terça-feira, 25 de janeiro de 2022

MTG escolhe o centenário de Lilian Argentina como tema anual

     Na noite de domingo, 23, o Conselho Diretor do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) do Rio Grande do Sul se reuniu de forma virtual e deliberou sobre a escolha do tema anual do tradicionalismo organizado: “Centenário de Lilian Argentina – O universo do folclore”.

    Duas temáticas foram apresentadas; uma defendida pelos peões do estado, Andrei de Moura Caetano e Daniel Muller Forrati, abordando a influência da gaita na construção da identidade do gaúcho, e outra pelo presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, Rogério Bastos, aprovada após os jovens retirarem a proposta, por compreenderem a importância da celebração do centenário da folclorista Lilian Argentina. 

    Bastos relembrou o relevante papel de Lilian Argentina Braga Marques para o tradicionalismo organizado e para o folclore gaúcho. “Lilian foi a primeira conselheira do MTG, logo após a sua criação, além de ser um destaque nas pesquisas pelo Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (já extinto), Comissões Gaúcha e Nacional de Folclore” - destacou.

Tema: “Centenário de Lilian Argentina – O universo do Folclore”

Lilian Argentina

    Lilian Argentina Braga Marques foi uma importante folclorista do Rio Grande do Sul, destacada pesquisadora do IGTF e da Comissão Gaúcha de Folclore, sempre muito preocupada com o rigor científico de suas pesquisas. Membro da Comissão Nacional de Folclore, presidente de honra da Comissão Gaúcha e Conselheira Benemérita do MTG. Professora, pesquisadora de folclore, tradicionalista, profunda conhecedora da cultura sul-rio-grandense. Seu conhecimento incontestável e atuação como pesquisadora e docente foi motivo de admiração e respeito por todos que a conheceram e tiveram o privilégio de com ela conviver.

    Conheceu a região litorânea palmo a palmo e, nesta época, por intuição e vocação, iniciou-se como pesquisadora das manifestações de cultura popular. A partir de suas observações, escreveu O pescador artesanal do Sul, livro com o qual recebeu, em 1973, o Prêmio Silvio Romero de monografias de Folclore, concurso promovido pelo Ministério da Educação no Rio de Janeiro.

    A professora Lilian Argentina foi pioneira nas pesquisas do folclorismo gaúcho. Em Tramandaí, no ano de 1945, já registrava danças populares, quando recolheu "A Jardineira", que remontou na escola com seus alunos. Na área de estudos de folclore, cursou a Escola Gaúcha de Folclore da Secretaria de Educação, coordenada pelo Professor Carlos Galvão Krebs. Cursou "Folclore e Turismo" e "Folclore e Educação". 

    Na releitura da Carta do Folclore Brasileiro, no ano de 1995, realizada durante o 8º Congresso Brasileiro de Folclore, em Salvador, juntamente com a professora Rose Marie dos Reis Garcia, liderou a equipe gaúcha. Em 1991, participou do Curso de Animadores de Folclore nos Açores, quando ministrou disciplinas relacionadas à cultura açoriana no Rio Grande do Sul.

    Como tradicionalista, destacou-se como posteira artística do 35 CTG, e da Academia de Polícia da Brigada Militar. Colaborou sempre com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), no qual foi conselheira, participando dos congressos, convenções, reuniões de patrões e outros, contribuindo com relevantes trabalhos.

Tema ou objetivo anual do MTG

Em janeiro de 1994, no 39º Congresso Tradicionalista realizado em Esteio foi aprovada a proposta de Ivo Benfatto, definindo um objetivo anual a ser perseguido, em âmbito estadual, por todas as entidades filiadas ao Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul. Desde então, a temática serviu de norte para que as entidades debatessem e realizassem atividades voltadas ao assunto, provocando grande repercussão pelo estado.


sábado, 22 de janeiro de 2022

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Vendaval destrói CTGs em Guaíba

 

     O vendaval que assolou a região de Guaíba nesta segunda, 17, destruiu muitas casas, igrejas, empresas, tombou  caminhões e destruiu duas entidades tradicionalistas da cidade: Os CTGs, Caudilho Guaibense e República Rio-grandense, ambas que tenho um carinho muito grande por ter sido peão farroupilha de seus rodeios nos anos 90.

    A patroa Ana, do Republica, há poucos dias falava de seus planos para a gestão da entidade, pois recentemente assumira o CTG.

    Já a patroa Marta é a gestora do Caudilho Guaibense. Conversando com ela, hoje, sentia-se a dor e o desânimo. Mas ela foi forte: "Vamos recolher o que sobrou, e avaliar o que podemos fazer para reerguer a entidade".

    O Movimento Tradicionalista Gaúcho, através de seu departamento de assistência social, já está procurando as entidades para achar um meio para reergue-las. Sem dúvida, será um árduo trabalho.


    Vejam o terror que foi a aproximação da tempestade que assolou Guaíba. Recebemos essa imagem no grupo "Delta do Jacuí".

    Neste momento, os amigos de Guaíba precisam da tua ajuda.

sábado, 15 de janeiro de 2022

Família de Guaíba pede ajuda! Faça sua parte, por menor que seja, será gigante

    O DTG Berço Farroupilha,  analisando tudo que a família no qual faz parte da nossa entidade, Wagner, Camila e Amanda precisam... 

    No  momento já ganharam bastante roupas , mas precisam de material de construção para construir tudo novamente. Como é muito amplo, então,  de imediato vamos fazer a nossa doação via Pix, depois estaremos organizando um evento de arrecadações em prol da família.

    Para quem puder ajudar e compartilhar qualquer valor será bem vindo. 🙏

Pix da Amanda 036.316.380-86
Amanda Jardim de Oliveira 
Mercado Pago
                Nós já fizemos a nossa parte... Faça a sua também.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Marmita Solidária alivia a fome em Cachoeirinha


     Em tempos difíceis como o que estamos passando, a maior marca da humanidade sempre foi a solidariedade. Em rede, conectado e participando do apoio coletivo buscando superar as dificuldades é o que fez o ser humano evoluir. Ao longo da história há diversos exemplos de como a ajuda mútua permitiu um alívio, um respiro para que o mundo se reformulasse e a humanidade conseguisse seguir adiante. 
 

   Em tempos da pandemia de COVID-19, inúmeros problemas sociais ficam realçados e potencializados; é o caso das dificuldades enfrentadas por pessoas em situação de vulnerabilidade. Essa é a hora de aliviarmos o sofrimento das mazelas sociais e auxiliarmos a sociedade, com o nosso tempo e contatos, a passar por mais esta crise. 

    A campanha MARMITA SOLIDÁRIA, que visa arrecadar alimentos ou recursos para a feitura e a doação de marmitas a pessoas em situação de vulnerabilidade, em sua sucursal em  Cachoeirinha, envolve muitas pessoas. O Tenente Espíndola, comandante dos Cavaleiros de Cachoeirinha mobiliza amigos e comunidade para ajudar quem precisa.

    "Queremos amenizar a fome dessas pessoas, possibilitando um mínimo de dignidade em tempos de pandemia e dificuldades de emprego" - afirmou Espindola. 

Trabalho de Voluntários em Cachoeirinha:

    Quinta, 13 de janeiro, com apoio do CTG Rancho da Saudade, do Grupo Cultural e Tradicionalista Cavaleiros de Cachoeirinha, pessoal dos grupos de socorristas, GRAVE e Anjos do Asfalto, Loja Maçônica Gênesis 3089, JACOBY Hortifruti/CEASA, Panificadora ROSSATO, e muitos anônimos foram produzidas pelo Projeto Marmitas Solidárias - Núcleo Cachoeirinha, no Galpão da Campeira do CTG Rancho da Saudade, mais 439 marmitas de alimentos e distribuídas na comunidade carente do Bairro Jardim Conquista (Ong. Voluntários da Caridade) e na Vila da Paz(Projeto Social Relíquias - Projeto Esportivo), em Cachoeirinha.







Faça a sua doação... Ajude o irmão que precisa... Dia 17 tem mais...


Nota de Falecimento - Amauri Schonhofen

 

        Mais uma triste noticia que registramos aqui... o falecimento de  Amauri Schonhofen.

     Ele teve sua trajetória marcada por importantes participações no fortalecimentodo tradicionalismo gaúcho no estado, em especial, sua atuação como  vice-coordenador 1ª Região Tradicionalista, Patrão do CTG Lanceiros da Zona Sul, Subcoordenador da Zona  Sul de Porto Alegre e um dos criadores do Encontro de Estudo para Patronagens (ENESPA).

    Descanse em paz, querido amigo. Nossa solidariedade e carinho para a Lair, Isabel e Mateus...

Com a presença do governador de SC, Instituto Anita presta homenagens, em Laguna

 



quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Nota de Pesar - Felipe Pimentel


 É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido amigo Felipe Pimentel, 40 anos, hoje em Florianópolis. Ele veio a falecer após uma parada cardíaca, em que não resistiu, e nos deixou. 

Eu estava saindo do jogo quando recebi da minha esposa a noticia. Fiquei bastante tempo parado, chocado. Conheci o Felipe como o pequeno chuleador mirim do CTG Gildo de Freitas. Campeão de tudo. Uma cena (das tantas e tantas) que não me sai da memória foi o Chico em uma discussão, virou pro Felipe, pegou a gaita verde, e disse: "Felipe, vem pra chula!" - o piá debulhou, moeu... saiu sobrando em um enfrentamento com adultos. A amizade com a família é de anos...

Resta-nos pedir ao Pai, Criador, que ilumine os passos de chula do Felipe até o Lar. Conforte, Pai, o coração do Sandro, Cris, Natália, Ireno e a família. "Aqueles que amamos não morrem... só vão pra casa antes de nós..."

Vice-presidente de Cultura do MTG visita a Famurs


     A vice-presidente de Cultura do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Renata Pletz, visitou na manhã do dia 5 de janeiro, quarta, a Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul, juntamente com o vice-prefeito de São Jerônimo, Júlio César Prates Cunha.

    Em uma conversa bem descontraída com Vinicius Brito e Marcio Biasi, assistente técnico de Educação, da Famurs, Renata procurou estabelecer uma boa relação com a entidade, colocando sua pasta no MTG à disposição.


    Mais tarde Renata e Júlio César Cunha passaram na sede do Movimento Tradicionalista para mostrar o local ao vice-prefeito de sua cidade. Em um momento de descontração, Julião como é conhecido em São Jerônimo, arriscou umas cantorias com Luciana Borges, da secretaria do MTG, mas que já foi campeã do ENART e cantou muito tempo nos musicais de grupos.


terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Nota de Falecimento - A jovem Maria Luiza Fravetto Artifon

 

Nos solidarizamos com amigos e familiares da jovem Maria Luiza Artifon. Pedimos a Deus que conforte o coração daqueles que ficam e sofrem com a perda. "Nenhuma folha cai da árvore se não for da vontade do Criador" - Resta para nós, rezarmos. 

domingo, 9 de janeiro de 2022

MTG: Sustentabilidade e as novas gerações, na 14ªRT

 


   Dentro do tema anual do MTG, a 14ªRT e o CTG Querência Xucra, de Putinga, realizaram encontro regional de peões e prendas, neste domingo 09 de janeiro. O evento contou com a presença do Coordenador da 14ª RT Áureo Moraes Rodrigues, do Prefeito Municipal de Putinga Dr. Paulo Lima, do Patrão do CTG Querência Xucra Alysson Bertuol, entre outras autoridades. Membros do Departamento Cultural da 14ª RT, prendado regional e do CTG Querência Xucra, tradicionalistas de várias entidades da Região e da 24ª RT. 

    Durante o evento os participantes puderam compartilhar do conhecimento da bióloga Liliana Bete Fontana que abordou o tema: Sustentabilidade econômica: A importância do consumo consciente. Os participantes foram provocados a refletir sobre sua postura como consumidor, com enfoque no pilar ambiental da sustentabilidade. A Bióloga e proprietária da Ervateira Putinguense, Micheli Guadagnin da Silva, primeira empresa no mundo a ganhar a certificação internacional para produtos florestais não madeireiros da Mata Atlântica com o selo FSC, apresentou o tema: Sustentabilidade Ambiental: Desafios do desenvolvimento econômico em equilíbrio com a preservação do meio ambiente, através da qual, comprovou que a indústria pode ser sustentável e economicamente viável respeitando o meio ambiente e socialmente benéfica. 

   O evento contou ainda, com oficinas de plantio de mudas de hortaliças, receitas com base no aproveitando integral dos alimentos com degustação durante o lanche, separação correta de lixo, reaproveitamento de lixo orgânico para compostagem, oficinas de brinquedos e brincadeiras, porta objetos com materiais recicláveis, coordenadas pela Educadora Ambiental Daiana Casagrande e pela nutricionista Daiane Debona, após os participantes puderam fixar os conhecimentos adquiridos ao longo do dia, com uma dinâmica que resultou em três paródias com o tema Sustentabilidade. Ao final do evento todos os participantes foram agraciados com uma ecobag para assim contribuírem no seu dia a dia com um mundo mais sustentável.


sábado, 8 de janeiro de 2022

22ª CAVALGADA CULTURAL DA COSTA DOCE GAÚCHA – 2022 -

 

CONCENTRAÇÃO

Data: 11 de janeiro de 2022 (Terça-feira)

Local: Ginásio Esportivo Coelhão – Rua 20 de Setembro, 1276 - Centro-Guaíba – RS.

Recepção e Concentração das delegações: responsável Sr. IVAN SOUZA CRUZ

–F/Whats: (51) 99232.9844 – Hora: – A partir das 14 h da TARDE.


Roteiro – Opção (A) – de SAÍDA de Guaíba 

Data: 12 de janeiro de 2022 (Quarta-feira)

Hora: 8h30 da manhã

SAÍDA: Ginásio Esportivo Coelhão

a) Momento Cívico no local do CIPRESTE histórico;

*Cipreste até Praia da Alegria: 6 km.

b) Descerrar Placa Cav. histórico no Local Praia da Alegria;

*Praia da Alegria até CTG Darci Fagundes: 3 km.

c) Almoço na sede do CTG Darci Fagundes;

*CTG Darci Fagundes até Barra do Ribeiro: 20 km.

d) Saída ás 14h dos Cavaleiros da Costa Doce Gaúcha para a Barra do Ribeiro

– Local do pouso – Parque Farroupilha - Galpões dos Piquetes -

“Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA”.


Roteiro – Opção ( B ) – de SAÍDA da Barra do Ribeiro

Data: 13 de janeiro de 2022 (Quinta-feira)

Local: Barra do Ribeiro – RS. – Parque Mun. Farroupilha - Sede dos Piquetes -

*Recepção e Concentração das delegações: responsável Sr. Carlos Souza Gonçalves – F/Whats: (53) 99103.3410 – Hora: – A partir das 06 h – da manhã;

SAÍDA: Ás 14h30min. – dos cavaleiros, para a Fazenda Timbauva - Barra do Ribeiro, percurso de 17 km, acampamento, local do primeiro pouso.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 14 de janeiro de 2022 (Sexta-feira) Saída ás 6 h – da Sede da Fazenda Timbauva - Barra do Ribeiro em direção a Tapes – na Sede Estância Santo Antônio - Dr. Joaquim Mello – percurso de 36 km, local de acampamento e pouso. Não haverá apoio para o almoço, só parada para descanso. Cada cavaleiro deverá levar junto a sua ALIMENTAÇÃO E ÁGUA.

Data: 15 de janeiro de 2022 (Sábado) Saída ás 7h30min – da Sede Estância Santo Antônio - Dr. Joaquim Mello – para – Tapes – em direção a Fazenda Capão da Moça da Família Marocco – percurso de 19 km, local de acampamento e pouso, só parada para descanso. Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 16 de janeiro de 2022 (Domingo) Saída ás 7h30min – da Fazenda Capão da Moça da FamíliaMarocco em direção ao Parque Municipalde Rodeios de Arambaré, percurso 21km, local do almoço.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 16 de janeiro de 2022 (Domingo) Saída ás 18h30min – do Parque Municipalde Rodeios de Arambaré, percurso 17km, para a Cabanha Santa Rita, local do pouso.

Data: 17 de janeiro de 2022 (Segunda-feira) Saída ás 6h30min – da Cabanha Santa Rita, passando pela Estância Flor da Praia (Local do Haras Coxilha Grande), percurso até a Fazenda Areal - 26 km, local de acampamento e pouso.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 18 de janeiro de 2022 (Terça-feira) Saída ás 7h30min – da Fazenda Areal, em direção da Vila da Pacheca - Mun. Camaquã – percurso 22 km, local de acampamento e pouso.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 19 de janeiro de 2022 (Quarta-feira) Saída ás 7h30min – Vila da Pacheca - Mun. Camaquã:

Concentração dos cavaleiros para travessia do Rio Camaquã em direção a Fazenda Rincão dos Serpa - do Sr. João Serpa, percurso 22 km, local de acampamento e pouso. – Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Obs. - Caso não haja condições adequadas para travessia do Rio Camaquã, os cavalos serão embarcados (em seus transportes) e o trecho terá desvio pela BR, até a Fazenda do Sr. João Serpa.

Data: 20 de janeiro de 2022 (Quinta-feira) Saída ás 7h30min – da Fazenda do Sr. João Serpa em direção a São Lourenço do Sul – Chegada a Fazenda do Sobrado, percurso 26 km, local de acampamento e pouso.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Data: 21 de janeiro de 2022 (Sexta-feira)

Fazenda do Sobrado, dia livre descanso e confraternização entre cavaleiros, apresentações culturais e tertúlia.

Data: 22 de janeiro de 2022 (Sábado) Saída ás 7 h – do Hotel Fazenda do Sobrado – São Lourenço do Sul – para a Ilha da Feitoria, não tem acesso para veículos. (O transporte de apoio é o barco, ou o lombo do cavalo, luz da Lua e candeeiro). Local de acampamento gentilmente cedido pelo Sr. José Ruivo- Empresa Biscoitos ZEZÉ-Pelotas/RS. Recepção oferecida pela organização do evento, (na Sotéia – ponto de almoço), após a chegada e acomodação dos cavaleiros no local Capela da Feitoria, um (Churrasco), percurso 38 km, local de acampamento e pouso.

Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.


Data: 23 de janeiro de 2022 (Domingo) – Final - Saída ás 6 h da Capela da Feitoria percurso passando dentro da Lagoa dos Patos, ou Lagoa Pequena, em direção a Colônia de Pescadores Z-3, paradas só para descanso. Cada cavaleiro deverá levar junto LANCHE e ÁGUA.

Rota das Praias até o – CELA/Centro Equestre do Laranjal - Local do desfile de encerramento, confraternização almoço oferecido pela organização!

Percurso 29 km.

Cada cavaleiro deverá levar junto ÁGUA.

Obs.- Sujeito a alterações pela comissão organizadora.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Laçador volta ao Sítio na próxima terça-feira

A Estátua passará por intervenções finais depois de colocada em sua base, na Avenida dos Estados, e ainda em janeiro deve estar pronta para ser reinaugurada

  

 No dia 11 de janeiro o Monumento ao Laçador será transportado de volta para o seu Sítio, localizado na Avenida dos Estados, em Porto Alegre. Em restauro desde setembro de 2021, a Estátua passou por diversas intervenções durante o período, que resultaram em um Laçador mais resistente e pronto para estar presente como símbolo da cultura gaúcha ao Rio Grande do Sul. 

    A recolocação da Estátua no Sítio será entre 16h e 17h, mas antes disso, a partir das 15h, começa a operação de translado do galpão onde está instalado para o restauro. Todo o processo será montado e monitorado pela EPTC, para garantir a segurança do Monumento no trajeto. Durante a volta para casa, o Monumento será escoltado pela cavalaria do Movimento Tradicionalista Gaúcha. 

    Durante a semana subsequente, serão feitas as intervenções finais na Estátua. Esses ajustes já estavam previstos, pois é necessária a luz do dia para finalizar a restauração do Monumento ao Laçador. Ainda no mês de janeiro, o Laçador deve estar totalmente pronto para ser reinaugurado e entregue à cidade. “São sete anos de um projeto que muito nos orgulha, e poder devolver um Monumento restaurado, seguro e que simboliza tanto a força dos gaúchos é uma alegria imensa. Em especial neste ano em que a Capital Gaúcha completa 250 anos. Entregamos o Laçador já visando o próximo projeto, pois acreditamos na importância da cultura e da relevância do projeto que o Sinduscon criou”, destaca o Coordenador do Projeto Construção Cultural - Resgate do Patrimônio Histórico, Zalmir Chwartzmann. 

    O Projeto Construção Cultural - Resgate do Patrimônio Histórico, promovido pelo Sindicato das Indústrias de Construção Civil do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS), atua há mais de sete anos promovendo a restauração de monumentos históricos espalhados pela cidade e está à frente do projeto de restauro do Laçador desde o ano de 2016, quando foram constatadas fissuras e rachaduras. O restauro foi viabilizado pelo Sindicato através do programa Pró Cultura – Lei de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Junto do Sinduscon-RS está também a Associação Sul Riograndense da Construção Civil e a prefeitura de Porto Alegre. O projeto tem ainda o patrocínio da Gerdau e da Sulgás e conta com o apoio da JOG Andaimes, Elevato, Ministério Público do Rio Grande do Sul e Phorbis Empreendimentos Imobiliários.

Foto: Ricardo Giusti/Correio do Povo
jornalista Eduarda Oliveira

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Verceli de Oliveira toma posse na 7ª RT

    Na noite de quarta-feira (22), tendo por local o CTG Osório Porto, em Passo Fundo, o representante comercial Verceli de Oliveira, ex-diretor da Orcav e ex-patrão do Grupo Cavaleiros do Planalto Médio, tomou posse como Coordenador da 7ª. Região Tradicionalista, sediada em Passo Fundo e com abrangência em mais de 40 municípios.

    Verceli tem uma longa história no tradicionalismo, sendo um dos precursores das cavalgadas em busca da Chama Crioula, com o Grupo Cavaleiros do Planalto Médio. Na gestão Gilda Galeazzi como Presidente do MTG, foi convidado e exerceu com maestria o cargo de diretor da Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul – Orcav. Tem como vice-coordenador o advogado Alessandro Gradaschi, que também por muitos anos exerceu a função de Conselheiro Diretor da RT junto ao MTG, além de ter sido Coordenador e Diretor Artístico. 

    O evento serviu também como Encontro de Patrões, o último da gestão Vanderlea Nervo, que se despediu emocionada e lamentou não ter conseguido, devido à pandemia, desenvolver vários projetos que havia preparado, com seu grupo de voluntários.

    Durante a posse, que contou com a presença do presidente do MTG Manoelito Carlos Savaris, Verceli destacou que pretende, em sua gestão, aproximar cada vez mais a Coordenadoria com as entidades filiadas. Estará sempre que possível atendendo às demandas dos filiados e entende que o diálogo é o melhor caminho para o desenvolvimento da tradição.

    Também esteve presente prestigiando o evento, que finalizou a gestão Vanderlea Nervo na coordenadoria, o vice-prefeito João Pedro Nunes e a Secretária Municipal de Cultura Miriê Tedesco e o vereador Evandro Meirelles, que assume a presidência do Legislativo no início de 2022.

    Já o vice-coordenador Alessandro Gradaschi enfatizou, em seu discurso de posse, que a gestão contará com cada um dos patrões, patroas e responsáveis pelos quadros que compõe a região, para que esse trabalho, de ora em diante, se diferencie pela participação e integração regional.



Fotos: Luiz Carlos Carvalho (Rádio Planalto).
texto: Dilerman Zanchet (comunicação 7ª)

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Saberes & Fazeres, o Folclore em foco - Entrevista o Presidente da CGF


 

Gestão Candeeiro lança música e clipe Sinuelo de Luz


    No último dia do ano de 2021, as prendas e os peões estaduais lançaram um videoclipe da música que simboliza o trabalho da gestão: Sinuelo de Luz. Com letra do 1º Peão Farroupilha, Ramiro Bregles, música do 3º Peão, Andrei Caetano e arranjos de Daniel Forrati, a canção teve a participação dos demais componentes da equipe, tanto no instrumental, quanto nas vozes.

    O mundo parou. Nós paramos. Depois dessa pausa, olhamos mais para dentro de nós, enxergamos o outro como gostaríamos que ele nos enxergasse. Refletindo sobre os ensinamentos desse tempo, as prendas e peões do Rio Grande do Sul entregam ao mundo a canção Sinuelo de Luz. Nela a alma desses jovens vitoriosos de seu tempo. É a marca do chamamento para o novo!” – Prendas e Peões do RS 2021/2022

Sinuelo de Luz | Ficha Técnica

Produção: Prendas e Peões do Rio Grande do Sul 2021/2022 - Gestão Candeeiro

Letra: Ramiro Bregles  |  Música: Andrei Caetano  |  Arranjos: Daniel Forrati

Gaita Ponto: Daniel Forrati  |  Gaita Piano: Leonidas da Silva

Violão: Andrei Caetano e Christian Piuco  |  Contrabaixo: Fernando Matielli

Vozes: Amanda Kothe, Ana Luísa Antoniolli, Andrei Caetano, Diogo Rodrigues, Maria Eduarda Lima e Natália Bernardo

Clipe:

Roteiro: Luciano Rodrigues, Natália Bernardo e Priscila Cardoso

Fotografia: Luciano Rodrigues e Priscila Cardoso (RDF Films Produtora)

Locação: CTG Tio Bilia e Ruínas de São Miguel

Crédito Fotos: Vólum Midia Fotografia


quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Chasque do MTG terá convidados especiais nesta quinta

 

Chasque do MTG, pela sua Radio web Eco da Tradição

Apresentação: Rogério Bastos e Liliane Pappen - Das 8h às 10h

Nos escute pela www.ecodatradicao.com ou APP

também no meu blog www.rogeriobastos.com.br   

ou Radios.com

http://l.radios.com.br/r/190817

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

CTG República Rio-grandense tem nova patronagem

     Na segunda, 27 de dezembro, o CTG República Rio-grandense, de Guaiba, elegeu a nova patronagem da entidade, para a gestão 2022/23.

Sendo chapa única, aprovada por unanimidade, com os seguintes componentes:

Patroa: Ana Paula Boeira Gonçalves

Capataz: João Batista de Morais Vieira

1º Agregado das Guaiacas: Franciele Leão Silva

2º Agregado das Guaiacas: Sue Ellen Silveira

1º Sota-capataz: Criscilene Tassoni

2º Sota-capataz: Anderson Reis

Conselho de Vaqueanos ( Junta Fiscal ): 

Presidente: Luciano Cerveira

Vice Presidente: Ari Valdir Lopes

Secretário: Jocélio Brasil

Ana estará falando no programa Chasque do MTG, na Rádio Web Eco da Tradição, nesta quarta-feira, 29.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

3ª Cavalgada do Bem, do Piquete Palanque, de Herval


    No sábado, 18 de dezembro, foi realizada em Herval, a 3ª Cavalgada do Bem. Os integrantes, a cavalo e de carro, conseguiram arrecadar em torno de meia tonelada de alimentos, que foram divididos em 30 cestas básicas.

    Segundo André Acosta, as cestas foram doadas para as famílias carentes da cidade, no dia 23. “Não fizemos fotos doando as cestas pra não expor as famílias” – lembra Acosta. “Na nossa visão, através do tradicionalismo e trabalho em equipe podemos mobilizar a sociedade. Fazemos essa cavalgada anual, alguns almoços em benefício de pessoas que precise, em relação alguma enfermidade” – concluiu.

    O Piquete é novo, tem três anos, mas envolve mais de 30 famílias e busca sempre ter uma objetividade. “Associar o Piquete não apenas em relação a trago e churrasco. Neste ano de 2021, realizamos o primeiro evento com público em Herval, depois de quase dois anos de pandemia” – O Piquete realizou o 2º Rodeio em novembro e teve aprovação do público pela organização.


quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Caravana Natalina do Alma Gauderia leva alegria nesse Natal para as cidades


     Quando chega essa época do ano bate uma nostalgia nas pessoas relembrando a infância, como era passar essa data com a família, como era a mesa e a gastronomia, as pessoas que chegavam, o gritedo das tias e tios, o carinho dos avós e os presentes. Ah! A hora de abrir os presentes parecia ser tudo para a criançada. Talvez por esse motivo, depois de adultos, acabavam esquecendo o verdadeiro sentido do Natal.
  

 Mas esses momentos não são para todos. Existe uma parte da população que nem a esperança faz com que esperem o “bom velhinho”. Relato aqui uma experiencia vivida ao lado do grupo Alma Gauderia, em Eldorado do Sul, em 2020 e 2021, que me fez refletir e aprender.

    Nos dias 16 e 18 de dezembro fomos contratados pela AG Entretenimentos para acompanhar a Caravana Natalina e registrar a atividade. Seguimos atrás dos trios elétricos por horas. As músicas e iluminação dos caminhões encantava, não só as crianças, mas adultos de todas as idades. Cadeirantes saiam para a rua, mães com os filhos no colo, pela mão, outros de bicicleta correndo atrás, chorando. Sim, chorando emocionados pelo momento.


    Um registro que emocionou a todos foi em uma residência, quando abriram as portas e de lá saiu uma cama hospitalar com o paciente, chorando ao ver e ouvir o espetáculo. Quando era entoada a oração pela família, do padre Zezinho, via-se o quanto a música entrava no coração das pessoas. “Abençoa senhor as famílias, amém! Abençoa senhor, a minha também!” – E o vocalista da banda, Fernando Espindola, descia do caminhão e cantava junto do público. 
 


   A Caravana em Eldorado percorreu todos os bairros, dos mais abastados aos mais humildes. Uma iniciativa da Secretaria de Educação, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, através do secretário Gelson Antunes, e com o apoio de professores e servidores da cultura, como o Vilsinho e Rogério Almeida, que distribuíram mais de 6.000 kits de guloseimas e mais 300 bolas de futebol para as crianças.






Hique Gomez é o convidado de Tatiéli Bueno para bate-papo

 

    O Tatiéli Convida idealizado e realizado pela cantora Tatiéli Bueno teve sua segunda temporada de bate-papos em 2021, com convidados muito especiais, expoentes em suas carreiras artísticas e nas mais diversas áreas de atuação. 

    E, nesta quinta-feira, 23, acontece a 28ª entrevista do ano para encerrar a temporada 2021, com o icônico artista Hique Gomez. 

    Certamente a Sbornia e seus habitantes estarão presentes no bate-papo, mas a curiosidade vai além Sbornia. Quem é Hique Gomez? Além da figura já conhecida, vamos conhecer um pouco mais desse importantíssimo e valiosíssimo ser humano que sempre nos enche de alegria e nos faz vibrar cada vez que sobe ao palco.

Serviço:

O quê: Tatiéli Convida recebe Hique Gomez

Quando: 23.12.2021 - Quinta-feira 

Hora: 20 horas

Onde: instagram: @tatielibuenooficial

Informações: 54 99707-1313

Essa é uma iniciativa independente. Para contribuir espontaneamente com a artista é 

só acessar o link https://apptuts.bio/tatieli-bueno

Começaram as tratativas para a realização da Ciranda de Prendas em Bagé

    
    Nesta terça-feira, 21, o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Manoelito Carlos Savaris, esteve na cidade de Bagé para tratar da realização da Ciranda Cultural de Prendas, em maio de 2022, ao lado da 1ª Prenda do RS, Carolina Ribas, do coordenador da 18ª RT, Marcio D’Ávila, e do patrão do CTG Pampa e Minuano, Ederson Santos, conversaram com o prefeito Divaldo Lara e o vice-prefeito, Mario Mena.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

NOVA PATRONAGEM DO FOGÃO GAÚCHO TOMA POSSE

 


   A nova patronagem do O CTG O Fogão Gaúcho, de Taquara, tomou posse no domingo, dia 19 de dezembro. A integração iniciou com um almoço e à tarde aconteceu uma domingueira que foi animada por Amaranto e Grupo. O evento seguiu com todas as normas de prevenção contra a Covid-19. O uso de máscara foi obrigatório.

A nova patronagem é composta por:

Patrão: Mariano André Anderson
Vice-patrão: Emerson Mozart Marins
1° Agregado Fiel: Auro Paulo Sander
2° Agregado Fiel: Adriana Lange Zanatta
1° Sota Capataz: Marta Cristina Pons de Mattos
2° Sota Capataz: Simone Roseli Ott
Capataz Administrativo: Fabiane Cristina Siebel Anderson
Capataz Cultural: Julio Bartzen de Araújo
Capataz Tradicionalista: Vania Eliete Port
Capataz Social: Julio Cezar Paim Velter
Capataz de Patrimônio: Jairo Piccolo de Araújo
Capataz Campeiro: Vagner Rangel de Mattos
Vice-Capataz Campeiro: Carlos Grifante.


O tempo de meu pai, com Nilton Ferreira, vence a Califórnia

    Completando 50 anos de realização, mas em sua  43ª edição (edições em que esteve parado), a Califórnia da Canção Nativa é considerado o principal evento da canção regionalista no Estado. 

    Nesta edição especial comemorativa aos 50 anos teve como presidente da Comissão o tradicionalista  Ivoné Emílio Colpo, do CTG Sinuelo do Pago. Mais de 2 mil pessoas estiveram presentes e acompanharam a final.

(fonte: Blog Ronda dos Festivais)
Primeiro Lugar - Calhandra de Ouro:  
O TEMPO DE MEU PAI
Ritmo: Milonga
Letra: Hermes Lopes
Melodia: Nilton Ferreira
Interpretação: Nilton Ferreira

Segundo Lugar - Calhandra de Prata: 
DE PÉ NO CHÃO
Ritmo:
Milonga
Letra: Mauro Moraes
Melodia: Pirisca Grecco
Interpretação:  Pirisca Grecco 

Terceiro Lugar: Calhandra de Bronze: 
TRIBUTO EM MILONGA A UM CERTO JOSÉ
Ritmo:
Milonga
Letra: Kleber Fernandes
Melodia: Kayke Mello
Interpretação:  Ita Cunha

Melhor Intérprete: LU SCHIAVO 
Música: A Casa Onde Cresci
Autores: Matheus Bauer/Alexandre Scherer

Melhor Instrumentista: JOÃO PAULO DECKERT
Instrumento:  Bandoneon
Música: Coplas de Regresso
Autores:  Jaime Vaz Brasil/Tuny Brum

Melhor Letra: O ONTEM
Autor:
Rodrigo Bauer

Melhor Melodia:  COPLAS DE REGRESSO
Autor:
Tuny Brum 

Mais Popular: VANEIRA PRA MINHA GAITA DE BOCA
Ritmo:
Vaneira
Letra: Claudionir Bastos
Melodia: Claudionir Bastos
Interpretação: Zelisson Medeiros