quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Pensamento do dia - Aos críticos

            "Tradição não é, pois, um simples tema sentimental, arcaísmo estranho, saudade oposta às exigências de perfeição social. Tradição não é fidelidade aos desvalores e às taras de um passado que, dada a contingência humana, possuiu, como possui o presente e possuirá o. futuro, males, erros, imperfeições e injustiças sociais. O que se deve amar e servir na tradição é o seu conteúdo de valores positivos, comprovados por experiências históricas seculares. É a esses valores que devemos dar fidelidade não por serem passados, mas por serem eternos".  Sociólogo Armando Câmara.

Um comentário:

valter portalete disse...

"O Tradicionalismo deve ser um movimento nitidamente POPULAR, não simplesmente intelectual. É verdade que o tradicionalismo continuará sendo compreendido, em sua finalidade última, apenas por uma minoria intelectual. Mas, para vencer, é fundamental que seja sentido e desenvolvido no seio das camadas populares, isto é, nas canchas de carreiras, nos auditórios de radioemissoras, nos festivais e bailes populares, na "Festas do Divino" e de "Navegantes", etc." Barbosa Lessa)
O desenvolvimento do tradicionalismo junto as camadas populares, proporciona a fortalecimento dos valores e princípios definidos pela tradição. Se o tradicionalismo se afastar destas camadas, não conseguirá das eco as vozes da tradição.