segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Editorial do BLOG: Irmãos, unidos pela tradição

            O ano era 1991, eu começava a dar aula no CTG Coxilha Aberta, Bairro Costa e Silva, em, Porto Alegre. Era um grupo misto com mirins, juvenis e adultos juntos. Depois de alguns ensaios o grupo começou a crescer e em pouco tempo já tínhamos três invernadas. Eduardo ainda lembra (camisa amarela) que ensaiava a meses em outro CTG e não aprendia para se apresentar. Em um mês no Coxilha já dançava na adulta. Lá fez grandes amizades e nos levou a fazer amizades com outros CTGs. Lindas as histórias de amizade que o tradicionalismo faz.
             Agora, no rodeio do Campeiros do Sul, em Alvorada, nos encontramos e junto estava meu filho, que seguiu os mesmos passos. Agora amplia-se o circulo de amigos. Esta é a lógica do tradicionalismo se alguém ainda não tinha entendido.

Um comentário:

Eduardo Pinheiro Nereu disse...

Devo muito ati meu Mestre, meu Amigo, e meu Irmão, parabéns pelo seu sucesso, sucesso este conquistado com muito empenho e dedicação....