domingo, 31 de julho de 2011

Decisões da Convenção

Estaremos trazendo para vocês as decisões da 76ª Convenção Tradicionalista para que estejam atualizados das mudanças que aconteceram durante o evento em Taquara.

Na transmissão do sorteio da ordem de apresentação das Inter regionais do ENART, vamos fazer uma entrevista exclusiva tirando dúvidas dos internautas sobre o regulamento artistico do estado e do ENART.

Acompanhe e vamos fazer um Chat pelo Twitter durante as transmissões do sorteio lá na sede do MTG.

Tropa de Elite na Convenção

Regionais presentes na Convenção Tradicionalista. Junto com a Diretora Cultural e a coordenadoria da 1ªRT, peões e prendas regionais estiveram presentes nas grandes decisões regulamentares do MTG.

No palco, os manequins expunham, a opinião sobre as indumentárias... E no cinema da cidade a reunião dos regionais de todo o estado com as prendas e peões do RS.

Personalidade na Convenção

Nas fotos deseus arquivos pessoais: Jessilena e Tainá - Muita personalidade
Sábado, 30 de julho, anoitecia em Taquara, quando o Presidente do MTG anunciou que seria discutido o regulamento da Ciranda de Prendas. Jessilena Etcheverry e Tainá Valenzuela estavam lá na frente, próximo ao palco, vestidas de vermelho, uma cor que considero muito forte, dado que os Incas usavam o Vermelho como sua cor preferida por esse motivo.

 O Relator inicou a leitura do regulamento. Foram feitos os devidos destaques. Começaram as discussões. As gurias haviam apresentado propostas de alterações nas idades, pensando elas, que o regulamento deveria prever a idade máxima para prendas adultas 30 anos e não os 24 atuais e nem os 27 propostos pela comissão.

 As gurias defenderam com fortes argumentos e com muita personalidade. Jessilena justificou o fato da mulher moderna estar adiando cada vez mais o casamento e a maternidade, dando prioridade à sua formação e qualificação profissional, o que acarretaria em prendas adultas mais maduras e mais capazes de gerir uma gestão, sendo o elo vinculador entre a patronagem / coordenadoria / diretoria e o grupo de prendas e peões.


Acho que falta ainda para o Movimento Tradicionalista, e quando falo Movimento não digo diretoria ou conselho, digo patrões, tradicionalistas em geral, uma visão de fora pra dentro. Não pelo mérito das propostas analisadas, mas para aceitar as idéias que vem das bases. Lembro do Livro "O cavaleiro preso na armadura". Isso é muito dificil até mesmo dentro do próprio CTG. Eu vivi situações como essas dezenas de vezes.
Savaris, eterno lider tradicionalista, lançado a Presidencia da CBTG
A personalidade das gurias em enfrentar um orador e relator como o Manoelito Savaris, que tem um enorme poder de convencimento, além é claro, de muito conhecimento, já as credencia a pessoas vencedoras.

A noticia em destaque, independente dos resultados obtidos, foi que a Presidencia do MTG e sua diretoria executiva, cumpriram o prometido em campanha e revisaram, simplificando, toda coletânea (com excessão do estatuto, que somente é mexido no Congresso). Foi, sem dúvida nenhuma, uma das mais produtivas convenções que participei.

 Somando-se aos fatos positivos, Manoelito Savaris foi lançado à Presidencia da CBTG pelo atual Presidente, Durvilio Calderan, e pelo MTG do RS. Merecido. As decisões da Convenção frutífera, bem organizada e bem frequentada, acredito terem contemplado os que lá compareceram e participaram. Claro que virão aqueles que não foram, e que agora dizem: O MTG decide sozinho. Esta convenção deixou claro a existência de democracia. Mas tem que ser participativa.

http://tainavalenzuela.blogspot.com/2011/07/meu-coracao-na-convencao-de-taquara.html Leiam...muito interessante o Assunto tratado, os comentários e, principalmente, assinaram o que escreveram..isso é personalidade

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Enart - Transmissão ao vivo do Sorteio

Atenção twitchêros. A transmissão do sorteio da ordem de apresentação das interregionais do ENART será dia 02 de agosto, as 17h, na sede do MTG, pelo site da TV Tradição.

A TV tradição dando continuidade a um trabalho fantástico de transmitir as coisas tradicionais do Rio Grande, agora pela web, vai transmitir ao vivo o sorteio. Vamos twittar moçada direto lá da sede do MTG.

@Rogeriopbastos
@ENART

terça-feira, 26 de julho de 2011

Simples...assim

Lendo o artigo "meu jeito", no Blog da Lili, parei pra pensar no quanto devemos valorizar as pequenas coisas da vida. As coisas mais simples da vida. As coisas verdadeiras são simples. É muito normal vermos o erro onde a simplicidade deixou de existir.

Hoje vejo um mundo diferente do que eu costumava ver. Viajar com as crianças cantando no carro (isso poderia ser cobrado insalubridade), parando pro lanche. Mateando na praça e no parque. Sair nos finais de semana com a familia. Fazer festa com minha familia. Coisa gostosa.

Vocês dizem para seus pais: "Eu te amo"? Deveriam dizer sempre. Não só quando vão para o Hospital e choram ao leito... Visitam e fazem festa com familiares? Deveriam. Não deixem para encontrá-los no velório do "tio" ou da "tia". Promova festas e reuna a familia. Brinque. Conte velhas piadas.

Recebo dezenas de e-mails perguntando se estarei na Convenção. Digo: "-Estarei!" Mas não como antes, militando, lutando, brigando... mas com meu filho e os amigos dele e meus, mateando, brincando, jogando conversa fora.

Aproveitando mais a vida com coisas simples. Por que a vida é simples. Tem gente que passa o dia se estressando, pensando que mal vai fazer. Na verdade só está fazendo mal a si mesma, não aos outros. Sua saúde que está indo pro "beleléu". Enquanto de longe, assistimos isso, com pena ...ai ki dó...ai ki dó.

Palestra no Sentinelas do Pampa

Onde: CTG Sentinelas do Pampa
Quando: Dia 19 de agosto
Hora: 21h
Local: Bairro Intercap - Próximo ao Carrefour

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Convite para lançamento

O que? Lançamento do Livro: Hildebrando de freitas - Heroi Farroupilha
Quando: 25/07/2011
Hora: 16h30min
Local: Salão da Faculdade de Arquitetura  e Urbanismo Prédio 9  da PUCRS

Padre Hildebrando nasceu em Viamão, em 1807, e fez cursos superiores no Rio de Janeiro. “Voltou com ideais libertários e aderiu à Revolução Farroupilha”. A criação da bandeira do Estado teve várias contribuições, pois o final do século XIX foi de exaltação do imaginário rio-grandense em lenços e painéis.
 Para recompor os passos de Hildebrando, Ana Laura, Rios e Hüttner fizeram pesquisa bibliográfica e percorreram museus e a Biblioteca Central da PUCRS.

Em Camaquã, descobriram que o padre batizou Caetana e Leão da Silva, netos de Bento Gonçalves. No Cemitério da Santa Casa, na Capital, se surpreenderam com a simplicidade do local onde está sepultado o corpo do religioso, sem identificação, com apenas um número inscrito numa cruz enterrada.

domingo, 24 de julho de 2011

Um chá para as vovós

Estava lindo o chá em homenagem às vovós no CTG Glaucus Saraiva. Contando com a presença dos peões regionais e da prenda mirim da região, que emprestaram seus talentos para o evento, tocando e cantando ou declamando.

O Cassio e a Juliet interpretaram "o véio e a véia" da entrada deles do Para Pedro. Lindos... Mas ainda tenho saudades da Isabele que fazia o papel da véia.

76ª Convenção Tradicionalista


Programação:
29/07/2011- Sexta Feira
13h - Credenciamento

14h - Inicio das Plenárias
30/07/2011 - Sábado
08h - Abertura Oficial
9h - Plenárias até a noite
19h - Entrega de certificados

Muita atenção, que as plenárias iniciam sexta as 14h. Muitos assuntos para serem tratados e a presença de vocês é fundamental. Todos os regulamentos estarão sendo tratados.
O Credenciamento pode ser on line, pelo Site do MTG (http://www.mtg.org.br/)
Após este período, inscrição no local.

Documentos e itens necessários: CPF; Cartão Tradicionalista; Email.



Email para esclarecimento de dúvidas e sugestões: convencao.tradicionalista@mtg.org.br

sábado, 23 de julho de 2011

Fim de semana no centro do estado

A presença da 2ª Prenda Juvenil do RS, Janaína Matiello no evento prestigiando o Cfor do MTG em Venâncio Aires. Presença também do Piá da 1ªRT, Jean Carlo Bastos
Este foi um belíssimo final de semana no centro do estado. Quinta-feira chegamos à Venâncio Aires, onde estudamos história do Rio Grande do Sul com o Gabriel Soares, que vai concorrer a Guri Farroupilha em seu CTG na 15ª RT. Sexta-feira gastronômica nos aumentou uns quantos kilos (conforme conversas no @twitter).


Sábado pela manhã palestrei em Venâncio Aires, no Piquete Machry, no Cfor sobre história do Rio Grande do Sul. Dali saímos para Santa Maria onde palestrei à tarde sobre o tema: Tradicionalismo: Uma Visão de Futuro.


Fiz o texto que enviei para o ECO da Tradição de agosto falando sobre os 10 anos do informativo e, obviamente, sobre o tema de agosto, o Dia dos Pais. Um pouco de emoção em uma coluna mensal repleta de razão.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Palestra na casa do Gaúcho em Caxias

Alberto Salles ,Diretor Cultural 25 RT, mandou esse material fantástico de uma palestras que vai acontecer em Caxias do sul dia 23/08/2011, às 20h

Palestras pelo Rio Grande

Além deste final de semana em Venancio Aires e Santa Maria estarei dia 19/08 no CTG Sentinelas dos Pampas na intercap, palestrando sobre a juventude e o futuro do Movimento Tradicionalista Gaúcho.

As danças tradicionais e seus ciclos II

MAÇANICO
CICLO: Contradanças – Pares Dependentes
CARACTERISTICA: Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).


MEIA CANHA
CICLO: Contradanças
CARACTERISTICA: Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

PAU DE FITAS
CICLO: Contradanças
CARACTERISTICA: Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

PEZINHO
CICLO: Contradanças – Pares Independentes
CARACTERISTICA: Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas), INGÊNUO e TERNO.

QUEROMANA
CICLO: Minueto – Pares Dependentes
CARACTERISTICA: Passeio através de mesuras, passos comedidos e refinados. Cerimônia.

RANCHEIRA DE CARREIRINHA
CICLO: Dança com coreografia especial, ciclo das danças de Pares Enlaçados.
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade

RILO
CICLO: Contradanças – Pares Dependentes
CARACTERISTICA: Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

ROSEIRA
CICLO: Dança com coreografia especial, apresentando características dos Quatro ciclos coreográficos.
CARACTERISTICA: Minueto (passeio) - Passeio através de passos de mesuras, comedidos e refinados. Fandango (sarandeios e sapateios) - Graciosidade, sedução e galanteios. Contradança (formação da roda) - Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas). Pares Enlaçados (valsado) - Alegre e envolvente. Vivacidade.

SARRABALHO
CICLO: Fandango (castanholas e sapateados)
CARACTERISTICA: Graciosidade, sedução e galantes. Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

TATU DE CASTANHOLAS
CICLO: Dança de criação tradicionalista podendo ser executada com base no ciclo do FandangoCARACTERISTICA: Meneios Femininos (Movimentos do corpo ou parte dele, gesto, trejeito) e Frêmito Masculino (estremecimento de alegria, barulho, rumor, rugido). Galanteio e Sedução. Agilidade e exibicionismo. Graciosidade

TATU COM VOLTA NO MEIO
CICLO: Fandango podendo possuir características do ciclo dos Pares EnlaçadosCARACTERISTICA: Meneios Femininos (Movimentos do corpo ou parte dele, gesto, trejeito) e Frêmito Masculino (estremecimento de alegria, barulho, rumor, rugido). Galanteio e Sedução. Agilidade e exibicionismo. Graciosidade. Satisfação. Alegre e Envolvente. Vivacidade


TIRANA DO LENÇO
CICLO: Dança com características do ciclo do Fandango revestida de romantismo.
CARACTERISTICA: Galanteio e Sedução. Agilidade e exibicionismo. Graciosidade.

As danças tradicionais e seus ciclos

ANÚ
CICLO: Fandango (Sapateada) e Minueto (Passeio).
CARACTERISTICA: Habilidade e teatralidade dos peões, com sapateios vivos e algo pantomímico (expressão através dos gestos, mímica). Prendas sarandeiam alegres e com graciosidade. Passeio através de passos de mesuras (cortesia, reverência, cumprimentos), comedidos (moderado, sóbrio, prudente) e refinados. Suavidade, giros lentos e reverências. Cerimônia.

 BALAIO
CICLO: Contradanças (roda concêntrica) e Fandango (Sapateios e Sarandeios).
CARACTERISTICA: Meneios Femininos (Movimentos do corpo ou parte dele, gesto, trejeito) e Frêmito Masculino (estremecimento de alegria, barulho, rumor, rugido). Galanteio e Sedução. Agilidade e exibicionismo. Graciosidade.

CANA VERDE
CICLO: Contradanças (Pares Dependentes – obedecem mesma formação).
CARACTERISTICA: Movimentos graciosos, vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).


CARANGUEJO
CICLO: Contradanças (Melodia perdurou em cantigas de roda ou brinquedos infantis).
CARACTERISTICA: Movimentos graciosos, vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

CHICO SAPATEADO
CICLO: Fandango (Sapateios) (Pares Independentes não obedece mesma formação) e Pares Enlaçados (Passos de Polca).
CARACTERISTICA: Graciosidade, sedução e galantes nos sapateios e giros. No enlaçado alegre e envolvente. Vivacidade.

CHIMARRITA
CICLO: Contradanças (Pares Dependentes).
CARACTERISTICA: Romântica. Movimentos graciosos, vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas)

CHIMARRITA BALÃO
CICLO: Fandango (Sapateios) e Pares Enlaçados (Saltos de Polca). Pares Independentes
CARACTERISTICA: Graciosidade, sedução e galantes nos sapateios e sarandeios. No enlaçado alegre e envolvente. Vivacidade.

CHOTE CARREIRINHO
CICLO: Pares Enlaçados – Pares Independentes
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade.


CHOTE DE SETE VOLTAS
CICLO: Pares Enlaçados – Pares Independentes
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade nas 7 voltas.

CHOTE DE DUAS DAMAS
CICLO: Pares Enlaçados
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade.

CHOTE DE QUATRO PASSI
CICLO: Pares Enlaçados e Contradanças.
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade. Movimentos vivos, alegres e descontraídos (Peões e Prendas).

CHOTE INGLÊS
CICLO: Minuetos e Pares Enlaçados.
CARACTERISTICA: Passeio através de passos de mesuras, comedidos e refinados. Suavidade, giros lentos e reverências. Cerimônia. Chotes Alegre e envolvente. Vivacidade.

HAVANEIRA MARCADA
CICLO: Pares Enlaçados – Pares Independentes
CARACTERISTICA: Alegre e envolvente. Vivacidade

terça-feira, 19 de julho de 2011

Pai, começa o começo...

Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - “pai, começa o começo!”. O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.

 Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. Hoje, minhas “tangerinas” são outras. Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios.

 Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis......

 Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para “começar o começo” era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado. Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

 Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:
 “Pai, começa o começo!”. Ele não só “começará o começo”, mas resolverá toda a situação para você.

 Não sei que tipo de dificuldade eu e você encontraremos pela frente neste ano. Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: “Pai, começa o começo!”.

Recebi do meu amigo Antonio Peres  Fragoso
e já havia recebido com
outro nome da minha amiga Odila Savaris

segunda-feira, 18 de julho de 2011

O poder emanado do orador

O Poder que emana do orador é o 1º texto que enviei para o site: http://www.somosdosul.com.br acompanhe um dos mais completos Portais do tradicionalismo gaúcho e da cultura do sul do Brasil.

http://www.somosdosul.com.br/index.php/colaboradores-sds/199-rogerio-bastos/391-tenencia

Hino Rio Grandense vetado em posse na FIERGS

O hino do Rio Grande do Sul foi barrado na posse da nova diretoria da Fiergs, na quinta-feira passada. Somente a execução do hino brasileiro foi autorizada pelos burocratas de Brasília.

 Não foi a primeira vez que o Protocolo do Palácio do Planalto tomou esse tipo de atitude. No começo do ano, em uma outra cerimônia em Porto Alegre, decisão idêntica já havia sido tomada.

 Não foi só. Minutos antes da cerimônia, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, o gaúcho João Oreste Dalazen, foi solicitado a retirar-se da mesa de honra, onde havia sentado por indicação. Cedeu lugar ao advogado-geral da União.

 A ministra do STF Ellen Gracie também não pôde sentar-se no local reservado às maiores autoridades - e foi embora antes do fim da cerimônia.

Detalhe: quando a presidente da República está presente, o Cerimonial do Planalto toma conta de todo o protocolo. A Fiergs não tem qualquer participação nestes episódios.

Espeto de Ouro - O melhor assador do estado

Concurso Espeto de Ouro. O projeto vai escolher o melhor assador de churrasco do Rio Grande do Sul. O concurso já é um sucesso, com centenas de inscrições. Mas o objetivo é alcançar um número cada vez maior de gaúchos, de todas as regiões.

O concurso vai ocorrer em duas etapas. Na primeira fase – fase eliminatória - o voto é popular. O participante entra no site, publica uma foto fazendo churrasco e diz o porquê de ser o melhor assador do RS. Os 3 mais votados pelo público vão para a grande final, que ocorre no dia 21 de agosto. Nesse dia, os 3 assadores vão arregaçar as mangas e preparar um churrasco para alguns jurados que adoram o assunto.

 A fase eliminatória já está rolando desde sexta-feira, dia 8 de julho, e todos aqueles que amam fazer um churrasco poderão participar do Concurso Espeto de Ouro LeBon até o dia 8 de agosto, através do site www.espetodeourolebon.com.br.

 Além do site, o concurso conta ainda com um blog com dicas de churrasco ( www.espetodeourolebon.com.br/blog), um twitter @gauchoassador, uma fan page no Facebook (http://www.facebook.com/pages/Espeto-de-Ouro/232309320126485) e um perfil no Orkut.

Coitado–Uma reflexão sobre quem pensa ser líder

Tenho observado algumas pessoas que conseguem chegar à um determinado posto, cargo ou função no meio tradicionalista, as vezes até na sociedade, e acham que são líderes.

 Um determinado indivíduo, “chefiando” um ctg, quando se vê perdido, que ninguém lhe obedece, grita: “-Eu sou o patrão! Aqui mando eu!”.

Quem precisa dizer, realmente é?    Quando vê jovens talentos vencerem os obstáculos, chega ao lado para ganhar os louros. Já diz uma velha máxima: “O sucesso tem muitos pais. O Fracasso é praticamente órfão.” Eles nunca estão nas horas ruins.
Líder não decide ser líder. São os outros que o escolhem. Ele dá o exemplo para que os outros saibam como se faz. Mostra o esforço para que os liderados se esforcem para repetir a tarefa no mesmo nível, ou melhor. Cristo fazia isso.


Tem o “patrão” que só critica. Normalmente é uma pessoa insegura de pouca criatividade, quase nunca acrescenta nada. Além de nada fazer, ainda critica os colaboradores, mostrando que estes não sabem o que fazem. Tem, também, aquele que tudo sabe. Tem os colaboradores, mas vai para reunião e ele sabe e decide tudo (então pra que equipe?).


Isso vale para os patrões “por acaso” (Não tem tu, vai tu mesmo), prendas, peões, administradores, etc... Para aqueles que se identificam ou aqueles que identificam alguém. O meio precisa de líderes verdadeiros que levem o grupo para frente, que são a ponte entre o passado e o futuro da equipe.

domingo, 17 de julho de 2011

Rancho da Saudade na França

Materia enviada pela Ana Paula -Muller Assessoria
O CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, estará representando a América do Sul em três festivais culturais na França, que ocorrerão em julho e agosto.

O grupo de danças da Invernada Adulta, composto por 35 integrantes, marcará presença no evento com nove coreografias, mostrando a cultura gaúcha no exterior.
O grupo, que tem o embarque programado para o dia 17/07, se apresenta:

- no 38ème Festival Les Cultures du Monde - de 18 a 31/07 na cidade de Gannat;
- na sequência, no 4ème Festival Au Coeur de Cosne de 01 a 03/08 na cidade de Cosne e
- finalmente no 136ème Festival de St Laurent de 05 a 07/08, na cidade de Blain.

Parte da viagem - custeada em parceria entre a Prefeitura e o Rancho da Saudade - será acompanhada por equipe da RBS TV, que farão a cobertura jornalística do evento

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Dedicação: Transformar lágrima em título

Quantas vezes chorei, quieto, num canto, por ver meu filho sofrer com minha dura repreensão por algum ato de indisciplina dele. Lembrava minha mãe, que sempre foi muito disciplinadora. Achava que ela não tinha “coração”, pois, como podia ser tão fria ao repreender-me. Aquilo doia nela tanto quando doía em mim. Eu me enganava tanto. A dor para ela tomar aquela atitude, era para me ver vencer na vida. Uma frase eu trouxe sempre comigo, daquela época: Disciplina é uma ponte que liga nossos sonhos à nossas realizações. Disciplina e dedicação.

 Quando fomos estudar para o concurso regional, com meus três jovens indisciplinados (cada qual gostava menos de estudar) lembrei de cara os ensinamentos de minha mãe (só não podia passar o relho neles). De nada adianta sermos amigos, termos a Luciana levando lanchinhos deliciosos e ajudando se nós não nos ajudávamos.

 Dizia pra eles que não adianta chorar, depois, sobre o leite derramado: “ah se eu tivesse visto isso...”, “ah se eu tivesse estudado mais e brincado menos...”, pois arrependimentos vêm depois, pra nos corroer e fazer-nos sofrer. Por esse motivo planejamos cada passo. Lembrei para eles a coordenadoria da 7ª Região, na pessoa da Gilda Galeazzi, que quando diz que vai ganhar determinada competição, ganha. Por quê? Simples. Planejamento. Foco. Dedicação.

 Éramos fracos só em alguns itens como prova escrita, oral e campeira. A gurizada eram uns artistas. Tínhamos de superar as limitações de cada um pela disciplina em aprender. Tirar vaidades do “ah, isso eu já sei!”. Planejamos. Montamos uma equipe. Um ajudava o outro. Eles se encontravam antes e quando eu chegava, eles me desafiavam.
Tinha gente que me dizia: “Não cobra muito de teu filho, ele é uma criança!”. Troquei os papéis. Ensinava o Guri, que ensinava o Piá, brincando. Depois os dois desafiavam o Peão em conhecimentos. Não deixei eles cometerem o erro que cometi por falta de experiência. Eu havia ganhado mais de 10 concursos consecutivos antes do regional. A traiçoeira cilada do sucesso é uma armadilha pra gente cair quando, embalados por momentâneos êxitos, passamos a nos achar melhores que os outros. Às vezes nos achamos até invencíveis e nos afastamos daquilo que nos leva ao real sucesso: a Disciplina e a preparação.

 Tem uma máxima que nos diz: “quanto mais suamos nos treinamentos, menos sangramos no campo de batalha”. A meta nós tínhamos: Onde queremos chegar? Conversamos muito sobre isso. Aí veio o planejamento: Como nós vamos chegar lá? Mas uma coisa tivemos sempre muito clara na preparação, que eram os concorrentes, eles também se prepararam, se dedicaram, então, deveriam ser respeitados e, acima de tudo, entender que este seria o grupo que eles iriam conviver por um ano e, quem sabe, pela vida toda, como eternos amigos.


Não importa o título conquistado se for incapaz de fazer parte de um grupo, de uma equipe e disciplinar o ego. Deve-se largar de mão o “eu” e valorizar o “nós”. Não vamos confundir a disciplina com métodos rígidos, duros, mas como o envolvimento de todos em uma busca planejada pelos objetivos e metas. A disciplina e a ética são hábitos que perpetuam os melhores resultados.

Isso tudo vale, como sempre digo em minhas palestras pelo Rio Grande, tanto para as invernadas que se preparam para o ENART como para aqueles que se preparam para os concursos de prendas e peões, interprete, declamação, instrumentais ...

Não confie sempre nos mesmos métodos

Certa vez um mago deu de presente a um caçador uma flauta mágica que enfeitiçava os animais com sua melodia. Toda vez que tocasse, os animais ficariam dóceis e de fácil abate. Entusiasmado o caçador convidou mais dois amigos para a empreitada de uma grande caçada.

Já na chegada à floresta deram de cara com um leopardo que saltou sobre eles. Rapidamente o flautista lançou o som encantado que deixou a fera igual a um gatinho. Em seguida abateram uma onça que atravessou-se no caminho deles, com o mesmo método da flauta e depois o tiro derradeiro.
 Ao final do dia o grupo encontrou um leão faminto. A flauta soou, mas o leão nem ligou, ao contrário, devorou os dois convidados do caçador-flautista. O tocador desesperadamente fazia soar a flauta sem nenhum resultado. Até que foi devorado.
 Isto aconteceu porque ele não percebeu que o Leão era surdo e, portanto, não escutava o som mágico da flauta.Não devemos confiar cegamente nos métodos que sempre deram certo, pois um dia podem não dar.

Tenha sempre um plano de contingência, prepare alternativas para situações imprevistas. O chamado Plano “B”. Previna-se. Planeje. Esteja atento às mudanças e não espere as dificuldades para agir. Cuidado com o Leão Surdo!

Carreta da Solidariedade

O povo gaúcho é muito solidário. E aproveitando esta solidariedade, prendas e peões do Rio Grande do Sul estão promovendo a arrecadação de donativos, de agasalhos e daquelas coisas que, muitas vezes em sua casa não faz falta, mas que na casa de uma pessoa necessitada faz muita diferença.

Iniciou a gestão da gurizada e também os trabalhos sociais. A Carreta da Solidariedade busca arrecadar donativos e agasalhos para ajudar o povo que necessita. E a primeira arrecadação será na Convenção Tradicionalista em Taquara, dias 29 a 31 de julho onde estarão todos os Regionais desta nova geração.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Chá no CTG Glaucus Saraiva

Queria convidar meus amigos que gostam de curtir momentos legais e de muita amizade que levem as vovós neste chá. È um momento de descontração onde estarão nossos classificados para o ENART mostrando seus talentos. Nossos peões regionais e nossa prendinha mirim da região. DIa 24 de julho as 15h, lá no CTG Glaucus Saraiva.

Reunião comitê de Indumentária do MTG

quarta-feira, 13 de julho de 2011

A força da fé

Tantas coisas aconteceram em poucos dias que me levaram a refletir. Hoje tivemos o momento de fé, ao meio dia, quando fizemos a grande corrente pela Andressa, prenda do CTG Ronda Charrua, de Farroupilha, que havia sofrido um acidente automobilistico na madrugada de sábado. Também conversando com o Cassio Fruet, na Radio Web Terra Gaúcha, que me falava da operação de sua mãe, que graças à Deus, deu tudo certo. Isso é a fé. Por isso que se diz que a fé move montanhas.
Sempre acreditei nessa força positiva que tanto nos ajuda. Mas em momentos como este lembro a fé de minha mãe. Certa vez, em 2008, quando meu pai foi atestado com uma doença que, segundo os médicos, não tinha cura, minha mãe se abraçou à orações e às coisas que a natureza nos dá para vivermos.

Enquanto a medicina nos oferecia dezenas de medicamentos, que intoxicaria mais meu pai do que viria à curar, passamos a utilizar as forças da natureza. Cada ano comemoramos a força da fé, da natureza e a força de Deus frente à descrença do homem.

Por isso aprendi que nunca devemos desistir. E graças a essa fé inabalável de minha mãe...e a força de meu pai em resistir, em dizer que tem muito pra fazer aqui na Terra com a gente, de tudo que ainda tem a ensinar para os filhos e para o neto... é que estamos aqui. Tenha fé. Acredite: Os bons ainda são a maioria.

O Lider inspirando confiança

Alexandre, o Grande, conduzia seu exército de volta para casa depois da grande vitória contra Porus, na índia. A região que cruzavam no momento era árida e deserta, e os soldados sofriam terrivelmente de calor, fome e, mais que tudo, de sede. Os lábios rachavam e as gargantas ardiam por falta de água. Muitos estavam prestes a se deixar cair no chão e desistir.

Um dia, por volta de meio-dia, o exército encontrou um destacamento de viajantes gregos. Vinham montados em mulas, e carregavam alguns recipientes com água. Um deles, vendo o rei quase sufocar de sede, encheu um elmo com água e ofereceu-lhe.

Alexandre pegou o elmo nas mãos e olhou em torno de si. Viu os rostos sofridos dos soldados, que ansiavam, tanto quanto ele, por algo refrescante.

Pode levar, disse ele , pois se eu beber sozinho o resto ficará desolado, e não há o suficiente para todos.

E devolveu a água sem tomar uma gota. Os soldados, aclamando seu rei, puseram-se de pé e pediram que o líder continuasse a conduzi-los adiante.

Muito se ouve em inspirar os jovens à  vestirem a camiseta. Como conseguir? Precisamos inspirar a ter coragem. Coragem de vestir a camiseta. O líder precisa ter coragem para inspirar confiança

Um portal super completo

Recebi este convite hoje e fui conhecer o Potal: www.somosdosul.com.br que por sinal é muito bom e deixou meus amigos twitchêros admirados com este espaço tradicionalista.

"Prezado Rogério
O Portal Somos do Sul tem a honra de convidá-lo para fazer parte de nossa equipe de colaboradores. Vosso extenso conhecimento sobre a cultura gaúcha merece ser visto pelos milhares de visitantes diários de nosso portal. Queremos um colaborador como vc, pra tirar dúvidas sobre o tradicionalismo, danças e cultura gaúcha que as vezes nos é reportada, matérias e noticias que irão incrementar e levar conhecimento aos leitores do portal.

Nós do Somos do Sul iniciamos este trabalho com o objetivo de reunir a gauchada esparramada pelos pagos do mundo afora. A empreitada teve sucesso e muito se deve aos diversos colaboradores de nosso portal. Como dissemos, o convite está estendido para contarmos com tua valiosa participação.

Juntos faremos com que a cultura gaúcha permaneça acesa em todo o mundo, divulgando as tradições de nosso povo, nossa arte, música e costumes. Podemos contar contigo? Em caso afirmativo, responda este email que lhe enviaremos maiores informações sobre teu espaço exclusivo em nosso portal!"

Então, estaremos lá dando esta contribuição.
Siga no Twitter:  @somosdosul -  Porto Alegre
Portal sobre cultura, tradicionalismo, música nativista, invernadas etc. Nosso objetivo é mantê-lo informado sobre tudo relacionado ao RS e seu tradicionalismo.  http://www.somosdosul.com.br/ 

Acampamento Farroupilha espera 1 Milhão

Começaram ontem as inscrições para o Acampamento Farroupilha 2011, com expectativa de atrair um público de 1 milhão de pessoas. As inscrições estão abertas desde 12 até dia 22 de julho, no Galpão da SMIC, localizado no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque da Harmonia) para o Acampamento Farroupilha 2011.
Milhares de crianças aprendendo a cultura gaúcha e mantendo as tradições do nosso estado
O atendimento vai das 9h às 12h e das 13h30 às 17h30. Os documentos necessários para inscrição são: ata e estatuto de fundação da entidade, ata de eleição da ultima diretoria, projeto cultural, cópias de RG, CPF e comprovante de endereço do responsável, mais o alvará recebido durante o acampamento 2010. As inscrições são apenas para entidades já participantes do evento.

E tem mais... já escolheram a música tema vencedora. E vou dizer, pelo que li, mais uma vez o Erlon e o Duca ganharam com grande justiça. A musica que mais lamento ter sido perdida foi a do Cristiano Quevedo em 2009. Parabéns ao Érlon e o Duca Duarte.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Corrente de orações nesta quarta

Amigo... você que está lendo esta mensagem, por favor, nesta quarta feira, ao meio-dia, vamos fazer uma corrente de orações pela Andressa, do CTG Ronda Charrua de Farroupilha, que sofreu um acidente na madrugada de sábado. Vamos fazer esta corrente positiva ao meio dia de qurta, pois é desta força que Andressa precisa. Eu não a conheço pessoalmente mas peço à Deus pela familia dela, pelos amigos, que permita que ela melhore e que esteja conosco em mais um ENART.

Una noche en Buenos Aires

QUARTETO INSTRUMENTAL YANGOS  apresenta:

Una Noche en Buenos Aires” baseado em um conto de Oscar de La Peña

PARTICIPAÇÕES:
Carlos Zinani – Violino e Viola
Cibele Tedesco – Voz
Franciele Duarte – Voz
Giovani Monteiro – Dançarino
Jenifer Bonho – Dançarina
Luciana Ferreira – Bailarina
Mônica Viganó – Dançarina
Rafael Borges – Dançarino
Ricardo Pinto – Dançarino
Róbson Cavalheiro – Dançarino
Tiago Savaris – Voz Meu grande amigo e um jovem talento do Rio Grande
Vanessa Lyra – Dançarina

segunda-feira, 11 de julho de 2011

A Jornada do Roteirista: Primeiros Passos

O mundo está cheio de histórias interessantes e surpreendentes. Que tal colocá-las no papel? Esse é o objetivo do workshop de roteiro “A Jornada do Roteirista: Primeiros Passos”, que apresentará princípios teóricos básicos e exemplos práticos da construção de narrativas. Será ministrado pelo escritor e cineasta Tabajara Ruas, nos dias 19, 20 e 21 de agosto de 2011.

O curso, com 9 horas/aula, orienta os primeiros passos da aventura de escrever para quem aspira tornar-se roteirista, cineasta, videomaker ou para quem apenas tenha interesse em contar uma boa história. Além de conceitos teóricos básicos de autores como Joseph Campbell, Syd Field, Cristopher Vogler, serão exibidos trechos de filmes para exemplificar o conteúdo estudado nas aulas.

Os encontros acontecerão na Casa de Cultura Mario Quintana e as inscrições podem ser feitas pelos telefones (51) 3312-1268 begin_of_the_skype_highlighting (51) 3312-1268 end_of_the_skype_highlighting / 9958-9515, ou pelo email walper.ruas@wruas.com.br.


As vagas são limitadas.

SERVIÇO:

O que: Workshop de Roteiro - “A Jornada do Roteirista: Primeiros Passos”, ministrado por Tabajara Ruas


Quando: 19, 20, e 21 de agosto (sexta-feira, das 19h às 22h; sábado e domingo, das 15h às 18h)
Onde: Casa de Cultura Mario Quintana - Sala A2B2 – 2º andar (Rua dos Andradas, 736. Centro – Porto Alegre)
Quanto: R$ 360,00 à vista ou 2 cheques de R$ 180,00

Blog da Lili - recomendo

Centenas de jovens, reunidos para o resgate da cultura gaúcha, através da dança, do canto, da poesia e principalmente, da integração. As danças reproduziam a história do Rio Grande do Sul e do Brasil. Em um belíssimo espetáculo, foram revividos em prosa e verso, personagens como Getúlio Vargas que “saiu da vida para entrar pra história”, entre tantos outros nomes que enobrecem o passado brasileiro. E em cada apresentação, percebia-se o amor e o orgulho de um país que oferece tão pouco, enquanto berço esplendido de todos os brasileiros.

Apesar da disputa, o respeito foi soberano. Grupos e entidades comemoraram e choraram juntos, vitórias e derrotas e, no fim das contas, a grande vitoriosa foi a tradição, revivida numa tarde fria de domingo.

Enquanto observava aqueles jovens, empenhados na preservação de valores, me dei conta que é hora de começar a revolução do pensamento. Eu acredito que os bons são maioria! Acredito na honestidade como ferramenta de crescimento social e econômico. Naquele instante, enquanto os jovens prestavam seu exemplo de cidadania, eu desejei transformar o significado do famoso “jeitinho brasileiro”. E já estou começando, afinal, eu faço parte da maioria, eu acredito no poder do bem!

Frase do dia

Rui Barbosa estava certo

Mesmo assim vale a máxima da Coca Cola - Existem razões para acreditar: Os bons ainda são a maioria

Resultado da 5ª, 13ª e 7ª Região

Força "A"- 13ªRT
1º CPF Piá do Sul
2º CTG Sentinela da Querência,
3º CTG Farroupilhas
4º DT Querencia das Dores
Força "B"-13ªRT
1º CAAMI,
2º DTCE Alma Gaúcha,
3º AT Poncho Branco,
4º CTF Os Nativos,
5º DTCE Marcas do Pampa,
6º DTG Noel Guarany
Força "A" - 7ª Região
Grupo Tebanos do Igaí -Passo Fundo,
CTG Sentinelas do Pago -Marau,
GTF Guapos da Agronomia -Passo Fundo
CTG Unidos pela Tradição Rio-grandense -Carazinho
Força "B" - 7ª Região
CTG Laço da Amizade -Casca,
CTG Felipe Portinho -Marau,
CTG Galpão Amigo- Não-Me-Toque,
CTG Pousada dos Tropeiros -Santo Antônio do Palma
CTG Galpão Crioulo – Chapada

Força "A" - 5ª Região
CTG Rincão da Alegria e os lanceiros já classificados para a final

 
CTG Candeeiro da Amizade
CTG Os Gaudérios
CTG Tropeiros da Amizade
CTG Rodeio da Encruzilhada
CTG Sentinela dos Pampas
CTG Estância do Rio Pardo
Força "B" - 5ª Região

Rodeios pela frente

Buenas moçada... pela frente grandes rodeios. Anote ai, pela ordem:
Rodeio do CTG Sentinelas do Pago de Alvorada: 15 a 17 de julho de 2011;
Rodeio do CTG Bento Gonçalves de Alvorada: 22 a 24 de julho de 2011;
Rodeio do CTG Amaranto Pereira de Alvorada: 05 a 07 de agosto de 2011;
Rodeio do CTG Armada Grande de Viamão: 13 e 14 de agosto de 2011.

Mateando

Foto Conceitual feita para o Portal MTG. Com meus avios e meu mate, Ricardo Lage fez uma foto sensacional
 Segunda feira, 11 de julho de 2011. Mateando, pensativo, analiso o final de semana no Ginásio Tesourinha, onde aconteceu a regional do ENART, classificatória para a Inter regional de Campo Bom no mes de agosto, dias 27 e 28.

A classificação dos grupos, acredito ter estado dentro do esperado, digo na ordem de colocação. Um crescimento do Vaqueanos da Tradição, o Tiarayú se confirmando numa evolução ao longo destes anos, o Gildo recuperando o tempo perdido neste inicio de trabalho, o Lenço e Raízes inspirados e o Roda de Carreta e Chilena de Prata mantendo a escrita entre os grandes e experientes. Lamentável foi somente o Armada Grande ter ficado de fora, como suplente. Na força "B" o Amaranto mantém a hegemonia, perseguido de perto pelos demais, pois a diferença não é grande, pois do 7º ao 1º a diferença foi de 0,2.

Nos versos que fiz para chamar os grupos, relembrei Francisco Mattos, meu eterno amigo e mestre, o Chico. Também tive a felicidade de fazer a payada para o Gildo que encaixou perfeitamente com a Meia canha deles. no Site colorado o verso qeu fiz para a entrada do Lenço, muito legal.

Resultado oficial da 1ª Região Danças Tradicionais

FORÇA "A"
1º CTG Tiarayú
2º CTG Aldeia dos Anjos
3º CTG Gildo de Freitas
4º CTG Vaquanos da Tradição
5º CTG Raízes do Sul
6º DTG Lenço Colorado
7º CTG Chilena de Prata
1º Suplente: CTG Roda de Carreta
2º Suplente: CTG Armada Grande


FORÇA "B"
1º CTG Amaranto Pereira
2º CTG Estancia do Pinheiro
3º CTG Capão da Porteira
4º DTG Sangue Nativo
5º CTG Chimangos
6º CTG Estancia da Figueira
7º CTG Laço da Querencia


Quero destacar algumas coisas nesta regional. Uma é o Guilherme Castilhos, o pequeno do Glaucus ficou em 1º Lugar de interprete vocal superando feras na região. O Piá além de bom de bola, ainda é muito bom de música. Não é a toa que tem ganhado os festivais por onde anda.


Os piás da região apresentando os chuleadores foram muito bem. Grupo regional trabalhou direto. Irmandade muito grande no evento. Cuca trabalhou muito para fazer a regional bem feita. Equipe de cozinha, de secretaria e comissão avaliadora.

Por um erro de impressão, foi divulgado a classificação  errada na suplencia. Por tanto, o Roda de Carreta, 8º colocado, é o 1º Suplente, conforme o regulamento.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Poder sem moral - A ameaça de Teixeira

''Posso fazer a maldade que quiser na Copa de 2014''

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, voltou a ser destaque em toda a imprensa eletrônica do país ontem em razão das suas polêmicas declarações para a edição 58 da revista Piauí. Ele ataca a imprensa e admite que tem tanto poder que poderá influir diretamente no credenciamento para a Copa do Mundo de 2014 e que poderá barrar alguns veículos que publicaram matérias contra ele.

 "Em 2014, posso fazer a maldade que quiser. A maldade mais elástica, mais impensável, mais maquiavélica. Não dar credencial, proibir acesso, mudar horário de jogo. E sabe o que vai acontecer? Nada. Sabe por quê? Porque eu saio em 2015. E aí, acabou", disse o dirigente.

Jornal Correio do Povo
Sexta-feira 08/07/2011

Dançando a Tradição - Por Daniele Santos


O Encontro da Arte e Tradição Gaúcha surgiu na década de 70. Antes de ser oficialmente ENART, o encontro fora chamado de dois nomes: MOBRAL - Festival Estadual de Arte Popular e Folclore, e depois FEGART - Festival Gaúcho de Arte e Tradição. Atualmente o ENART é o maior encontro de tradições da América Latina e do mundo. Tem por finalidade a preservação, valorização e divulgação das artes, da tradição, dos usos e costumes e da cultura popular do Rio Grande do Sul.



A categoria que mais se destaca no ENART é a dança dos grupos dos Centros de Tradições Gaúchas (CTG) e Departamento de Tradições Gaúchas (DTG). Os grupos são divididos em duas categorias: Força A e Força B, os quais, passam por três etapas – Regional, Inter-Regional e Final. A Final do ENART sempre acontece na cidade de Santa Cruz do Sul, onde reúnem-se milhares de dançarinos e espectadores.


O campeão atual na categoria de danças do ENART é o DTG Juventude, da cidade de Alegrete. O dançarino Filipe Bortolas de Souza, 25 anos, dança desde os 11 anos e tem em seu currículo nove finais de ENART – tendo uma vitória no ano de 2010, pelo DTG Juventude. Para ele o ENART, além de ser o mais importante festival que já participou, é um lugar onde pode rever amigos, conversar, trocar experiências, e se divertir através da dança. “O ENART, na minha visão tem o intuito de aproximar os participantes do Movimento Tradicionalista, promovendo assim uma grande integração entre os mesmos. Mas na prática não é o que acontece, anos após anos, vimos o ENART virar um jogo de interesses”, comenta Felipe.
 
Cínthia Teixeira, 26 anos, dançarina do CTG Farroupilha de Ijuí também pensa da mesma forma que Filipe: “Hoje mais do que nunca o ENART transformou-se muito mais na ‘competição’ entre os grupos, do que propriamente na beleza das coreografias, na elegância das prendas, no sapateado dos peões. A cada ano de festival constata-se, cada vez mais, o esquecimento dos grupos, no sentido de trazerem novidades, pesquisando Rio Grande afora, coreografias retratando as nossas guerras, contando a história dos negros, as sangrentas batalhas, assim como quando se cantam o amor do gaúcho por sua prenda. Enfim, a dança a meu ver perdeu a essência, perdeu o brilho e a grandiosidade, a dança tradicional virou simplesmente ‘seguir um livro’, caso você faça diferente você está fora”.



Já para o dançarino Felipe Benites Moreira, 24 anos, do CTG Aldeia dos Anjos - Grupo que tem o maior número de vitórias do ENART, sendo dez vezes campeões, o encontro procura divulgar, através de várias modalidades como: danças, declamações, chula, entre outros, o tradicionalismo gaúcho. “Na minha concepção o ENART é um festival com uma representatividade muito grande no meio tradicionalista, mas pouco explorado pela mídia e o estado como um todo”, ressalta o dançarino.


Os grupos de danças estão focados agora no encontro que será no terceiro final de semana do mês de novembro. Somente dançarão aqueles que passarem para a final, concorrendo, antes, nas etapas regionais e inter-regionais. “A pressão pelo bi-campeonato está sendo cobrada, e vamos atrás desse título. Faltando cinco meses para o festival, estamos ensaiando, e nos preparando. Se Deus quiser, vamos trazer novamente o Troféu Rotativo para o DTG Juventude”, declara Filipe, emocionado.
 
Materia Publicada no blog
Jornalismo Digita da UNIJUí

Prendas no RS se mobilizam para convenção

Tenho recebido muitos e-mails e twits, além é claro, de conversas no msn sobre o tema a ser discutido na convenção. Coletãnea do MTG, com excessão do estatuto do MTG (este para ser mexido deveria ser no congresso, se não me falha a memória). Mas as mensagens referem-se a mobilização que as prendas estão fazendo em todo o estado para buscar reverter a idade da prenda adulta. Pois é meus amigos, hoje a prenda adulta não pode ter mais de 25 anos. Por quê? Vejam o que diz esta prenda:

  "Considerar 25 anos incompletos, como a idade limite para uma prenda   concorrer à Ciranda Estadual, e não considerar a categoria “veterana, chinoca, xirua” nesta fase (o que fundamentaria a limitação de idade máxima), faz com que as prendas, solteiras, de 25 anos em diante, se afastem do tradicionalismo"

Outra:

             "Entendemos que a idade máxima de 22 anos para as Prendas da categoria Adulta assumirem os Prendados em suas entidades, de forma a estarem aptas à participarem da Ciranda Cultural de Prendas em sua fase Regional, ser uma idade muito baixa. Ainda, este item do regulamento fora aprovado em uma situação extrema, com poucas possibilidades de debate e questionamentos (Convenção Tradicionalista do ano de 2009, na cidade de Porto Alegre, com reduzido número de participantes em função do veto de destes devido ao surte da gripe H1N1 no RS). Assim, justificamos a proposta de alteração da idade máxima para as concorrentes adultas da Ciranda Cultural de Prendas"


Esperamos que as autoras tenham sucesso em sua busca. Acredito que este é o momento em que a prenda está madura, definida profissionalmente e que tem muito a contribuir com o tradicionalismo gaúcho.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Como o Gaúcho vê o frio

Se este frio tomasse o Brasil... Dizem que com 30º os baianos vão pra praia dançam cantam e comem acarajé, os cariocas vão pra praia e joga futvolei, os mineiros comem um queijo na sombra, todos os paulistas tão em Santos enfrentando duas horas de fila na padaria e no supermercado, e os gaúchos esgotam os estoques de protetor solar.

Ar condicionado no Rio Grande do Sul
Com 25º os baianos já não deixam os filhos saírem no vendo depois das 5 da tarde, os cariocas vão à praia, Mas já não entram na água porque acham muito frio, os mineiros comem feijão tropeiro, os paulistas fazem churrasco na casa em santos, mas não entram na água, e os gaúchos reclamam do mormaço.

 Com 20 graus a baianada muda o chuveiro pra posição inverno, os cariocas vestem um Parká, os mineiros começam a beber pinga perto do fogão a lenha, os paulistas resolvem sair de santos e fica aquele inferno o transito, e a gauchada vai pra redenção tomar um solinho.

 15 graus a baianada começa a tremer de frio. Os cariocas se reúnem pra comer fundue, os mineiros seguem bebendo pinga perto do fogão a lenha, a paulistada ainda ta presa no congestionamento na volta de santos, e a gauchada começa a dirigir de vidro abaixado, porque já ta dando um fresquinho.


Com 10 graus é decretado estado de calamidade publica na Bahia, a cariocada bota, sobretudo, cueca de lã luva e toca, os mineiros seguem bebendo pinga e botam mas lenha na fogão, os paulistas já chegaram de santos, e vão tudo pra mesma pizzaria, pro mesmo shopping Center e engarrafa a cidade, já a gauchada começa a cogitar a possibilidade de botar uma camisa de manga;


5 graus, como hoje, a Bahia decreta o armagedon, o Rio de Janeiro lança sua candidatura pras olimpíadas de inverno, os mineiros seguem bebendo pinga, e quentão agora, do lado do fogão a lenha, os paulistas lotam os hospitais e as clínicas por causa da invasão térmica, e a gauchada da uma fechada na persiana.

 0 graus extingue se a vida na Bahia e em todo o nordeste, no Rio de Janeiro vestem sete casacos e lançam o esnolbord, a mineirada já entrou em coma alcoólico então não faz diferença, já os paulistas não saem de casa e a audiência da Luciana Gimenez vai ao pico, e já a gauchada se prepara pra fazer um churrasco no parque antes que esfrie.