quarta-feira, 30 de setembro de 2015

9ª Semeadura da Arte Gaucha em Pelotas - mais de R$ 20.000,00 em premios

CTG Thomaz Luiz Osório realizará nos dias 16,17 e 18 de outubro seu rodeio artístico.
            
         Fundado em 02 de maio de 1968, o veterano CTG de Pelotas, com 47 anos,  realizará mais uma edição de seu rodeio artístico, a 9ª Semeadura da Arte Gaúcha, em sua sede na capital gaúcha dos doces.
           
          As modalidades serão: Danças tradicionais e de salão, declamação, interprete solista vocal, e instrumentos como gaita tecla e violão. O premio para invernada adulta está em R$5.000,00 e um troféu rotativo que homenageia o coordenador recentemente falecido, Vivaldino Duarte. No total o CTG oferece mais de R$ 20.000,00 em prêmios. Informações  pelo e-mail ctgthomazluizosorio@gmail.com ou pelo fone 053 – 3221-0445

          O CTG Thomaz Luiz Osório fica no bairro Fragata, em Pelotas, na Av. Duque de Caxias, 1319.

João Luiz Correa lança CD em Porto Alegre

          O Clube Farrapos, em Porto Alegre (RS), será o palco para a apresentação oficial do novo CD de João Luiz Corrêa & Grupo Campeirismo.

          O lançamento será no dia 7 de outubro, às 21h, e contará com a participação de convidados especiais, como Gildinho, do grupo Os Monarcas; Edson Dutra e Daniel Hack, do grupo Os Serranos; Gaúcho da Fronteira; Cristiano Quevedo; Erlon Péricles; Chiquito & Bordoneio; e Grupo Minuano.

         Em versão dupla e com 24 músicas inéditas, “Pra quem vive de Bombacha” traz muitas novidades dentro do consagrado estilo de João Luiz Corrêa. No repertório muita milonga, chamamé, xote, valsa, marchinha, e claro, muita vaneira para alegrar a vida!

Listagem completa dos classificados na inter de Venâncio Aires

Lista completa de classificados para a grande final do ENART em Santa Cruz do Sul, pela inter-regional de Venâncio Aires. Clique aqui 

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Venâncio Aires realiza a segunda inter-regional do ENART - Passaportes carimbados

          O Movimento Tradicionalista Gaúcho realizou neste final de semana, em Venâncio Aires, a segunda inter-regional do Enart – Encontro de Artes e Tradição. 
           A programação se estendeu ao longo dos dias 25, 26 e 27 de setembro, no Parque Municipal do Chimarrão. Estiveram concorrendo artistas da 1ª, 9ª, 5ª, 26ª, 24ª, 4ª, 14ª, 23ª, 10ª e 27ª Regiões Tradicionalistas.
           A final acontecerá em novembro, em Santa Cruz do Sul, reunindo os finalistas de três inter-regionais realizadas ao longo do ano. A primeira aconteceu em São Jerônimo e a terceira será em Frederico Westphalen, dias 10 e 11 de setembro.
            O evento começou na sexta com 20 pares da dança de salão. Estendeu-se pelo sábado com a a classificatória da força "A", que pelo regulamento, por terem 22 grupos, classificou 11 para o domingo
            Paralelo as danças tradicionais, interprete vocal, declamação, trovas, chula e mais dança de salão aconteciam pelo parque em diferentes locais.
            Mais e mil jovens estiveram como concorrentes nas diversas modalidades da inter-regional, considerada muito forte pelos concorrentes.














 CLASSIFICADOS INTER REGIONAL DE VENANCIO AIRES

01) União Gaúcha J. Simões Lopes Neto - Pelotas
02) CTG Cel Thomaz Luis Osório - Pelotas
03) CTG Patrulha d"Oeste - Uruguaiana
04) CTG Gildo de Freitas - POA
05) PTG Bocal de Preta - Osório
06) CTG Chaleira Preta - Gravatai
07) CTG Coxilha de Ronda - Santiago
08) DTG Lenço Colorado - POA
09) CTG Lanceiros de Santa Cruz - Santa Cruz do Sul
10) GN Ibirapuitã - Alegrete
DANÇAS TRADICIONAIS - FORÇA B
GF Chaleira Preta - Ijui
CTG Tropilha Farrapa - Lajeado
CTG Turibio Verissimo - Cruz Alta
Piquete Tradicionalista irmãos Sagrilo - Santiago
CTG Caudilho Guaibense - Guaiba
CTG Querencia da Amizade - Bom Retiro
CTG Sangue Nativo - Porto Alegre
DTG Guardiões do Rio Grande - Encantado
CTG Pealo da Estancia - Viamão
CTG Sentinelas do Pampa - Capão do Leão

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Editorial do Presidente - Preparando o Cinquentenário

          O Estatuto define que o Movimento Tradicionalista Gaúcho é uma associação civil, constituída como pessoa jurídica de direito privado e sem fins lucrativos.
          O Código Civil Brasileiro diz que a associação é uma pessoa jurídica de direito privado tendo por objetivo a realização de atividades culturais, sociais, religiosas, recreativas etc., sem fins lucrativos, ou seja, não visam lucros e dotadas de personalidade distinta de seus componentes.
           É obvio que os membros de uma associação deverão concordar com as suas regras e submeter-se aos seus regimentos. Aqueles que não concordam com a forma de organização, com os objetivos ou com o sistema de determinada associação, buscarão outras alternativas.
          As pessoas que não integram uma associação não tem o direito de criticar seus objetivos e seus métodos, exceto se forem claramente contrários à lei. É compreensível que alguém, ao se sentir prejudicado, critique uma associação e seus membros. Incompreensível é a critica de quem simplesmente não concorda ou prefere outras alternativas associativas.
          O MTG é uma associação que se destina a congregar os CTGs e entidades afins e a preservar o núcleo da formação gaucha e a filosofia do movimento tradicionalista decorrente da Carta de Princípios e das decisões dos congressos tradicionalistas (artigo 2º do estatuto). Não é necessário dizer que somente é associado aquele CTG que assim desejar, bem assim, somente integra um CTG quem deseja cumprir seus objetivos.
          Por que estou escrevendo tudo isso, neste ano de 2015, depois de termos realizado, provavelmente, a maior Semana Farroupilha da história? Porque estamos às vésperas do inicio do ano do cinquentenário do MTG. Dia 28 de outubro completam-se 49 anos da existência dessa instituição que se tornou tão grande e tão complexa que surpreende a muita gente, especialmente aqueles que não compreendem como uma sociedade civil, sem fins lucrativos, integrada por voluntários, atingiu o patamar reservado somente às grandes associações.
          A grandiosidade do MTG é causa de problemas que nem sempre são de fácil solução, especialmente quando decorrem da falta de compreensão a respeito dos objetivos da associação. Temos alguns desvios, algumas atitudes destoantes, alguns episódios indesejados. Ou seja, temos os nossos pecados.
          Neste outubro iniciaremos um ano especial. O ano do cinquentenário. Será um período de comemorações, mas também de reflexões. Será um ano de debates, reafirmações, correções, ajustes. Porém,  também será um ano para retomar princípios e reafirmar valores que garantiram o sucesso desses 50 anos de existência. Nenhuma associação civil alcança o patamar que o MTG possui, sem clareza nos seus objetivos e firmeza na execução de sua política institucional.
          Desejamos a participação e a cooperação de todos, desde que sejam associados. Quem não faz parte do Movimento estará convidado somente a nos acompanhar nas comemorações e festividades. Os debates sobre objetivos, rumos e regramentos, estarão reservados aos “tradicionalistas de carteirinha”. Quem quiser ter o direito de emitir opinião sobre esses temas, deve associar-se a um CTG, contribuir com uma entidade, candidatar-se a ser porteiro, faxineiro, capataz ou patrão, mas vá participar e cooperar. Depois venha criticar e dar seu palpite sobre o MTG.
          Esperamos que todas as lideranças do Movimento divulguem, desde logo, o tema central para o ano de 2016: “MTG: 50 anos de preservação e valorização da cultura regional”.


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Pensamento do Dia - Rui Barbosa


Invernada adulta do CTG Galpão Campeiro promove pré estreia - Erechim


          No próximo sábado, dia 26, a invernada artística adulta do CTG Galpão Campeiro, de Erechim, promove a pré estreia do seu grupo adulto. O evento tem por objetivo mostrar à sociedade erechinense o que será apresentado no ENART - Encontro de Artes e Tradição, fase inter-regional, que acontecerá nos dias 10 e 11 de outubro, em Frederico Westphalen.
          Na ocasião, o grupo apresentará, além das danças tradicionais, as novas coreografias de entrada e saída, bem como sua indumentária para o evento. O cardápio será massa, galeto, saladas e pão, com sobremesas (sagu, ambrosia e doce de jaracatiá). Após o jantar e a apresentação, terá baile com Junior Sostisso e grupo.
          O jantar inicia às 21hs, e maiores informações através dos emails rcvargas10@hotmail.com e pessoal@nathan.eti.br, ou através dos fones: 54 9601-4025 (Rogério) e 54 9967-8218 (Nathan).

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Neste final de semana tem inter-regional do ENART, em Venâncio Aires

          O Movimento Tradicionalista Gaúcho realiza neste final de semana, em Venâncio Aires, a segunda inter-regional do Enart – Encontro de Artes e Tradição. A programação se estende ao longo dos dias 25, 26 e 27 de setembro, no Parque Municipal do Chimarrão. Estarão concorrendo artistas da 1ª, 9ª, 5ª, 26ª, 24ª, 4ª, 14ª, 23ª, 10ª e 27 Regiões Tradicionalistas.

          A final acontece em novembro, em Santa Cruz do Sul, reunindo os finalistas de três inter-regionais realizadas ao longo do ano. A primeira aconteceu em São Jerônimo e a terceira será em Frederico Westphalen.

25/09/2015 - Sexta-feira
19h30min - Palestra no auditório
Tema: “Água é vida, ajude a cuida-la”. Apoio: CORSAN
20hs - Palco 2 – Danças de Salão – classificatória (primeiros 20 pares)

26/09/2015 - Sábado
8h30min - Palco 1 - Danças Tradicionais ( Força A)- classificatória
8hs - Palco 2 - Danças de Salão – classificatória
9hs - Palco 3 – Declamação Feminina – classificatória
9hs - Palco 4 – Declamação Masculina - classificatória
9hs - Palco 5 – Intérprete Solista Vocal Feminino – classificatória
9hs - Palco 6 - Intérprete Solista Vocal Masculino – classificatória
13h30min – Palco 1 -Abertura oficial da Inter-regional
14hs - Palco 7 - Reunião da equipe de chula com os concorrentes
15hs - Palco 7 – Chula- final

27/09/2015 - Domingo
8hs – Palco 1- Danças Tradicionais (Força B) - final, após o termino desta força iniciaremos a final da Força A
8hs – Palco 2 - Danças de Salão – Final
9hs – Palco 3 - Declamação masculina e Causo - final
9hs – Palco 4 - Declamação Feminina e Trova
9hs – Palco 5 – Interprete Solista Vocal Masculina e feminina –final
9hs – Palco 6 – Gaita Piano e Violão
2ª Edição DiAtivo com diversas atividades de saúde e bem estar
17h - Show com Cristiano Quevedo

PTG China Véia comemora a semana farroupilha, em Dongguan, na China

          Grupo que trabalha na área do couro calçadista fundou piquete na China.
Encontros para manter as tradições têm muito churrasco e chimarrão.
Gaúchos do PTG China Veia organizam churrascos do outro lado do mundo

          A China é bem longe do Rio Grande do Sul, tem uma cultura totalmente diferente, mas nem por isso conseguiu afastar um grupo de 30 gaúchos das tradições. Moradores da cidade de Dongguan, na região Sul da China, eles aceitaram o desafio de trabalhar do outro lado do mundo, desde que não abandonassem o churrasco de fim de semana e a roda de chimarrão. Para agregar o maior número de gaúchos possível, criaram o Piquete de Tradições Gaúchas (PTG) China Veia.

           Os integrantes são, em sua maioria, funcionários de companhias de exportação de sapatos e curtumes e seus familiares. Costumam visitar o Brasil e as cidades em que nasceram, como Campo Bom, Novo Hamburgo, Sapiranga, Taquara e Dois Irmãos, no máximo duas vezes por ano. São nestas visitas que abastecem as bagagens com itens que só encontram na terra natal.

          “Quando vamos de férias, enchemos a mala de garupa, ela vem forrada de erva-mate e outros produtos tradicionais da nossa culinária gaúcha. A carne hoje não é mais problema, porque tem a carne local e importada, com variedades como costela bovina, picanha, filé e até vazio”, conta o patrão do PTG China Veia, Crodoaldo Batista de Araújo.

          Fundada em 1º de janeiro de 2012, a entidade ainda não está oficialmente filiada ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). Conforme Rogério Bastos, coordenador da 40ª região tradicionalista (responsável pelas instituições tradicionalistas localizadas fora do Rio Grande do Sul), o PTG China Veia já está em processo de filiação. Neste mês, devem participar do encontro de conselheiros do MTG.
          “São os primeiros com tudo em dia para se filiarem, só dependemos das formalidades”, explica Bastos.

          Estrutura o PTG já tem. O patrão conta que a sede tem espaço para acomodar 150 pessoas e fica em um hotel cercado de arbustos, com características que, segundo Araújo, lembram muito os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs).

          É na sede que acontecem os encontros a cada três semanas, com o objetivo de unir os 30 integrantes, as famílias e convidados. Além dos almoços e jantas, são promovidos eventos como torneios de truco, domingueiras, missa e batizado crioulo, comemorações da Semana Farroupilha, mateada e bailes ao som do grupo formado por integrantes do PTG, chamado Banda Nativa.

          No ano passado, o piquete realizou a façanha de levar para a China o artista gaúcho Pirisca Grecco. Neste ano, em 14 de novembro, querem repetir o feito, levando além do Pirisca, o cantor Luiz Marenco, para um evento para a comunidade brasileira, aberto também para os chineses.

          Com os encontros, os gaúchos do PTG China Veia garantem que conseguem matar um pouco da saudade do Rio Grande do Sul mesmo estando a milhares de quilômetros de distância e pelo menos 21 horas de voo.
“Lógico que ainda temos nossas limitações, mas quando se cultiva a cultura e a união familiar, as dificuldades são superadas”, diz o patrão.
Em Novembro tem Marenco e Pirisca em Dongguan
Letícia Costa - Do G1 RS
fonte: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/semana-farroupilha/2015/noticia/2015/09/na-china-gauchos-cultivam-tradicao-unidos-no-ptg-china-veia.html

A história de vida de Gabriel Mesquita, um exemplo de força de vida - Por Rafael Santos

          Findado o concurso da 12ªRT, do qual fomos avaliadores, fui até os pais do Gabriel e os parabenizei, pelo filho guerreiro que ele têm. E nas demais semanas fui mantendo contato com o Gabriel. E nestes contatos sugeri a ele que começasse a escrever um artigo, onde de forma reduzida, ele contasse a sua história, o acidente que o lesionou e como o Tradicionalismo o havia ajudado a superar isso. Um artigo pois, de fato, facilmente daria um livro.

          Então pessoal, agora transcrevo para vocês, a história do Peão Gabriel Mesquita:
Gabriel junto com Deputado Pompeu de Mattos
Minha Trajetória Tradicionalista. 

          Minha vida tradicionalista começa cedo quando participava de bailes e desfiles na cidade natal de meu pai, Rosário do Sul, no CTG Passo do Rosário, entidade em que meu bisavô fazia parte da patronagem. Eu sempre olhava os grupos de dança e o prendado, achava aquilo tão lindo que sonhava um dia participar também. Mesmo tendo sofrido um acidente em 2003 o qual me deixou uma sequela motora do lado esquerdo e uma dificuldade na fala, nunca desisti desse sonho. Sempre fui muito perseverante naquilo que desejo.

          O ano de 2011 marcou o inicio da realização deste sonho, foi quando meu pai associou-se ao CTG Terra Nativa entidade que represento até hoje a qual me acolheu sem nenhum tipo de preconceito e com todo o carinho. Em 2012 fui convidado a participar do prendado de minha entidade. Nesse mesmo ano iniciei no projeto Gurizada de Galpão o qual me proporcionou participar de diversos rodeios incluindo o Rodeio Internacional de Vacaria. Participando deste projeto, ganhei alguns troféus como intérprete vocal, incluindo um de 1º lugar no Rodeio de Sapiranga. Também comecei a declamar nos rodeios, o que me rendeu três troféus.

          Em 2013, meu sonho tomou forma, quando ao fazer parte da Invernada Juvenil, tive uma participação especial nas coreografias de entrada e saída. Em 2014, participamos pela primeira vez do Juvenart - cidade de Santa Maria e lá meu sonho se tornou realidade. Com a coreografia de saída, vencemos o 1º Festiart na cidade de Cachoeirinha, neste mesmo ano.

          Ainda faltava fazer parte do Prendado Regional da 30ª RT. Para isso voltei a concorrer em 2014 no Prendado Interno, determinado a ir para a região no ano seguinte. Intensifiquei ainda mais os estudos, li mais sobre o regulamento, aprendi a trançar tento, a fazer churrasco e pesquisei muito sobre o cavalo. Não consegui o 1º lugar, sou o 2º Guri Farroupilha, mas isso não tirou o orgulho que estou em fazer parte deste prendado.

          Não vou desistir de um dia me tornar o 1º Peão da Região e depois concorrer no Estado. Vou me dedicar cada vez mais para voltar e conquistar mais este sonho.

Público de 1,2 milhão de pessoas no Acampamento Farroupilha de Porto Alegre

          O Acampamento Farroupilha de Porto Alegre recebeu, de 7 a 20 de setembro, aproximadamente 1,2 milhão de visitantes, segundo a Brigada Militar. No parque Maurício Sirotsky Sobrinho, foi desenvolvida intensa programação, envolvendo as áreas artística, cultural, campeira, histórica, folclórica e inclusiva.
          O evento teve como tema "O Campeirismo Gaúcho e sua importância social e cultural" e foi realizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho, Fundação Cultural Gaúcha, Prefeitura Municipal de Porto Alegre e Governo do Estado.
          Mais de 360 entidades tradicionalistas, entre CTGS, DTGs e piquetes ergueram seus galpões para receber amigos e confraternizar. O Projeto Turismo de Galpão, instalado em 40 galpões, ensinou lida campeira, gastronomia, história e folclore do Rio Grande do Sul.
Sandra Veroneze
Fotos Ricardo Barcellos
Rogerio Bastos

domingo, 20 de setembro de 2015

CTG da Bahia vence festival de Coreografias de Xangri-la, categoria juvenil

Fotos LOOK
           O CTG Sinuelo das Gerais, de Luis Eduardo Magalhães, na Bahia, venceu no dia 13 de setembro, o 2º Festival Nacional de Coreografias de Xangri-lá, 23ªRT.
          O grupo instruído por Edson Kano Gomes, concorreu com mais 29 coreografias. "Luis Eduardo tem, e tem muito que se orgulhar dos Grupos do CTG, em especial da Invernada Juvenil. Ser gaúcho no Rio Grande é "barbada", como diz o gaúcho, agora ser gaúcho e tradicionalista a mais de 2500 km do estado não é essa " barbada" toda não, tem que ter muito empenho, força de vontade" - disse Carlos Alberto Koch em seu perfil no facebook.

Manoelito Savaris homenageado em Alegrete

Fotos: Odila Savaris

          Manoelito Carlos Savaris, 59 anos, natural de Casca-RS, Oficial da Brigada Militar,  Bacharel em história, casado com Odila Paese Savaris e pai de três filhos, Thiago, Tomás e Alina. Foi patrão do CTG Heróis Farroupilhas (1991 a 1994) e CTG Campo dos Bugres (2004), ambos de Caxias do Sul. Coordenou a 25ª RT nos anos de 1996 e 1997. 
          Savaris foi vice-presidente de administração do MTG (1999 e 2000); Presidente nos anos de 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2014 e 2015; Presidente do IGTF (2007 a 2010); Presidente da CBTG (2012, 2013). É também autor de vários livros, entre eles: Rio Grande do Sul: História e Identidade e Manual de Tradicionalismo Gaúcho, ambos publicados pelo MTG.


          Ele foi homenageado no dia 17 de setembro, pela Câmara de Vereadores do Alegrete, 4ªRT. Savaris está a frente do Movimento Tradicionalista Gaúcho pela 7ª Gestão. Como ele mesmo costuma dizer: "Sou pela 7ª vez o primeiro da fila para liderar o Movimento, logo a seguir tem todo um conselho escolhido pelos tradicionalistas do Rio Grande".

Retorna às atividades o "Chasque Pampeano" - de Paulo Guimarães

          Um GALPÃO VIRTUAL bagual, sem amarras de qualquer espécie, a não ser a minha consciência, mas regulada pela Carta de Princípios de Glaucus Saraiva, que norteia os rumos do Movimento Tradicionalismo Gaúcho.
          A ideia de montar um galpão virtual surgiu em meados de novembro de 2006, data de nascimento: dia 06/12/2006 às 08h46min04seg, em 10/12/2006 às 20h18min foram mandados os primeiros arquivos e nesse mesmo dia às 20h22min foi acessado pela primeira vez em caráter experimental.
          Assim nasceu o Galpão Virtual CHASQUEPAMPEANO.COM.BR numa época, que fazia falta a boa divulgação dos eventos, ações e projetos tradicionalistas.
          Dia 16/09/15  retornamos essa caminhada sempre com o mesmo objetivo , que não abrimos mão ou seja divulgar tudo de bom e lutar pela causa tradicionalista para que seus objetivos sejam melhor compreendidos pela sociedade em geral, onde ainda alguns chamam os gaúchos de "gauchinhos".
          Esperamos contar com a ajuda dos parceiros de sempre: Hilton Araldi, Valdemar Engroff, Ademir Canabarro, Léo Ribeiro de Souza, Dilmar Paixão, Dorotéo Fagundes e Italo Dorneles e tantos outros nos ajudaram nessa caminhada.
Paulo Guimarães - Editor

19 de setembro, último dia de trabalhos na Interiorização da Semana Farroupilha

São Sebastião do Caí - Foi na região do Caí, que participamos da última atividade da interiorização da semana farroupilha. Palestra no CTG Lauro Rodrigues, no Parque Centenário. Como tem sido nas entidades visitadas, recebemos o carinho dos tradicionalistas e da comunidade local, recebemos uma linda lembrança da Oderich, empresa que patrocina o evento maior da cidade.
            Após a palestra repetimos o ato que fizemos durante a interiorização na região, doando livro para a biblioteca e sorteando CDs do Grupo Alma Gauderia e livros para quem participou das palestras.
            Já na parte da tarde, no Parque da Harmonia, assistimos ao espetáculo de trovas e de coreografias.
            No Parque, as autoridades tradicionalistas, como o Presidente da CITG, Manuel Rodrigues, o Manollo, o Presidente da CBTG, João Ermelino Mello, Wilson Porto, Rogerio  Pankievicz, João Luiz Barth Rangel e o Presidente do MTG, Manoelito Carlos Savaris.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Quinto dia da interiorização da Semana Farroupilha - 15ªRT

          Depois de chegar as duas da madrugada em Venancio Aires, acordei cedo para ir até Capela de Santana, no CTG Denio Flores, iniciar a primeira, de quatro palestras do dia.
           O almoço em Capela foi um delicioso churrasco e, a tarde, foia a vez de Vale Real, no CTG Porteira do Vale, a segunda palestra.

           Finalzinho da tarde foi a vez de palestrar em Bom Principio, no CTG Porteira Aberta, no Parque Municipal aonde acontecia a festa do Morango.

           O final, a ultima palestra, foi em Portão, com uma promoção do CTG Velha Cambona, que contou com a presença do Peão Farroupilha do RS, Lourenço Nunes e seu pai, Ernani Nunes.

          Neste sábado será cumprida a ultima parte do circuito, com palestra no Parque de Sâo Sebastião do Caí.