemorado no dia 24 de junho, com fogueiras acesas em todos os rincões para recordar o seu nascimento. São João Batista era primo de Jesus Cristo. Segundo a crença popular, era um pregador intolerante e áspero. No entanto, São João é cultuado pelo povo como um santo amável, alegre e festeiro. 

           Conta a lenda que “Santa Izabel, mãe de São João era prima da Virgem Maria. São João não havia nascido ainda, mas era esperado. Ora, Santa Isabel prometeu à Virgem avisá-la logo que criança nascesse. As duas casas não eram muito distantes, de modo que de uma se avistava a outra, com um pouco de esforço. 

           Numa noite bonita, de céu estrelado, São João veio ao mundo. Para avisar a Virgem, Santa Isabel mandou erguer, na porta de sua casa, um mastro e acendeu uma fogueira que o iluminava. Era o aviso combinado. 

           A Virgem Maria correu logo a visitar a prima. Levou-lhe de presente uma capelinha, um feixe de folhas secas e folhas perfumadas para a caminha do recém –nascido”. 
(lenda sem fundamentação da Bíblia católica) 

           E desde essa época, São João é festejado com mastro, fogueira e capelinha, que lembram o seu nascimento. 

           A roupa adequada para essa ocasião é a “gauchesca de festa”. A comida é galinha frita, assada ou com arroz, batata-doce, pinhão, preparado de vária maneiras, o amendoim, a pipoca, a cangica, os doces campeiros. Assar churrasco, ainda nas brasas da fogueira, seria um desrespeito ao santo. Bebe-se cachaça, quentão, jacuba ou capilé.

CRENDICES DE SÃO JOÃO

           Na noite de São João é comum a execução de “provas”, que, na maioria das vezes, versam sobre o namoro e o casamento, podendo também dar pistas sobre viagens e mortes. Citamos algumas: 

1-Água na boca: encher a boca de água e colocar-se atrás da porta da rua. O primeiro nome que for ouvido, indica ser o(a) futuro(a) pretendente. 

2-Dentes de alho: plantar três dentes de alho, cada um com o nome de um(a) pretendente. O primeiro que brotar indicará o nome do futuro marido ou esposa. 

3-Faca na bananeira: enterrar uma faca nova no tronco de uma bananeira. Antes de aparecer o sol, retirar a faca e verificar a escrita da inicial do(a) pretendente ou um desenho significativo. 

4-Aliança no fio: colocar água até a metade de um copo. Contar as batidas dadas pela aliança e suspendê-la sobre o copo. Contar as batidas dadas pela aliança nas paredes do copo. Elas indicarão quanto tempo falta para o casamento. 

5-Rolinhos na água: escrever o nome dos(as) pretendentes em pequenos papeizinhos, enrolando-os e deixando um em branco. Colocar os rolinhos numa bacia com água. Pela manhã, verificar qual deles está desenrolado. O nome ali escrito é o do(a) futuro(a) pretendente, se for o em branco, não vai haver casamento. 

6-Feijão indicador de riqueza: colocar três grãos de feijão embaixo do travesseiro. Um descascado, outro descascado pela metade e outro com casca. Pela manhã, pegar um sem olhar. Se for com casca, o(a) noivo(a) será rico; metade descascado, será meio remediado e se for descascado, será pobre. 

7-Tição: retirar da fogueira antes do sol sair e guardar, pois se torna bento. Acendê-lo em dia de tormenta. 

8-Vela: deixá-la no sereno, na noite de São João. Adquire poderes santificados. 

9-Cacimba: ir à frente, enxergar-se na água e depois lavar o rosto, antes do sol nascer. Traz boa saúde. 

10-Fogueira: passar descalço por cima das brasas. Se não queimar os pés é porque não tem pecado, tem alma limpa. 

11-Água: colher água no arroio ou cacimba antes do sol sair e quando cantar o primeiro galo. 
Serve para benzer os cantos da casa por ocasião de tempestade e livrar o gado da peste. 

12-Pega-se um pedaço de papel e pinga-se tinta no centro, logo após dobra-se em quatro partes. A meia-noite abre-se e o desenho formado indicará o futuro da pessoa, tal como viagem, casamento, morte, etc. 

13-Colocam-se, em um prato de sopa com água, duas agulhas virgens. Faz-se um pedido e aguarda-se. Se as agulhas se juntarem, a resposta é afirmativa, se ficarem afastadas é negativa. 

Um ano sem o mestre Nico Fagundes

           Há um ano o Eco da Tradição publicava a passagem do antropólogo e folclorista Antonio Augusto Fagundes, o Nico. Seu legado foi vasto. Na música, no cinema, na poesia, na história, no Movimento Tradicionalista Gaúcho organizado.
            Tantos cursos que fiz com ele, tanto aprendizado durante as cavalgadas do mar.... Um ano já passou. Lembro que fui até o hospital Moinhos de Vento e disse, bem ao lado do ouvido de meu pai, que Nico havia partido. Descansa em paz mestre.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Calendário da PMPA não prevê datas que estão em Lei

          A Prefeitura Municipal de Porto Alegre não está cumprindo suas leis. Isso é o que mostra o calendário oficial de eventos e de datas comemorativas de Porto Alegre que não prevê  a Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula ( Lei nº 11.332/12) e o Rodeio de Poetas Crioulos da Estância da Poesia Crioula (Lei nº  11.413/13). Mas ao mesmo tempo comemoramos o dia do Funk, do Skatista, do Acemista, do Gibi, do orgulho periférico (sabe o que é isso?). E o Rodeio de Poetas tem somente 60 anos....

Nota do Blog do Leo Ribeiro de Souza (Fonte do material):
          Descaso, desorganização, despreparo, desrespeito, enfim, poderíamos tachar este ato da Prefeitura Municipal de Porto Alegre de dezenas de DES... A verdade é que a municipalidade da capital de todos os gaúchos não está nem aí para a cultura. Não sei porque ainda existe uma Secretaria com este nome...

          Vejam, abaixo, uma pequena relação que constam do Calendário de Eventos da Cidade de Porto Alegre, nos meses de junho (quando acontece o Rodeio de Poetas da Estância da Poesia Crioula) e agosto (data da Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula). Inexplicavelmente, estes dois eventos foram extirpados desta briosa relação.    

junho 
De 5 a 13 Semana Municipal do Skatista
Dia 9 Dia do Funk
Dia 10 Dia do Pastor
Dia 21 Dia da Conscientização e Divulgação da Mucoviscidose (Fibrose Cística)
De 21 a 30 Período para Divulgação e Incremento do Consumo do Arroz de Carreteiro e do Charque
Dia 24 Dia Municipal do Gibi João Mottini
Dia 6 Dia do Acemista

agosto 
 Na semana do dia 14 Semana do Orgulho Periférico,
Dia 18 Dia do Imigrante Japonês
Terceiro domingo Dia Municipal do Vizinho
Dia 19 Dia da Visibilidade Lésbica

Esta é a nossa gloriosa Prefeitura Municipal da cidade de Porto Alegre.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Acampamento Farroupilha 2016 divulga cronograma

           A Coordenação de Tradição e Folclore da Secretaria da Cultura de Porto Alegre divulgou nesta segunda-feira, 20, o cronograma do Acampamento Farroupilha 2016. O evento está programado para iniciar dia 7 de setembro com encerramento no dia 20 de setembro. Conforme o coordenador de Tradição e Folclore, Giovani Tubino, as entidades estão convocadas para o dia 4 de julho, para reunião geral, onde será divulgado o regulamento, as regras dos bombeiros e demais esclarecimentos.

Cronograma

04 de julho - 20h - Reunião-geral com acampados para divulgação do Regulamento 2016, regras dos bombeiros e ainda esclarecimentos gerais. Comparecimento obrigatório dos patrões das entidades.
Local: Centro de Eventos Casa do Gaúcho no Parque da Harmonia.
Inscrições

De 11 a 15 de julho - Período de inscrições do Acampamento 2016
Local: Usina do Gasômetro das 9h às 12h e das 13h30 às 17h.

Requisitos para inscrição
1- Alvará do ano anterior, assinado e sem penalidades;
2- Projeto Cultural a ser desenvolvido no evento, com data e horário, impresso e em mídia;
3- Ata atual da Patronagem;
4- Comprovação de filiação a uma associação (1ª RT, Acamparh, Aspergs, MTG), ou então comprovação de CNPJ da entidade;
5- Comprovação de dois integrantes, pelo menos um com curso de prevenção de incêndio com certificado válido.
6- Comprovação de depósito do valor correspondente ao pagamento da conta de energia elétrica.
Para as entidades novas que pretendem espaços no Acampamento Farroupilha 2016, além destes requisitos deve acrescentar a Ata de Fundação da Entidade.

Obs.: Hoje não existem vagas para novas entidades, pois, a Comissão deverá determinar a quantidade de vagas a partir do término do período de inscrições.

Montagem e Desmontagem do Acampamento
Período oficial do evento: de 7até 20 de setembro.
Período de Montagem: de 20 de agosto até 2 de setembro
Vistoria dos Bombeiros: De 2 até 6 de setembro
Período de desmontagem: de 21 até 30 de setembro

Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

Triunfo, com 262 anos de fundação, vive e respira a história da Revolução Farroupilha

            O Movimento Tradicionalista Gaúcho, a 15ª Região Tradicionalista e a Administração Municipal de Triunfo realizam, nos dias 12 e 13 de agosto, o acendimento e distribuição da Chama Crioula deste ano. A cidade de Triunfo foi escolhida para sediar o evento, que é um dos mais importantes do calendário tradicionalista do Estado, por conta de sua relevância histórica, especialmente no episódio da Revolução Farroupilha.

            Em 1752, o Governo Imperial doa a Manoel Gonçalves Meirelles a “Sesmaria da Piedade” que entra para a história como berço do líder maior e comandante da Revolução Farroupilha, Bento Gonçalves da Silva, neto do primeiro sesmeeiro. Além disso, Triunfo foi palco de quatro importantes batalhas, que integram o contexto maior de combates do período farroupilha: Fortaleza, Triunfo, Fanfa e Pontal. Como testemunha desta época, conta com o 2º mais antigo teatro do Estado (1848), a Igreja Nosso Senhor Bom Jesus (1754) e inúmeros casarios, devidamente conservados, onde funcionam várias Secretarias Municipais e Departamentos Públicos.

           A casa onde nasceu Bento Gonçalves da Silva, hoje Museu Farroupilha, o Teatro União, a Igreja do Bom Jesus, o prédio do Império, único existente no Estado, a beleza natural do Rio Jacuí e da Ilha das Pedras, fronteando a Rua dos Plátanos, são alguns dos pontos turísticos à disposição dos visitantes.

          A partir de 1976, Triunfo tornou-se sede do maior complexo petroquímico da América Latina, o III Pólo Petroquímico, que abriga diversas empresas de primeira e segunda gerações, produzindo matérias-primas para a produção de plásticos com todas as suas variações.

         Assim sendo, Triunfo tem o prazer de convidar a todos, para prestigiarem os festejos do Acendimento da Chama Crioula de 2016, onde poderão visitar todos os pontos histórico-turísticos já destacados, vivenciando um clima do passado, no presente.

        Sejam bem-vindos a Triunfo!

 Programação

Dia 12/08/2016 – SEXTA-FEIRA
10h – Geração da Chama Crioula na Ilha do Fanfa – Porto Pedreira.
11h – Cavalgada do Porto Pedreira até a Praça Bento Gonçalves.
14h - Apresentação das Escolas na Praça Bento Gonçalves.
15h - Mateada na Praça Bento Gonçalves.
15h – Ato de homenagem no monumento Cruz das Almas.
15h30 - Recepção à Centelha da Chama Crioula na Praça Bento Gonçalves.
17h – Cavalgada conduzindo a Centelha da Chama Crioula para o Parque Camboatá.
18h30 – Apresentações Artísticas de Invernadas -  Parque Camboatá.
20 h -  Jantar – Parque Camboatá.
20h30 – Show Os Tiarajus
21 h – Show Nativista com Shana Müller– Parque Camboatá.

Dia 13/08/2016 – SÁBADO – PArque Camboatá
07h – Recepção e credenciamento.
08h30min – Abertura da Feira de Artesanato e Exposição de Orquídeas.
09h – Abertura oficial da distribuição da Chama Crioula 2016 e Abertura oficial do Tchê Encontro.
09h30 – Ato solene de distribuição da Chama 2016.
12h – Livre para almoço.
13h30 – Visitação ao Centro Histórico de Triunfo.
16h - Palestra com Manoelito Carlos Savaris.
22h – Fandango com Os Serranos.

Dia 14/08/2016 – DOMINGO – Parque Camboatá
08h – Recepção e credenciamento.
08h30 – Abertura da Feira de Artesanato e Exposição de Orquídeas.
08h30 – Distribuição da Centelha da Chama Crioula 2016.
09h – Apresentação da Banda Municipal.
10h – Missa Crioula.
12h – Livre para almoço.
15h – Chimarrão, Charla e Cantiga



Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

domingo, 19 de junho de 2016

MTG recebe homenagem em São Gabriel pelos 50 anos

            No dia 15 de junho o Poder Legislativo de São Gabriel homenageou aos 50 anos do MTG, e também os 30 anos da Coordenadoria Tradicionalista Municipal. O Proponente foi o vereador Adão Santana.
            Estiveram presentes ao evento  o Presidente do MTG, Nairo Callegaro, acompanhado de sua mãe, dona Maria Edite Callegaro. Estiveram presentes as entidades do município, uma comitiva de Caçapava do Sul, onde participou o ex-presidente do MTG e Conselheiro Vaqueano, Zeno Dias Chaves.
           Prestigiou a homenagem o Conselheiro do MTG, Osvaldo Chaves, o Conselheiro da 18ªRT,  Jose Dias, também a comitiva da Diretoria Regional, com Paula Oliva Bundt, do Departamento Cultural, Patrícia Jacinto e Vitor Benites.
           Queremos agradecer a bela recepção após solenidade no CTG Querência Xucra. Cumprimento o patrão Marcos Hiran Cunha” – disse Gilberto Silveira, Coordenador da 18ªRT.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Incêndio destrói parte do CTG Cancela da Fronteira

            Um incêndio na madrugada desta quarta-feira, dia 15 de junho, destruiu parte do CTG Cancela da Fronteira, da cidade de São Vicente do Sul. De acordo com  Roberto Carlos Pinheiro,  patrão da entidade, o fato ocorreu antes das 5h da manhã e foi causado por vândalos que invadiram o local. Ainda, de acordo com Pinheiro, após uma tentativa frustrada de arrombamento de uma janela do CTG, os bandidos arrombaram uma janela aos fundos, que dá acesso à cozinha e à churrasqueira. De lá furtaram dois botijões de gás e, logo após, atearam fogo em uma pilha de lenha, que causou o incêndio no local.

          Voluntários se reuniu para controlar o fogo enquanto aguardavam pela chegada dos bombeiros. Parte do telhado do CTG foi destruído e mais três peças foram atingidas. Ainda não há suspeitos sobre quem praticou o crime.

Fonte: Rádio São Vicente fm

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Diretor da Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul/MTG conduzirá tocha olímpica em Porto Alegre

           O Secretário Estadual de Turismo do Rio Grande do Sul, Juvir Costella, visitou a sede do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho, na tarde de terça-feira, 14 de junho. O receptivo foi feito pelo Presidente da instituição, Nairo Callegaro, e pelo Diretor da Orcav – Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul, Airto Timm.

          Airto Timm está confirmado pelo Comitê Olímpico como condutor da tocha no dia 7 de julho, em Porto Alegre. Segundo o Secretário Costella, agora avançam as tratativas para que mais cavaleiros possam participar.

           A movimentação para que a tocha olímpica fosse conduzida por cavalarianos no Rio Grande do Sul iniciou há aproximadamente 60 dias. Segundo o Diretor da Orcav, o simbolismo do fogo presente na tocha olímpica também está presente na Chama Crioula, que foi acesa pela primeira vez no Rio Grande do Sul em 1947 e que, tradicionalmente a cada ano, é distribuída em cavalgadas para as 30 regiões tradicionalistas do estado.

          Para o Presidente do MTG, trata-se de uma excelente oportunidade de visibilidade global para a cultura gaúcha.

          No Rio Grande do Sul, a tocha estará de 3 a 9 de julho, e passará por 28 cidades: Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres.

Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa do MTG

terça-feira, 14 de junho de 2016

Centenário da morte de Simões Lopes Neto

          Vivemos na era da informação imediata. Um clique, e o mundo sabe o que pensamos. Essas facilidades nos fazem refletir o quanto temos de possibilidades de fazer as coisas acontecerem em um tempo muito menor que nossos antepassados. Cezimbra Jacques e Simões Lopes Neto contavam com escassos meios de comunicação para a difusão de seus propósitos. Cada um, porém, fez o que pode. Simões pôs-se a pesquisar o folclore, a sabedoria espontânea da sociedade e reuniu centenas de quadrinhas populares em seu “Cancioneiro Guasca”. Depois projetou a cultura folclórica através das “Lendas do Sul”, dos “Contos Gauchescos” e dos “Casos do Romualdo”.
As rodas de mate ao redor do fogo de chão permitiu que as histórias atravessassem o tempo
          Mas havia um problema, que hoje não enfrentamos: a maioria das pessoas não eram letradas, entre outros fatores. Simões chegaria ao fim da vida como um modesto escritor, desconhecido além dos limites de Pelotas. Hoje nosso grande problema é que sabemos ler, isso mesmo, mas não gostamos muito. Simões Lopes ganhou notoriedade “post mortem”, com grande influencia na construção da identidade do povo gaúcho e do folclore de nosso estado.

João Simões Lopes Neto - (Pelotas, 9 de março de 1865 a, 14 de junho de 1916)

Simões Lopes Neto, um poeta moderno, mesmo antes do Modernismo

 
         O contato que teve João Simões Lopes Neto com a vida do campo, o conhecimento da terra e da gente, possibilitou traduzir, com relativa fidelidade, a realidade do homem campesino. Sua obra revela, tanto no plano linguístico como na abordagem de temas, um equilíbrio que o torna merecedor do título de criador do regionalismo gaúcho, já que, transcendendo o mero localismo, JSLN apresenta o gaúcho numa perspectiva universal. Sua obra, embora escrita em tom telúrico, demonstra não só o apego à terra, mas ultrapassa os limites regionais, retratando os  conflitos humanos, que são iguais em qualquer lugar.

          A parte mais significativa de sua obra corresponde à produção de “Contos Gauchescos”, coletânea de dezenove pequenas histórias narradas pelo vaqueano Blau Nunes, “alter ego” do Autor. Nesses contos, SL fixou o mundo rio-grandense com toda a sua oralidade e mitologia.

          Em “Contos Gauchescos”, o protagonista relembra o passado para situar-se no presente: o início do séc. XX, com o campo repartido, a cidade crescendo e a indústria repropondo, em novas bases, o poder do capital. Blau tenta explicar, tanto “as cousas que ele compreendia, como as que eram-lhe vedadas ao singelo entendimento”. Por isso, se espanta e exclama, para e se interroga, interrogando, também, o leitor.

          SL é, portanto, moderno antes do Modernismo, paradoxalmente, pela força do seu apego à tradição, entre outros traços de sua modernidade. Dentre eles, a instituição da figura de dois narradores: um que aparece apresentando Blau e outro que é o próprio Blau narrando seus “causos”. Porém, a questão mais intrigante é outra: onde começa um e termina o outro? Blau entra em cena já a partir do segundo parágrafo ou toda a “apresentação” é do outro, que vem de fora daquele ambiente?

          É através deste clima que o leitor-comum começa a ler como quem entra em uma roda de galpão. Neste sentido, o Autor é muito perspicaz. O leitor não consegue “livrar-se” do que lê, pois sempre quer saber mais e mais. Outro fato bastante relevante é o poder persuasivo da obra, pois tendo os gaúchos estes aspectos telúricos tão enraizados em seu cotidiano, acabam por identificar-se com as histórias e apaixonar-se pelos causos que, na maioria das vezes, chegam a emocionar.

            O Autor não teve reconhecimento na sua época. Viveu em dificuldades financeiras durante toda a vida adulta, herança de uma família aristocrata decadente. Fazia, como ele mesmo denominava, “bicos”, escrevendo matérias para jornais, usando pseudônimos, como “João Felpudo”. Teve peças teatrais (a maioria delas comédias e sátiras) descobertas só a partir da déc. de 70. Como empresário foi um verdadeiro fracasso. Quando veio a falecer, foram publicados pelo jornal “A Opinião Pública”, onde trabalhara até morrer, apenas dois projetos escritos por ele. Um didático, dedicado à instrução primária, e outro sobre piscicultura, que para o referido jornal “bastavam para formar a reputação de João Simões”.

          Conforme nos disse Hilda Simões Lopes “tratava-se de um poeta e, em terra de charqueadores e fazendeiros, queriam-no empresário.”. Mas hoje, quando comemoramos o biênio Simoniano, render-lhe homenagens é ainda pouco. Um visionário, um homem à frente de seu tempo. Escritor de talento ímpar, que com coragem e pioneirismo incontestáveis compilou da oralidade a história de um povo e a partir dela, fez literatura. Reconhecer sua grandiosidade e as inegáveis excelências de sua obra é mais do que uma obrigação. É o pagamento de uma dívida histórica.

Texto de Renata de Cássia Pletz
Para o Eco da Tradição de junho

Poemas classificados para o 3º Sinos do Verso Gaúcho

Modalidade JOVENS TALENTOS
Poema: DAS SAUDADES DE UM PEÃO
Autor: Vitor Lopes Ribeiro - Rio Grande / RS

Modalidade Tema Especial INFÂNCIA
Poema: CADA INFÂNCIA COM SEU TEMPO
Autor: Léo Ribeiro de Souza - São Francisco de Paula / RS

Modalidade REGIONAL

Poema: MISTÉRIOS DA NOITE LONGA
Autora: Jurema Chaves - São Leopoldo /RS

Poema: NO FUNERAL DO BANHADO
Autora: Joseti Gomes - Gravataí / RS

Poema: GENUÍNO
Autor: Henrique Fernandez - Marau / RS

Poema: TUDO QUE HAVIA DE BUENO
Autor: Rodrigo Bauer - São Borja /RS

Poema: PRELÚDIO PARA UM RÉQUIEM
Autor: Caine Teixeira - Bagé / RS

Poema: NA SOMBRA DA ESPORA
Autor: Paulo Ricardo Costa - Santa Maria / RS

Poema: NA PRESILHA DO CABRESTO
Autor: Maximiliano Alves - Alegrete / RS

Poema: DONDE VENHO
Autor: Mário Amaral - Capão da Canoa / RS

Poema: DAQUELES QUE VÃO EMBORA DO RETRATO
Autor: Ari Pinheiro - Florianópolis / SC

 Poema: REMINISCÊNCIAS
Autor: Toninho Lima - Gravataí /RS
Fonte: Blog do Léo Ribeiro
Ronda dos Festivais

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Grupo,Os Monarcas, faz show nesta quarta-feira, em Canoas

Grupo fará apresentação com as 23 crianças que participarão da gravação do próximo DVD

          Nesta quarta-feira, 15 de junho, o grupo Os Monarcas subirá ao palco pela primeira vez com as 23 crianças selecionadas através do projeto Novos Talentos e que participarão da gravação do próximo DVD.

          O show “Preview novo DVD” é um ensaio para a gravação e um encontro único entre os pequenos artistas e seus mestres. Além das crianças selecionadas haverá a participação do personagem “Gaudêucio”, do ator mirim Thomas Hary, que interpretará o líder do conjunto Gildinho em um filme, e ainda, o lançamento e a comercialização dos produtos “45 anos – Os Monarcas”. Após o show acontecerá baile com o conjunto Canção Nativa. O evento inicia às 19h e será realizado no Galpão da Ulbra, em Canoas, que fica na Av. Farroupilha, 8001.

         Os ingressos antecipados custam R$ 20 e dão direito a levar um acompanhante. Na hora, os ingressos custarão R$ 20 (feminino) e R$ 30 (masculino). Confira abaixo os pontos de venda e o link para a compra online.

          O evento é uma promoção do Grupo Midia A em parceria com o conjunto Os Monarcas. Mais informações pelos contatos: (51) 9741.1484 / (51) 3022.2213 / comercialmidiaa@gmail.com.

SERVIÇO
O quê: Preview Novo DVD – Os Monarcas
Quando: 15/06/2016, às 19h
Onde: Canoas (RS)
Local: Galpão da Ulbra (Av. Farroupilha, 8001, Canoas, RS)

INGRESSOS ANTECIPADOS
R$ 20,00 (com direito a 1 acompanhante)

INGRESSOS NA HORA
R$ 30,00 Masculino
R$ 20,00 Feminino

INGRESSOS ONLINE
R$ 20,00 (com direito a 1 acompanhante)
*via transferência/depósito

PONTOS DE VENDA
Em Porto Alegre: Grupo Midia A - Rua Ten. Cel. Fabrício Pilar, 830, Bairro Mont Serrat. Telefones: (51) 3022.2213 / (51) 9741.1484
Em Canoas: Moka Artigos Regionais - Av. Boqueirão, 638, Bairro Igara. Telefone: (51) 3425.1212.

INFORMAÇÕES
51 3022.2213
51 9741.1484
comercialmidiaa@gmail.com​

Palestra em Santa Maria, sábado, dia 18


Santos padroeiros de junho - Santo Antonio

           Fernando de Bulhões, nasceu em Lisboa em 15 de agosto de 1195 e morreu em Arcela, perto de Pádua em 13 de junho de 1231. Foi canonizado em 1232 pelo Papa Gregório IX, é conhecido como Santo Antonio de Pádua ou de Lisboa. Por ocasião do sétimo centenário de seu nascimento o Papa Leão XIII declarou-o "il santo di tutto il mondo".

           É padroeiro das mulheres e combateu tudo que pudesse prejudicar a estrutura familiar. Nunca aceitou a inferiorização das mulheres dentro do casamento e defendeu os valores familiares e humanos.

           Em Portugal é muito forte a devoção a este santo e em sua homenagem são realizadas novenas, trezenas, procissões, quermesses com mastro e bandeiras, bem como ocorre a distribuição de pãezinhos bentos após as missas. Esta tradição persiste no Brasil em nossos dias.

           Foi um santo soldado e teve patentes militares no Brasil Colônia, chegando a receber soldo de militar que a Igreja recebia até início do século XX.
Santo casamenteiro das moças, (das velha é São Gonçalo do Amaranto). Em seu dia moças casadouras (e moços também) fazem promessas e simpatias.

Algumas crendices para achar marido:
- Tirar o Menino Jesus de seus braços.
- Virar o Santo de frente para a parede.
- Tirar o resplendor e colar uma moeda com cera na tonsura.
- Pendurar a imagem pelo pescoço dentro d'água.
- Castigar de qualquer forma.
- Na véspera do dia do Santo, olhando no espelho com uma vela na mão, rezando uma Salve Rainha poderá ver-se o rosto do futuro marido ou o espírito da morte.
- Guardar um pouco da comida que comeu durante o dia, deixando num pratinho. À noite em sonhos verá o rosto do futuro marido que virá alimentar-se .
Oração para achar marido
Meu Santo Antônio querido/ Eu vos peço por quem sois/ Dai-me o primeiro marido/ Que outro eu arranjo depois.
Meu Santo Antônio querido/ Meu santo de carne e osso/ Se não me deres marido/Não tiro você do poço.

        O Santo ajuda também a encontrar objetos perdidos.

        Oração para procurar coisas perdidas:
        Santo Antônio pequenino, se vestiu e se calçou. Sua Mãe lhe perguntou: onde vais Antoninho? Vou procurar..............que..............não achou.
Deve-se rezar esta oraçãozinha dizendo qual objeto se procura e o nome da pessoa interessada. enquanto procura-se o objeto perdido.
          É infalivel.  Reza forte

          Santo Antônio dos cativos, vós que sois um amarrador certo, amarrai por vosso amor, quem de mim quer fugir, empenhai o vosso hábito e vosso santo cordão como algemas fortes e duros grilhões, para que impeçam os passos de ...........que de mim quer fugir, e fazei ó meu bem aventurado Santo Antônio, que ele case comigo sem demora.
Ave Maria cheia de graça.......até o fim.

         Oração para pedir a benção do Santo
         Que Santo Antônio me defenda de todos os perigos, afaste de mim e de meu lar todas as atribulações, me proteja em todos os meus empreendimentos, me inspire na prática do bem e me ajude a alcançar a vida eterna. Amém.
Oração a Santo Antônio

         Glorioso Santo Antônio, que tivestes a sublime dita de abraçar o menino Jesus, alcançai-se deste mesmo Jesus, a graça que vos peço e vos imploro do fundo do meu coração (pede-se a graça). Vós que tendes sido tão bondoso para com os pecadores, não olheis para os poucos méritos de quem vos implora, mas antes fazei valer ao vosso grande prestigio junto a Deus para atender meu insistente pedido. Amém.

         Caracteristicas do Santo
- Tinha o dom de pregar e ser entendido por todos os estrangeiros.
- Em Rimini falou para os peixes quando os homens não o quiseram ouvir.
- Veio em espírito a Lisboa, fazendo o cadaver de um assassinado inocentar seu pai Martim de Bulhões, acusado do crime. O cadaver fez sinais com a mão e com a cabeça.
- Acredita-se que o Menino Jesus o visitava com frequencia.
- Em Portugal sua imagem encontra-se nos mais variados locais e caminhos.
- Tem fama de encontrar objetos perdidos, roubados ou esquecidos, o objeto só é achado se não estiver além de um rio, neste caso a oração é ineficaz. O rio provoca o esquecimento.
- O Santo só concede graças se uma oferenda lhe é feita no momento do pedido.

Fonte: Comissão Gaucha de Folclore
Professora Paula Simon Ribeiro

Eco da Tradição será homenageado pela EPC


MTG será homenageado em São Gabriel pelo cinquentenário


CTG Aldeia dos Anjos vence o Sarau do M'Bororé

O CTG Aldeia dos Anjos, de Gravataí, venceu o 18º Sarau da Arte Gaúcha, promovido pelo CTG M'Bororé de Campo Bom, na categoria Danças Tradicionais Adulta

           Quando falamos no vencedor do rodeio vem a mente sempre a disputa das invernadas adultas, mesmo sabendo que o conjunto da obra é bem mais que isso. Seria a soma da pontuação do CTG que mais levou concorrentes, ou que mais pontuou, dependendo do regulamento. O próprio ENART é assim. Quem vence é a Região Tradicionalista, mas quem é mais lembrado é o campeão de danças tradicionais força A.
           Pois no 18º Sarau, do CTG M'Bororé não foi diferente. Sob a nova perspectiva do livro da Danças Gaúchas do MTG, lançado em abril. que passou a valer a partir de 23 de maio, o CTG Aldeia dos Anjos chega a seu segundo título - Rodeios de Osório e Campo Bom.

Adulta
1 - CTG ALDEIA DOS ANJOS
2 - CTG HERÓIS FARROUPILHAS
3 - CTG TIARAYU
4 - DTG CLUBE JUVENTUDE
5 - CTG LALAU MIRANDA

Juvenil
1 - CTG RANCHO DA SAUDADE
2 - CTG ERVA MATE
3 - CTG ALDEIA DOS ANJOS
4 - CTG GILDO DE FREITAS
5 - CPF PIA DO SUL

Mirim
1 - CTG GILDO DE FREITAS
2 - CTG RONDA CHARRUA
3 - CTG LANCEIROS DE SANTA CRUZ
4 - DTG SANGUE NATIVO
5 - GAT ESTAMPA GAUDERIA

          Vem ai o Rodeio de Santo Antonio da Patrulha de 01 a 03 de julho, 2º Patrulha em Dança, o Rodeio do CTG Sentinelas do Pago, de Alvorada no mesmo dia.  De 24 a 26/06 em Gravataí no CTG Pialo da Saudade, também tem Rodeio.

Venâncio Aires sedia Curso para Capacitação de Novos Instrutores de Danças Gaúchas de Salão

            O Movimento Tradicionalista Gaúcho realizará, nos dias 23 e 24 de julho, mais uma edição do Curso para Capacitação de Novos Instrutores de Danças Gaúchas de Salão. O evento acontecerá das 9h às 18h, no Parque do Chimarrão, em Venâncio Aires.

           O curso é desenvolvido com palestras, dinâmicas e provas escrita e pratica, versando sobre os seguintes temas: Regulamento Geral do MTG, Regulamento Artístico do RS, Indumentária e Danças Gaúchas de Salão.

           Os interessados em fazer o curso devem ter idade mínima de 18 anos, conhecimento básico de todas as danças e ritmos, e já ter feito o Curso de Formação Tradicionalista (Cfor Básico).

Mais informações em breve.

Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

domingo, 12 de junho de 2016

MTG recebe homenagem pelo cinquentenário em Erechim

      Dia 11, a 1ª Prenda Juvenil do Rio Grande do Sul, Giovana Pertuzzatti Rossatto, juntamente com o Presidente do MTG, Nairo Callegaro, e os conselheiros, Airton Anselmo Carneiro e Aldo Assis Ribeiro, estiveram na Sessão Solene em homenagem ao Cinquentenário do MTG, promovida pela Câmera Municipal de Vereadores do município de Erechim, 19ª Região Tradicionalista. O Coordenador Regional e tradicionalistas estiveram presentes a cerimonia.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Instrução Normativa da Secretaria da Agricultura - Habilitando Veterinários emitirem GTA

           Secretaria estadual da agricultura publica instrução normativa que habilita médicos veterinários para emissão de Guias de Trânsito Animal a partir de eventos com aglomeração de equinos e ruminantes

           Visando a disponibilidade de alternativa para possibilitar um maior controle sanitário e emissão de GTA a partir de eventos com aglomeração de ruminantes e/ou equinos, nos quais o Serviço Veterinário Oficial não puder se fazer presente, a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação normatizou, através da IN n° 9/2016,  a regulação de habilitação de médicos veterinários que atuam no setor privado para atuar em conjunto com a secretaria. Os profissionais irão atuar fiscalizando o ingresso de animais no evento, cadastrando os mesmos  e  emitindo as GTAs  de saída dos eventos, certificando-se de que os animais participantes nos eventos em que estejam atuando tenham boa sanidade e cuidados relativos ao bem estar animal.

            A habilitação dos profissionais fica condicionada à capacitação promovida pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO), por meio da secretaria da agricultura, que abrangerá temas como vigilância sanitária e emissão de documentos. Essa habilitação tem a validade de um ano, devendo ser validada a cada mês de abril pela Secretaria.

           “Este é mais uma medida importante que estamos tomando, pois permitirá uma agilização das emissões de Guias de Trânsito Animal, com o trabalho de médicos veterinários habilitados, principalmente em grandes eventos com presença de equinos, quando o Serviço Veterinário Oficial não puder estar presente. Desta forma poderemos atender presencialmente um maior número de eventos, agilizando as emissões de GTAs, com a devida responsabilidade sanitária e controle da secretaria da agricultura, pecuária e irrigação”, avalia o secretário Ernani Polo.
                                               Como fazer?      
           Os médicos veterinários interessados devem procurar a Superintendência Federal de Agricultura, do Ministério da Agricultura no Rio Grande do Sul ( SFA-RS/MAPA ) e encaminhar a documentação de requerimento conforme estabelecido pela Instrução Normativa nº 22/2013/MAPA, de 20 de junho de 2013.